Gravidez

Menstruação no pós-parto

Depois do nascimento do bebê, o primeiro sangramento é intenso, mas ainda não é menstrual. Entenda o porquê e saiba quando a ovulação volta ao normal

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

 MENSTRUACAO-POS-PARTO_shutterstock_69155041

A menstruação – ou melhor, o atraso dela – costuma ser o primeiro sinal de que um bebê está a caminho. A partir do resultado positivo, os próximos meses serão livres de cólicas menstruais, TPM e fluxos de sangue. Até aí, não tem novidade, certo? Mas o que muitas mulheres não sabem e só descobrem na prática é que logo após o parto começa um sangramento que pode durar por volta de 40 dias. “Isso ocorre porque o corpo está eliminando o material que revestia o útero durante a gestação”, explica a ginecologista e obstetra Dra. Erica Mantelli. O fluxo costuma ser mais intenso do que o da menstruação e, em geral, é mais irregular.

Leia também: http://www.paisefilhos.com.br/mae-tambem-e-gente/mitos-e-verdades-sobre-dores-nas-mulheres

Anúncio

FECHAR

Depois desse período, a mulher ainda pode passar meses sem ovular (consequentemente, sem menstruar), porque os hormônios produzidos durante o aleitamento materno bloqueiam a ovulação. Mas essa regra não se aplica se as mamadas não forem fonte exclusiva de alimentação do bebê. “A menstruação retorna quando o bebê deixa de ser apenas amamentado e passa a receber fórmulas ou comidas sólidas”, diz a ginecologista. Nos primeiros meses, é normal que o fluxo menstrual seja mais intenso e que o sangramento dure mais do que antes da gestação, mas isso se normaliza com o passar do tempo.

Leia também: http://www.paisefilhos.com.br/mae-tambem-e-gente/a-gravidez-muda-a-menstruacao

Nada de achar que as chances de engravidar não existem durante toda a fase em que você está amamentando! O período mais seguro é de até dois meses após o parto; depois disso, é importante que a mulher procure o seu médico para que ele indique um método contraceptivo. É bom lembrar que a ovulação vai acontecer antes da primeira menstruação pós-parto e isso não dá para prever. Quanto aos sangramentos, fique atenta à volta do ciclo menstrual. Se notar a presença de coágulos, mau cheiro, ou se houver febres e calafrios, procure seu ginecologista.

Fontes: Dra. Erica Mantelli, obstetra e ginecologista e Dra. Flávia Fairbank, mestre de ginecolgia pela FMUSP