Criança

6 pequenas maneiras de fazer cada um dos seus filhos se sentir especial

Simples, mas poderosas maneiras de fazer todos os seus filhos se sentirem importantes

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

6 maneiras sentir especial

Boas e duradouras memórias podem ser criadas a partir de momentos juntos (Foto: Shuttestock)

Maternidade é um ato de malabarismo, e em nenhum momento isso é mais claro do que quando você está tentando espalhar o seu tempo e atenção entre seus filhos. Manusear essa balança delicada envolve satisfazer as necessidades de cada criança, enquanto tentamos ter a certeza de que nenhuma outra fique de fora.

É um esforço meritório. Ajudar o seu filho a se sentir amado e especial para além de seus irmãos pode moldar a sua identidade e apresentar ele a um senso saudável de auto-estima no presente e no futuro. Por outro lado, as crianças que não sentem que a ligação especial com seus pais podem sair da linha, observa Laura Kauffman, Ph.D, psicóloga infantil licenciada em Menlo Park, Califórnia. “Essas crianças são menos propensas a seguir as regras da casa, e são suscetíveis a disputar a atenção de seus pais de maneiras não tão positivas, como provocando brigas com os irmãos ou dando trabalho na escola”, diz ela.

Coisas que você esquecerá sobre a (difícil) fase do recém-nascido

Anúncio

FECHAR

8 coisas nojentas que deixam de te incomodar quando você tem filho

Você está terceirizando a educação do seu filho?

Por fim, “nosso objetivo (enquanto pais) é transmitir amor incondicional, através da atenção focada, com limites claros e limites que lhes permitam tolerar as inevitáveis pausas da nossa atenção”, acrescenta Dra. Kauffman.  Essa balança ajudará eles a entender que haverá momentos em que eles podem ter a sua total atenção e momentos em que eles não vão.

Complicado? Sim, mas é um fato. Aqui estão seis maneiras simples, mas poderosas, para fazer cada um dos seus filhos se sentirem especiais.

1- Fazer contato visual
Podemos acreditar que estamos ouvindo nosso filho enquanto estamos correndo para responder um e-mail de trabalho, mas, na realidade, dividir a sua atenção pode fazer com que seu filho sinta que está sendo deixado em segundo plano. Então, da próxima vez que ele quiser falar com você, pare o que está fazendo e faça contato visual com o seu filho, dando atenção completa. Faça uma pergunta ou duas, mostrando que está realmente ouvindo e que está presente ali com ele. Se você não pode largar o que está fazendo naquele exato momento, então diga. Peça para o seu filho esperar você terminar o que está fazendo e, então, não se esqueça de voltar a falar com ele, diz a Dr. Kauffman.

2- Passe algum tempo ininterrupto juntos todos os dias
Você não precisa de longos períodos de tempo; mesmo que 10 minutos por dia. Deixe seu filho decidir o que vocês vão fazer e, se possível, desligue o telefone ou melhor ainda deixá-lo em algum lugar para você não se sentir tentado em checar as suas redes sociais.

3-Faça perguntas carinhosas
Vá além da genérica conversa “Como foi a escola?” e, em vez disso, pergunte a seus filhos perguntas mais pontuais que vão mostrar que você está interessado na vida dele, diz a Dra. Kauffman. Pr exemplo, pergunte a eles sobre o teste de ortografia ou o que aconteceu em seu programa de TV preferido.

Conheça 7 maneiras de ensinar o seu filho a ser grato

Aprenda seis formas práticas de motivar seus filhos

Por que o humor é tão importante para as crianças?

4- Criar tradições significativas
Não há necessidade de construir algo elaborado; isso é realmente sobre passar um tempo saudável juntos e criar memórias eternas. Ir para a cozinha e fazer panquecas para a família aos domingos. Definir uma data mensal, quando você chama o seu lazer favorito ou uma hora no parquinho infantil. Convide seu filho para te acompanhar no salão de cabeleireiro e convide-o para ficar para a manicure e pedicure depois. Tradições tão simples podem construir uma ligação especial entre pais e filhos.

5- Seja afetuoso
Um beijo no rosto, um abraço de urso antes da hora de dormir – mostrar afetuosidade faz o seu filho se sentir amado. Não um “abraço em família”? Crie seu próprio aperto de mão especial ou um código em palavra para você se divertir com a criança.

6- Ame o que eles amam
Claro, você provavelmente não está tão animado sobre novas coleções de bonecos como eles, mas amando o que o seu filho ama é uma ótima maneira de mostrar como eles são importantes para você. escute com entusiasmo enquanto eles explicam o funcionamento das suas brincadeiras e mostre-se disponível para ajudá-lo no seu hobby. Dra. Kauffman fala que compartilhar a paixão do seu filho não só o ajuda a se sentir apoiado, mas também permite que ele “sinta-se importante o suficiente para você dedicar seu tempo livre para ele”.

Qualidade e quantidade: saiba por que educar exige tempo

Saiba como identificar se seu filho é o imperador da casa

Conheça os problemas de gente grande que ocupam a cabeça das crianças