Especiais / Seminário

Foi gigante! Confira a cobertura completa do 14° Seminário Internacional Pais&Filhos

Pela primeira vez como mãe, Adriana deus as boas vindas com um discurso emocionante! - Divulgação
Divulgação

Publicado em 09/12/2022, às 07h34 por Redação Pais&Filhos


O Seminário presencial voltou ( finalmente)! A 14° edição do evento reuniu pais, mães, avós, filhos e toda a rede de apoio na Unibes Cultural, em São Paulo, em 17 de novembro de 2022, em um dia repleto de palestras, conversas, mesa-redonda, experiências, ativações e muito mais. Foram mais de 500 inscrições no 14° Seminário Internacional Pais&Filhos para discutir o tema “Toda família é nossa”, afinal acreditamos que criar crianças e famílias felizes é uma tarefa que só pode ser realizada no coletivo, com presença, afeto, vínculo e cuidado.

Sim, a qualidade de vida de uma criança é responsabilidade de toda a sociedade e foi essa mensagem que levamos ao palco do auditório. Das 8h30 às 19h, o reencontro foi cheio de emoção e abraços. Além de um dia com muita troca de informações e experiências, foi a oportunidade de levar brindes para a casa, até porque, eles não poderiam ficar de fora. As famosas sacolas, recheadas de presentes, e os famosos sorteios também marcaram presença. O evento teve cobertura em tempo real no site e nas redes sociais para ninguém ficar de fora. Se você perdeu ou quer relembrar algum detalhe, olha só como foi.

Adriana Cury no Seminário
Pela primeira vez como mãe, Adriana deus as boas vindas com um discurso emocionante! (Foto: Divulgação)

As boas-vindas do evento foram muito comemoradas por todos os presentes. Depois de tantas edições online, a festa foi garantida e o Seminário começou lá em cima: “Eu não tinha ideia do quanto precisaria de ajuda como mãe até minha filha nascer” disse Adriana Cury, diretora geral da Pais&Filhos e mãe de Alice. “Se hoje estamos tão unidos aqui, há mais alguma dúvida de que toda família é nossa?” perguntou Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos e filha de Branca Helena e Igor.

Andressa Simonini no Seminário
Andressa Simonini apresentou o evento com maestria! (Foto: Divulgação)

Cadê a mãe dessa criança?

Marcos Piangers
Piangers falou sobre a mãe e a filhas durante a palestra (Foto: Divulgação)

A primeira palestra do dia foi dele, Marcos Piangers, pai de Aurora e Anita, jornalista, escritor do livro O papai é pop e colunista da Pais&Filhos. Ele começou com uma dinâmica mais que especial: pediu para que cada pessoa virasse para outra, mesmo que não a conhecesse, e elogiasse algo sobre ela. Piangers não poupou palavras ao dizer que cada pessoa é única: “Nossos filhos são pessoas diferentes, mas criamos eles de forma esquemática. Nós criamos um esquema, e os nossos filhos nos olham dizendo: ‘De novo? Eu sou eu!’”. Depois disso, fez uma reflexão sobre a criação dada pela sociedade como um todo:

“Se vamos falar de criar filhos, temos que falar de criar adultos”- Marcos Piangers

O jornalista compartilhou que preza pela comunicação com as filhas. “Me perguntam, ‘como você consegue conversar com a sua filha de 17 anos?’ Eu sei conversar com minha filha de 17 anos porque eu converso com minha
filha há 17 anos”. Nessa linha de raciocínio, ele também mostrou para todos os inscritos que a forma que você reage aos seus problemas é o que realmente importa: “Não é sobre o que acontece com você, e, sim, como você responde a isso. Tudo o que fazemos é uma reação do que já vivemos com nossos pais”. Ele incentivou: “Precisamos
confiar em nossos filhos”, assim como ter confiança nas decisões tomadas por eles. É preciso deixar que eles sejam livres e não tenham medo de serem vulneráveis, de se machucarem: “Se você tira a frustração, você tira a felicidade mesmo que sem querer”.

