Gravidez

Conheça 7 dicas de planejamento para um pós-parto mais calmo

Medidas tomadas agora podem baixar o nível de stress da mãe no período

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Dê um espaço para você mesma no período pós-parto (Foto: Shutterstock)

Dê um espaço para você mesma no período pós-parto (Foto: Shutterstock)

Durante a gravidez, uma mãe fica preocupada com seu corpo, o desenvolvimento do bebê, o parto, mas esquece do que vai acontecer depois que o filho nascer. Os pais têm uma ideia vaga de que a experiência pós-parto será difícil, porém não imaginam o quanto.

Leia também

Menstruação no pós-parto

Anúncio

FECHAR

4 respostas sobre o uso de cinta no pós-parto

Fotos: a polêmica barriga pós-parto de 7 famosas

Um jeito de melhorar esse período é se planejar ainda durante a gravidez. Com estas sete dicas, você pode melhorar seus níveis de stress, seu humor e seu relacionamento com as pessoas da sua família durante as primeiras semanas com um recém-nascido, além de protelar a depressão pós-parto:

1- Escreva

Faça um planejamento de como será o seu pós-parto por escrito. Pode ser simples, como uma lista de números importantes (médico, parteira, pediatra, doula e consultor de lactação), ou algo mais detalhado. Possivelmente, você está achando que isso é uma infantilidade, mas o exercício de pensar sobre o que fazer depois que o bebê nascer e de discutir isso com as pessoas a sua volta é mais válido que o plano em si.

2- Priorize suas próprias necessidades

Não há absolutamente nada de errado em ser um pouco egoísta durante a gravidez e no período pós-parto, pois só é possível cuidar bem do seu bebê se você está se sentindo segura e feliz. Isso significa permanecer descansada, hidratada, bem nutrida e calma, então não fique com medo de pedir o que você quer. E a frase “Eu quero” pode ir mais longe que o período pós-parto, então aprenda a usá-la.

3- Coma

Ter ao menos uma refeição do dia já planejada ou pronta é um salva-vidas quando você tem um recém-nascido. Bônus se a refeição for saudável e nutritiva! Será ótimo se você conseguir cozinhar e congelar comida, mas não hesite em pedir ajuda também. Pergunte se alguém da sua família pode fazer comida para você ou, simplesmente, peça um delivery.

Depressão pós-parto: entenda por que a culpa não é sua

8 coisas que ninguém te contou sobre depressão pós-parto

9 segredos para criar uma criança mais feliz e confiante

4- Imponha limites

Sua família e amigos estão muito animados com o novo bebê e está longe dos seus planos estragar isso, mas você precisa ter certeza de que não está sobrecarregada com visitas depois que deu à luz. Algumas mães querem companhia logo depois do nascimento, mas outras preferem esperar dias ou semanas antes de mostrar seu bebê, então determine limites: “Nós só estamos recebendo visitas da família no hospital”, ou “Estamos pensando em limitar as visitas em 30 minutos para que possamos descansar”. Esses avisos também podem servir para vetar conversas que você não queria: “Se nós precisarmos de ajuda para a amamentação, pedimos”, ou “Sei que você pensa que fraldas de pano são muito difíceis, mas é o que planejamos usar”. Conversar previamente sobre o comportamento que você espera, ajuda a não machucar sentimentos e evitar conflitos durante o período. A conversa pode soar constrangedora, mas uma comunicação clara garante um final feliz.

5- Peça ajuda

Você não tem que passar por isso sozinha. Se você precisar de ajuda, peça! Mães experientes sabem o quanto é difícil ter um recém-nascido, então algumas estão ávidas por ajudar, mesmo que essa ajuda seja sentar em seu sofá e ouvir você chorar.

6- Contrate uma doula

Você não tem família por perto? Ou você simplesmente não quer família por perto? Você é uma mãe solteira? Uma doula (assistente de parto que acompanha a gestante durante o período da gravidez até os primeiros meses após o parto) pode ser a ajuda que você precisa. Doulas são treinadas em cuidados infantis, amamentação e suportes gerais para famílias. Elas também fazem comidas saudáveis e limpam a casa: basicamente tudo o que você precisar para ter uma vida mais calma. Essas profissionais geralmente cobram por hora e muitas delas viram a noite para que você tenha o descanso que precisa para recarregar as energias e cuidar do seu bebê.

7- Queira menos

Isso pode soar rude, mas tenha menos expectativas para o que é a vida de uma nova mãe. Seja lá o que você estiver imaginando, não vai ser parecido. Em alguns dias, sair de casa para comprar um protetor de seios na loja ou tomar banho é tudo o que você vai conseguir fazer. Dê um espaço mental e emocional para você mesma em sua experiência pós-parto, esperando que ela pode ser boa ou ruim. Também não espere que sua vida seja como era antes que você deu a luz. Você achará seu novo “normal” no tempo certo.

Saúde bucal deve estar na lista de prioridades de uma futura mãe

Grávida de quíntuplos conta sua curiosa rotina no Facebook

Consumir ômega 3 na gravidez ajuda no desenvolvimento do bebê