Gravidez

Vida sexual na gravidez

Sexo com uma barriga que cresce a cada dia não é fácil. Veja como driblar alguns receios das gestantes e seus parceiros

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Quando eu estava grávida, meu marido criou uma lista de desculpas para dizer que não queria transar. Eu também não ficava atrás. Dizem por aí que algumas mulheres têm a melhor experiência sexual da vida durante a gravidez, graças aos hormônios e ao aumento do fluxo de sangue lá embaixo. Claro, houve momentos, nesses nove meses, em que eu curti umas brincadeirinhas, mas em geral isso era só mais um item não cumprido da minha lista de tarefas. Meu caso com certeza não é incomum. Em um estudo recente, feito nos Estados Unidos, os pesquisadores descobriram que a satisfação sexual diminui com o desenvolvimento da gestação. Mas vale a pena superar os principais obstáculos, como a exaustão, a dificuldade e a ansiedade.“Quanto mais feliz você estiver em todos os aspectos da sua relação, incluindo sua vida sexual, melhor mãe você será”, diz Yvonne K. Fulbright, educadora sexual e coautorado livro Your Orgasmic Pregnancy (Sua gravidez orgásmica, em tradução livre).

Se conseguir enfrentar essas questões, você e seu parceiro vão curtir por completo a gravidez – e um ao outro.

Estou muito cansada

Anúncio

FECHAR

O cansaço é um sintoma clássico dos primeiros meses de gravidez e um fator quepode acabar rapidinho com a sua vida sexual. Depois de tudo, quem é que tem vontade de virar os olhinhos na cama quando mal consegue deixá-los abertos? Trabalhar até altas horas, ter insônia e pesar cerca de 10 quilos (ou mais) extras também contam. Dê o seu máximo para diminuir o ritmo e dormir as oito horas diárias recomendadas. Se, mesmo assim, você continua sem energia para transar, explore outras atividades prazerosas, como beijar, fazer massagem ou sexo oral.

Eu não me sinto sexy

Para algumas mulheres, é difícil se senti rsexy com aquele barrigão. Tente chamar atenção para as suas melhores características: se você tem pernas bonitas, por exemplo, use calças mais justas. Cuidar-se com exercícios e com uma alimentação nutritiva também eleva a auto-estima. E por que não ter uma atitude positiva diante da situação? “Quando eu estava grávida, comecei a amar meu corpo e admirar o que ele era capaz de fazer”, diz Wendy Altschuler, uma mãe de Chicago, Estados Unidos.

Tenho medo de machucar o bebê

Todos os médicos concordam que transar durante a gravidez é perfeitamente seguro. As complicações mais comuns que podem eliminar as relações sexuais durante esse período são a placenta prévia (quandoa placenta cobre o colo do útero), ruptura prematura das membranas e sinais de trabalho de parto prematuro. Se não houver nada disso, os casais normalmente têm o sinal verde durante toda a gravidez, incluindo no primeiro trimestre, quando o medo de perder o bebê causa uma aflição desnecessária sobre seu comportamento entre quatro paredes. Mães de segunda viagem, como Kindra Kirkeby, da Virginia, Estados Unidos, entendem melhor isso e não tem uma vida sexual tão inibida. “Não era mais aquela coisa nova que a gente tem de tomar todo o cuidado”, diz. Relaxar e improvisar são as chaves para ter sucesso na hora de transar durante a gravidez, especialmente no terceiro trimestre, quando você já está com aquele barrigão. Durante essa fase, a dra. Fulbright recomenda posições que não façam pressão sobre o abdômen, como de lado ou com a mulher por cima. Eu já planejo agitar as coisas no quarto se ficar grávida novamente.