Especiais

Acabou a magia? 11 dicas para reaquecer o seu casamento

Se você e seu parceiro perderam o romance, veja como reacendê-lo

selo_seminario_oficial
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Shutterstock)

Deixar o tédio de lado e voltar à cena pode não ser tão complicado (Foto: Shutterstock)

Caso você fosse convidada para fazer um filme sobre seu casamento, como você o chamaria? Uma reportagem da revista norte-americana “Parents” mostra que se a sua resposta está mais perto de “O Reencontro” do que “Amor Sem Fim”, você não está sozinha. A maternidade é famosa por expelir o romance dos relacionamentos.

Durante seu primeiro ano como mãe, os motivos são óbvios – você está privada de sono e sofrendo com a ação frequente dos hormônios descontrolados. O bebê demanda sua atenção quase que o tempo todo. Mas um tempo depois que o sutiã para amamentação é abolido, muitas mulheres continuam a sentir-se sufocadas com o estresse de criar filhos, cozinhar, trabalhar e arrumar a casa. O resultado? Um casamento que soa tão romântico quando uma troca de fraldas.

A boa notícia é que você tem paixão por mais que vocês vivam, mas você não pode esperar que isso simplesmente aconteça. Felizmente, deixar o tédio de lado – e voltar à cena – não é tão complicado. Aqui estão 11 simples estratégias que a revista norte-americana Parents divulgou.

Anúncio

FECHAR

Leia também

A maternidade vai te transformar e seu companheiro precisa saber disso!

Orgasmo não faz mal à grávida e bebê

Existe sexo depois da gravidez?

1. Faça as coisas divertidas que costumavam fazer com que vocês se sentissem próximos
Pense sobre a época antes dos filhos ou até mesmo antes do casamento. Quais os tipos de atividades que vocês dois gostavam enquanto casal? É a hora de vocês as redescobrirem – e cada uma no processo. Vá em frente e brinque com os pés embaixo da mesa ou bote para quebrar o CD do Duran Duran e dance na cozinha. Reviva aquelas jantas bobas com fondue que vocês costumavam ter quando recém-casados – quando vocês deveriam se beijar caso deixassem o pão cair “acidentalmente” no queijo.

2. Crie tempo para vocês
“Quando peço para casais anotarem como gastam o tempo deles, eles sempre se surpreendem em descobrir quantas horas gastam em atividades desnecessárias, como navegar na web ou assistir televisão”, afirma Pamela Jordan, coautora do livro Tornar-se pais: Como estreitar seu casamento conforme sua família cresce (em tradução livre). Lembre-se que todos nós temos as mesmas 24 horas por dia – é como você gasta o tempo que faz a diferença. Tente deixar algum tempo livre, ainda que sejam apenas alguns minutos por dia, para conversar e reconectar – afirma, depois que as crianças foram para a cama e antes de você fazer qualquer tarefa doméstica. Um encontro semanal também é uma obrigação. Ainda que vocês apenas frequentem a academia juntos ou saiam para tomar um café, sinaliza o compromisso comum de continuar a nutrir o relacionamento.

3. Crie datas para o sexo
Por que continuar esperando a oportunidade aparecer? Marcar um horário para o sexo pode soar nada romântico, mas é exatamente o oposto: fantasiar sobre isso apenas aumenta a ansiedade.

4. Seja sexy mesmo quando não existe chance de fazer sexo
Beije no elevador, dê uns amassos no carro, deslize suas mãos dentro do casaco do seu parceiro em um dia frio – qualquer coisa que crie uma atmosfera romântica. Simplesmente deixar uma mensagem sexy no telefone durante o dia (uma que não inclua um pedido para pegar pão na volta para casa) pode fazer seu parceiro sorrir.

5. Estabeleça noites sem sexo também
Paradoxalmente, isso pode também ser um levantador de libido. A maioria dos casais são tiranizados pela tensão de quem iniciará e quando, explica Davis Treadway, terapeuta de casal e autor do livro Intimidade, Mudança, e Outros Mistérios da Terapia (em tradução livre). “O esforço que vai em tomar a iniciativa é enorme e ser rejeitado é doloroso”, ele diz. Ter alguns dias na semana quando o sexo está fora de cogitação pode ser um tremendo alívio para ambos.

6. Lide com conflitos
Quando seu parceiro deixa de fazer as tarefas dele, como você reage? Você diz algo ou vira os olhos e fica de boca fechada? Ignorar o problema pode parecer mais simples, mas ambos irão pagar o preço, alerta o psicólogo Steven Sultanoff, professor da Universidade de Pepperdine, na Califórnia, EUA.

Se você não diz nada, talvez sinta-se como um mártir. Mas você provavelmente também irá nutrir um rancor nada saudável. “Antes que você perceba, tudo o que seu parceiro fizer vai te deixar irritada”, Sultanoff afirma. Vale a pena manter os canais de comunicação abertos.

(Foto: Shutterstock)

Saiam juntos para programas a dois! (Foto: Shutterstock)

7. Durmam pelados
Deixar de lado aquele pijama velho de flanela ou a camiseta com shorts puídos podem mudar sua vida. Existe uma vulnerabilidade no contato pele a pele que faz com que seja impossível ficar bravo durante muito tempo.

8. Dê uma escapadinha com seu parceiro
Muitos casais colocam os filhos à frente do casamento sem perceberem. Contrate uma babá ou até mesmo os seus pais ou sogros e escolha um final de semana a cada mês para uma pequena escapada. Se você fizer os preparativos com muita antecedência, isso só lhe dará mais estresse. E lembre-se de não somente está tudo bem em tirar um tempo longe dos seus filhos, mas é sábio. Vocês precisam se distanciar dos filhos um pouco para que vocês possam ser mais próximos. Qualquer um pode fazer isso – apenas deem as mãos e pulem.

9. Não conte os orgasmos
Encare: você simplesmente não vai fazer um sexo intenso e explosivo todas as vezes. De fato, isso é a exceção, não a norma. Então relaxe e tente aproveitar o sexo pelo que é, ao invés de medir cada encontro pela escala Richter.

10. Descubra o que faz o coração do seu parceiro bater mais rápido
Pergunta a ele o que faz com que ele se sinta cuidado – café da manhã na cama, a chance de assistir um jogo de futebol sem interrupções – e faça algo da lista regularmente. (Nota: isso não inclui sexo).

11. Diga o que você quer
Algumas pessoal acreditam em telepatia do casamento. “Eles acham ‘se meu parceiro realmente me ama, ele sabe o que eu quero’”, afirma Valerie Raskin, psiquiatra e autora do livro Ótimo sexo para mães (em tradução livre). Até parece! A não ser que você diga a ele, seu parceiro nunca irá a adivinhar o quão romântico seria se ele lavasse o seu cabelo no chuveiro ou deixasse você dormir durante um final de semana inteiro. (Nota: isso não inclui compras).

*Traduzido da revista norte-americana “Parents”

O tema “Para ser mãe você não precisa deixar de ser mulher” será abordado pelo Luiz Hanns no nosso Seminário Internacional “Mãe também é gente”, que ocorrerá dia 15 de maio no WTC (World Trade Center São Paulo), na zona sul de São Paulo. Inscreva-se aqui.

rodape12

Sexo e casamento não precisam combinar o tempo todo

Vida sexual na gravidez

Sexo a três