Cabe o mundo em uma criança

Pat e Patricia
As duas divertiram o público falando sobre a necessidade de brincar (Foto: Divulgação)

Hora de Pat Camargo, mãe de Henrique, Sofia e Larissa, e Patricia Marinho, mãe de Carol e Gabi, do Tempo Junto, as mais novas colunistas da Pais&Filhos. Pat Camargo começou a palestra, apresentando a todos que uma criança é uma esponja. Ela absorve tudo que vê, aprende e sente dos pais e pessoas em volta dela. “Brincar é a ferramenta que a criança tem de expressar o mundo que existe dentro dela”, defende. Além disso, Pat contou que para a ciência, as crianças são como cientistas, elas possuem hipóteses, testam de diferentes maneiras a mesma coisa, a fim de encontrar alguma diferença. “Isso é principalmente na infância, já que quando vamos crescendo vamos esquecendo, mas nós vamos aprendendo em rede, e não linearmente”.

Patricia Marinho aproveitou a apresentação de Pat Camargo para falar sobre a necessidade de entender os sinais do seu filho, deixá-lo pronto para entender o mundo da própria forma, e da mesma maneira, entender o seu filho do jeito que ele é: “Observar é a primeira forma de conhecer o nosso filho”. Não só observar, mas ouvir, brincar com a criança é essencial para poder conhecer a sua criança. “O oposto de brincar não é trabalho, o oposto de brincar é a depressão”, provocou Patricia Marinho. Ela deixou claro que as famílias devem ter um tempo para si e nunca renegá-lo, mas a paternidade brincante significa ser parte do desenvolvimento da criança por meio da brincadeira: “Uma aldeia que inclui uma criança precisa ter brincadeira”.

“Brincar é a ferramenta que a criança tem de expressar o mundo que existe dentro dela” – Pat Camargo e Patricia Marinho

Toma que o filho é nosso

Peu Fonseca
Peu Fonseca brincou com alguma crianças na plateia (Foto: Divulgação)

“O que acontece quando adultos percebem que será necessário ter uma coexistência, entre eles e as crianças?”, questionou Peu Fonseca, pai de João, Irene, Teresa e Joaquim. Muitas vezes, para ele, as crianças não são recebidas dentro da sociedade de forma completa. No telão, Peu colocou a frase: “Os adultos é que são malcriados. As crianças ainda estão sendo criadas”. Para o palestrante, uma coisa como ‘criança mal criada’ é algo inexistente. Ele contou que quando os adultos se relacionam com as crianças, vem uma grande pergunta em mente: “Será que o que temos a ensinar é tão interessante quanto o que temos para aprender com essa criança?”. Já que, afinal, toda criança tem algo a ensinar, e nem sempre damos abertura para que elas derramem este conhecimento sobre nós.

“Será que o que temos a ensinar é tão interessante quanto o que temos para aprender com essa criança?” – Peu Fonseca

O palestrante ainda fez uma provocação sobre a ideia de ensinar as crianças com a justificativa de que servirá para o futuro: “Sabe quando o futuro vai chegar? Nunca. Quando a gente chegar no futuro, ele vai ser igual ao presente” e completou: “O futuro só serve de uma coisa na vida das crianças, adiar os sonhos delas”. Peu finalizou: “A partir da chegada de uma criança, qualquer lugar pode ser uma aldeia. Todo dia, as crianças não deixarão de chegar. Por mais que tentem destruir nossas aldeias, cada chegada de criança é uma nova oportunidade para criar uma aldeia”.

PAISdemia

Valesca Karsten e Andressa Simonini no Seminário
Conectando pandemia e família, Valesca ouviu outras vozes no nosso Seminário (Foto: Divulgação)

A educadora Infantil e empreendedora, Valesca Karsten, mãe de Thiago e Roberta, subiu ao palco do Seminário para trazer insights sobre o projeto PAISdemia, que busca avaliar o impacto da pandemia na vida das famílias. “É um compromisso muito grande escrever o que as pessoas sentem. É uma honra participar desse projeto que carrega tanta responsabilidade”, começou. Valesca ainda comentou: “Está todo mundo muito doente, principalmente as crianças. Isso as afeta e elas acabam entendendo que são um peso para os pais”, por isso ressaltou: “Hoje, é importante que elas [as crianças] voltem às atividades, aos assuntos, às conversas”. Em bate-papo com a plateia, algumas mães falaram um pouco sobre a balança entre família e pandemia. Uma delas relatou sobre a descoberta de ter um ‘adolescente’ em casa. Em outros pontos, mães também explicaram que conheceram outros lados de si mesmas e dos filhos pela súbita aproximação e destacou: “A infância não é um tempo ou uma idade: é quando estamos disponíveis para surpreender o mundo, ela é para sempre!”.

