Família

6 mães compartilham suas histórias de depressão e ansiedade pós-parto

A depressão pós-parto pode ter diferentes sintomas. - iStock
iStock

Publicado em 12/11/2018, às 14h21 - Atualizado em 30/01/2020, às 19h24 por Redação Pais&Filhos


(Foto: iStock)
A depressão pós-parto pode ter diferentes sintomas. (Foto: iStock)

Existe muito mais sobre a depressão pós-parto e múltiplas nuances entre pensar que você está apenas tendo dias ruins e ter pensamentos suicidas. Além disso, é possível desenvolver depressão pós-parto e, também, ansiedade pós-parto. Quanto mais sabemos sobre esses transtornos, mais aprendemos como identificá-los e tratá-los.

Confira o que 6 mulheres* disseram sobre suas experiências com a depressão e a ansiedade pós-parto.

*Alguns nomes foram alterados para manter a privacidade.

A descoberta

A Rose*, de 34 anos, descobriu que tinha depressão pós-parto quando seu filho do meio tinha 1 ano e 3 meses de idade. A Kate, de 32 anos, contou que ainda sofre com a depressão pós-parto e que quem descobriu foi seu obstetra, quando ela voltou para uma consulta de rotina.

A Ashley, de 24 anos, descobriu que tinha depressão e ansiedade pós-parto 3 semanas após ter sua primeira filha. A Kara, de 29 anos, teve certeza do diagnóstico quando seu filho tinha 3 meses de idade. A Lisa* foi diagnosticada quando seu filho caçula tinha cerca de 4 meses. A Holly teve certeza de que tinha algo errado com ela mesma quando sua filha tinha 1 ano e 5 meses.

A sensação da depressão e da ansiedade pós-parto

A Kate conta que não conseguia sair da cama, odiava seu bebê, parou de falar com todo mundo e só conseguia ficar dormindo. A Ashley diz que ficava completamente fora de si quando as pessoas, inclusive seu marido, tentavam segurar sua filha. A Holly diz que estava constantemente gritando ou chorando, não queria deixar sua filha com ninguém, nem com o pai.

(Foto: Reprodução)
É importante saber que você não está sozinha e procurar por ajuda profissional. (Foto: Reprodução)

O maior medo

A Lisa disse que seu maior medo é passar seus hábitos para os filhos, porque eles podem sofrer problemas de saúde mental no futuro. A Rose temia que seu marido fosse embora porque ela estaria sempre doente. O maior medo da Holly era de que alguém pudesse cuidar de sua filha melhor do que ela.

O apoio

A Kara desejou que seu marido tivesse sido mais compreensivo com seus desejos e necessidades, porque ele não levou em consideração seus pedidos de ajuda. A Ashley diz que o apoio de sua família para ajudar a cuidar de sua filha teria sido ótimo porque, apesar de ter 6 anos trabalhando em creches, ela se sentiu um peixe fora d’água com seu próprio bebê. A Rose procurou ajuda profissional e ainda se consulta com o psicólogo para garantir que não ficará doente novamente.

Conselhos para outras mães

“Não se envergonhe: peça ajuda, seja confiando em um membro da família ou amigo confiável ou falando com um profissional de saúde.” – Kara.

“É muito importante que você peça ajuda mais cedo ou mais tarde, porque isso não afeta apenas você e sua própria felicidade. Isso afeta a felicidade da sua família e sua saúde física também.” – Lisa.

“Por favor, peça ajuda. Você não precisa passar por isso sozinha.” – Holly.

Leia também:

Dia Mundial da Psoríase: uma doença de pele que pode causar depressão e ansiedade.

Mariana Ferrão desabafa sobre depressão pós-parto: “Nos sentimos isoladas quando viramos mãe”.

Por que as crianças sofrem de depressão e problemas de saúde mental?


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Pai de Davi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Pai de Davi não concorda com posição do filho e decide ir morar com Mani

Imagem Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Família

Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Copo Stanley - Divulgação

Super desconto

App Day Amazon: os famosos copos térmicos da Stanley com até 55% de desconto

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Isabella Fiorentino explica o motivo de não mostrar o rosto do filhos - Reprodução/ Instagram

Família

Isabella Fiorentino explica o motivo de não mostrar o rosto dos filhos em fotos nas redes sociais

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer