Família

Gente nova no pedaço! Prepare o cachorro para a chegada do bebê

Algumas dicas ajudam a preparar o cão para chegada do recém-nascido

Isabela Kalil de Lima

Isabela Kalil de Lima ,Filha de Kátia e Fabio

É preciso tomar alguns cuidados ao apresentar o bebê ao cãozinho (Foto: Shutterstock)

É preciso cuidado ao apresentar o bebê ao cãozinho (Foto: Shutterstock)

Muitos pais ficam inseguros pensando como seu cachorrinho vai conseguir dividir a atenção da família com a chegada do bebê. Outra preocupação é como vai ser a interação entre eles. Os bichinhos, no entanto, não precisam ser motivo de preocupação. Muito pelo contrário. Eles podem trazer benefícios, segundo Christine Bruder, mãe de Isabella e Paulo, e psicóloga fundadora do Primetime Child Development.

“Os animais têm reações mais espontâneas e evidentes, o que ajuda o bebê a perceber e compreender melhor as emoções”, explica. Para que essas vantagens sejam percebidas, porém, é preciso tomar alguns cuidados com os bichinhos e com as crianças. A preparação deve começar ainda durante a gravidez para o cachorrinho não se sentir abandonado com a chegada do pequeno.

Leia mais:

Anúncio

FECHAR

Cachorro percebeu problema de saúde de criança antes dos pais

Vídeo de garotinha empurrando um cachorro no carrinho de bebê faz sucesso

Hotel bom pra cachorro

“É importe que outra pessoa da casa comece, aos poucos, a dar mais atenção para o bichinho já que depois do parto a mãe não poderá conviver com ele como antes”, indica Gustavo Campelo, filho de Arnaldo e Darlene, e adestrador de animais da Cão Ideal. Outro ponto para se atentar é ao comportamento do animal. Se ele for muito desobediente ou agressivo vale a pena procurar um especialista para adestrá-lo.

Observe se o cachorro vai precisar mudar algum hábito antes do neném chegar (Foto: Shutterstock)

Observe se o cachorro vai precisar mudar algum hábito antes do neném chegar (Foto: Shutterstock)

Também é interessante observar se algum hábito no animal vai precisar ser mudado com a chegada do bebê. Algumas famílias permitem que o cachorro durma na cama. Se este comportamento não for mais desejado após o nascimento é preciso mudar gradativamente. “A forma indicada para fazer a mudança é, duas vezes por semana à noite, dar um longo passeio com o cãozinho para ele ficar mais cansado e aceitar a dormir fora do quarto dos donos”, ensina o adestrador. Com o tempo, a frequências destas caminhadas noturnas pode aumentar até que o bichinho se acostume a dormir sozinho.

Bom companheiro

E agora? Temos um cachorro e o bebê está chegando!

Após este preparo, chega a hora da apresentação do bebê. Enquanto ele ainda estiver na maternidade com a mãe, outro familiar deve levar  uma roupinha usada para casa, pois assim o cachorro vai se acostumando com o cheiro da criança. Quando chegar em casa, o bebê deve ficar longe dos olhos do cachorro por seis dias. “Esse período é o suficiente para o animal se acostumar com o cheiro e com os barulhos que o neném faz”, explica Gustavo.

Depois desse tempo, já é possível apresentar os dois. Lembrando sempre que todos os encontros devem ser supervisionados por um adulto. “Também indicamos que os pais sempre fiquem com uma mão no meio dos dois para evitar com qualquer tipo de conflito”, acrescenta o adestrador.

Mãe registra relação entre seus filhos e o cachorro da família

Emocionante pedido de desculpas de cachorro ao dono