“A infância não é um tempo ou uma idade: é quando estamos disponíveis para surpreender o mundo” – Valesca Karsten

Pega essa mãe no colo

Dra. Ana Jannuzzi no Seminário
Dra. Ana Jannuzzi falou sobre a sobrecarga que as mães sentem (Foto: Divulgação)

Quando se trata de maternidade, a Dra. Ana Jannuzzi, mãe de Romana e Clarice, médica formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, é especialista! Ela jogou uma pergunta para o público: “Do que uma mãe precisa?”. Tempo, paciência, apoio, amor e atenção foram algumas das respostas da plateia. A médica, ao falar sobre a rede de apoio, a qual aborda o suporte materno, comenta sobre a construção da maternidade: “Pai não ajuda; pai faz a sua parte”. Ela também mencionou as comparações nas redes sociais: “Às vezes, é uma bobagem; ao invés de você ser acolhida, recebe um simples olhar de julgamento”.

“Só mudamos a realidade se fizermos perguntas, mas não somos perguntadas o suficiente” – Dra. Ana Jannuzi

A profissional de saúde relaciona o fator de equidade com a experiência trazida pela maternidade. “Como olho para uma mãe e entendo que ela precisa de acolhimento? A própria falta de direitos reflete o sentimento de ‘não sei o que fazer’. É uma sensação de impotência e, mesmo assim, a gente segue”. Ela ainda aproveitou para desromantizar a maternidade e criticar como encaramos a falta de apoio materna como natural. A Dra Ana Jannuzzi diz: “Temos que deixar nossos filhos aos 6 meses [de vida]. Para onde eles vão? Os horários são compatíveis? É uma barreira imensa, principalmente ao não se ter uma rede de apoio. Precisamos desse colo” e defende: “Só mudamos a realidade se fizermos perguntas, mas não somos perguntadas o suficiente”.

Mãe X Tempo

Izabella Camargo
Izabella Camargo falou sobre Burnout e trabalho (Foto: Divulgação)

A jornalista IzabellaCamargo, mãe de Angelina, fez uma conversa no Seminário para levantar a bandeira da importância da saúde mental e autocuidado. Ela, que já passou por um burnout, compartilhou a própria experiência e deu informações sobre o tema. A palestrante classificou o burnout como “a ausência de si mesmo” e contou que o burnout é algo clínico, e não pode ser diagnosticado por qualquer pessoa. “Nós estamos gerenciando o estresse o tempo todo”, refletiu Izabella. “A forma como lidamos com o nosso tempo é o que determina nossa saúde”, completou.

Ela ainda fez uma dinâmica com a plateia: “Todos nós precisamos virar uma chave em nosso coração. Pense: qual a chave que você precisa virar para ter mais saúde? Pode ser da humildade, para poder aceitar a necessidade de virar as chaves, pode ser da autoestima, para conseguir honrar a história de vocês”. A jornalista falou sobre a necessidade de colocar o bem-estar em primeiro lugar: “Crachás, empregos, nós podemos ter vários. Vida nós temos apenas uma” e brincou: “É claro que você pode vestir a camisa da empresa, desde que você também vista o seu pijama”.

“Crachás, empregos, nós podemos ter vários. Vida nós temos apenas uma” – Izabella Camargo

Toda família é nossa

Mesa-Redonda no Seminário
A mesa-redonda do nosso Seminário contou com papo sobre maternidade, parto e preconceito (Foto: Divulgação)

Lore Improta, Betho Fers, Xan Ravelli, Thamirys Nunes e Paula Amorim fizeram a mesa-redonda do 14° Seminário Internacional Pais&Filhos. A apresentadora Xan Ravelli, mãe de Jade, Rael e Eva, comentou sobre a experiência ao se tornar mãe. “Quando eles nasceram, eu queria controlar tudo. Até a gente entender é um trabalho. [Temos que] observar, parar, olhar, para enfim entender o papel de ter um filho”. Thamirys Nunes, mãe de Agatha, menina trans de 7 anos, passou a batalhar pela vida e existência da filha: “Luto com ela para que ela escolha o melhor caminho. Não por ser mãe, mas por nós”. O bate-papo não foi só flores. Lore Improta, mãe de Liz e companheira do cantor Léo Santana, comentou sobre a expectativa de ter esperado um menino na primeira gravidez. “A partir de hoje não crio mais expectativas com nada. Não me frustro no dia a dia com isso, ainda mais porque minha vida é exposta 24 horas por dia e sei que vou receber opiniões diversas”, diz.

Paula Amorim, convidada da Philips Avent, empresária, se tornou mãe de primeira viagem recentemente após ter dado à luz Theo, fruto de relacionamento com Breno Simões, que conheceu no BBB 18. “Pai e mãe são julgados o tempo inteiro. As pessoas falam: ‘Ai, você romantiza muito a maternidade’ e isso não é a realidade. Sou apaixonada [pela maternidade], foi a coisa mais impressionante da minha vida. Me reforçou como mulher, destacou as características que eu já tinha e passei a entender que cada mãe é única para que a gente não se cobre muito”. Betho Fers, Doula de Adoção e pai de Teté, enfatizou a necessidade de olhar para as crianças e enxergá-las como seres pensantes e atuantes: “A criança é tão privada dos seus direitos que as pessoas externas acham que podem opinar sobre qualquer coisa da vida dela”. Na sequência, Thamirys explicou que, apesar do choque, passou a entender a filha com o passar do tempo. “Nosso filho tem uma vida que não é a nossa e, por isso, precisamos sair de nossa zona de conforto para entendê-lo”. Todos colocaram a rede de apoio como um ponto crucial na criação dos filhos e a importância do suporte, principalmente para a mãe, pela jornada da parentalidade.

“A maior dificuldade com a maternidade foi de encontrar equilíbrio com as coisas” – Lore Improta

“Cada mãe tem que entender que é única, com um bebê único. Não pode se comparar tanto” Paula Amorim

“Empatia é uma construção política. Precisamos entender o lado do outro” – Xan Ravelli

“Quando os filhos são cuidados com afeto e respeito, são ensinados a cuidar também” – Thamirys Nunes

“Vivemos em uma sociedade que quer que a criança seja independente o tempo inteiro” – Betho Fers

Novidade na área

Pela primeira vez teve podcast no Seminário, comandado pelo nosso parceiro Beto Bigatti, pai de Gianluca e Stefano, sendo transmitido no TikTok, Facebook e YouTube. Foram vários convidados, como Taís e Roberta Bento, Fefa Alfano e Amanda Pereira, Priscilla Montes e Mariah Mascarenhas, Thelma Parada, Vanessa Abdo, Tatah Fávero e os palestrantes e comandantes de bate-papo!

Beto Bigatti no Seminário
Beto Bigatti ficou responsável pelo podcast com convidados incríveis! (Foto: Divulgação)

Isso que é brinde

Não é à toa que a sacola do Seminário é sempre muito aguardada. Olha só o que quem chegou cedo levou para casa:

  • 1 Ecobag da Philips Avent
  • 1 Copo da Philips Avent
  • Pacote com 10 sacos para descarte de fraldas da Embalixo
  • 1 City School Day com 433 peças da Lego
  • 1 Kit com 3 babadores da Tip Top
  • 1 Protetor solar da Granado
  • 1 Repelente da Granado
  • 1 caneta boss da Stabilo
  • 1 tatuagem Flora&Bem
  • 1 chocolate Kinder Ovo
  • 1 bloco com 1 lápis e 1 garrafinha de água Kookabu
  • 1 edição da revista Pais&Filhos
sacolas de brindes Seminário
As sacolas de brindes são um sucesso em todas as edições! (Foto: Divulgação)

Sorteio

Um do momentos mais aguardados do Seminário são os sorteios, afinal, só tem brinde bom! A gente não saberia nem qual escolher, olha só a lista do sorteio:

  • 1 esterilizador elétrico, da Philips Avent
  • 1 kit de produtos, da Granado Bebê
  • 1 cabana infantil, 1 cabana pet e 1 cordão de luz, da Cabanas Bacanas
  • 1 kit feminino com 6 looks, da Kookabu
  • 1 kit de brinquedos, da Candide
  • 1 Set de Bateria com Banco e Baquetas Luccas Neto e 1 Caixa Registradora Maria Clara e JP com Luz e Som, da Multikids
  • 1 Kit de produtos – boneca, pescoceira e kit de beleza, 1 kit de quebra-cabeças, 1 kit de produtos – almofada e quebra-cabeça, 1 kit de produtos – volta às aulas e 1 kit de produtos – Baby Yoda, da Disney
  • 1 kit de produtos, da Tulipa Baby
  • 1 Voucher de R$ 500,00 em compras na loja própria, da Tip Top
  • 1 Cadeirinha de carro 4stages Fix, da Litet
  • 1 Kit de produtos, da Salvo Café
  • 1 babá eletrônica, da Philips Avent
  • 1 kit de produtos, da Granado Bebê 
  • 1 Voucher de R$ 500,00 em compras na loja própria, da Tip Top
  • 1 Fritadeira Ar Family 4L, da Mondial
  • 1 kit masculino com 6 looks, da Kookabu
  • 1 Mesa de Atividades Cubic com Blocos e Acessórios 9 em 1 e 1 Club Petz Artie O Urso Polar Pelúcia Com Mecanismo, da Multikids
  • 1 kit de produtos – boneca, estojo, lancheira, pescoceira e kit de beleza e 1 kit de produtos – Mickey e Amigos, da Disney
  • 1 Bicicleta infantil – Patati Patatá, da Styll Baby
  • 1 cabana infantil, 1 cabana de teto e 1 Casulo Balanço, da Cabanas Bacanas
  • 1 Umidificador 3 em 1 – Freestyle, da Black+Decker
  • 1 Colchão baby + Colchão casal, da Emma Colchões
  • 1 Carrinho Passeio Bliss, da Litet
  • 1 estadia de final de semana no Almenat Hotel
  • 1 geladeira frost free duas portas de 386 litros, da Consul

Mão na massa

O Seminário contou com várias ativações para toda a família. Confira a seguir:

A Philips Avent trouxe barista, café, além de vídeos sobre introdução alimentar e alimentação saudável acompanhado de uma nutricionista. Chiquérrimo.

Philips Avent
O espaço de Philips Avent foi incrível! (Foto: Divulgação)

A Granado Bebê trouxe a oportunidade dos pais e mães personalizarem os rótulos de produtos com a própria foto ou do filho. É muito amor.

Granado Bebê
Na ativação de Granado Bebê foi possível customizar uma embalagem! (Foto: Divulgação)

E esse espaço interativo com roleta com diversos brindes para pais e filhos que a Tip Top levou para o evento. Foi sucesso!

Tip Top
O espaço da Tip Top foi demais! (Foto: Divulgação)

A Cabanas Bacanas criou um espaço lúdico na Unibes Cultural, com cabanas de todos os tipos para as crianças brincarem muito.

Cabanas Bacanas no Seminário
O espaço de Cabanas Bacanas divertiu as crianças (Foto: Divulgação)

O Doog, hot dog do aeroporto, o melhor do Brasil, ofereceu hot dog nos sabores América, Italian, French, Berlim e Classic.

Doog
Todos amaram os deliciosos cachorros quentes da Doog (Foto: Divulgação)

E quem não ama um bom café? O Salvo Café levou o café gourmet da região de Campanha, Minas Gerais, produzido na Fazenda Santa Helena.

Salvo Café
O Salvo Café marcou presença no 14° Seminário Internacional Pais&Filhos (Foto: Divulgação)

O Rochinha trouxe picolés, nos sabores Minissaia versão 2023, Chiclete, Banana com Doce de Leite, além dos clássicos Coco e Limão.

Rochinha no Seminário
Todos amaram os deliciosos sorvetes! (Foto Divulgação)

Pripoca fez sucesso com as pipocas salgadas normal e pipoca gourmet, nos sabores ninho, trufado, paçoca e caramelo com nozes.

Pripopa fez muito sucesso em nosso seminário (Foto: Divulgação)

Magic Algodão fez verdadeiras obras de arte de algodão doce, moldando no formato de diversas criaturas e animais.

Magic Algodão trouxe dose de açúcar que precisamos! (Foto: Divulgação)

Viagem em família: veja o passo a passo de como fazer o check-in em um navio!


Leia também

Mãe de Neymar apaga foto com o neto por polêmica com Biancardi - Reprodução/ Instagram

Família

Mãe de Neymar apaga foto com Davi Lucca depois de polêmica com Mavie e Bruna Biancardi

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Samsung Galaxy S23 - Divulgação

Aparelho top

Ofertas do dia: até 43% de desconto no Samsung Galaxy S23

Foto: Arquivo Pessoal

Família

Bebê de 1 ano m0rre após descaso médico: "Tentei esquentar o corpo do meu filho morto"

(Foto: Silvio Avila/AFP)

Família

Doações para o Rio Grande do Sul: veja onde e como doar às vítimas de forma segura

Isis Valverde e seu filho Rael - Foto: Reprodução/Instagram

Família

Isis Valverde faz desabafo emocionante: "Sei que não sou boa mãe"

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar