Vacinar para a vida

5 principais perguntas sobre imunização materna

A mãe passa os anticorpos para o bebê por meio do leite materno¹ - Getty Images
Getty Images

Publicado em 14/12/2022, às 09h19 por Fernanda de Andrade, filha de Débora e Marcos


A vacinação durante a gravidez é um dos cuidados fundamentais do pré-natal, sendo importante para proteger tanto a mãe quanto o bebê, tanto ainda na barriga quanto após o nascimento. Um dos principais motivos para se priorizar a imunização materna é a vulnerabilidade do sistema imunológico da mãe durante o período de amamentação, que fica mais fragilizado por “proteger” a gravidez¹. 

Portanto, é fundamental para a saúde da mãe e do bebê que as vacinas recomendadas durante a gravidez sejam tomadas¹. Ao lado da infectologista e pediatra Dra. Ana Paula Burian, mãe de Henrique e Luísa,  respondemos algumas das principais dúvidas sobre a imunização materna. Sempre consulte o seu obstetra para saber quando tomar e o que tomar!

Mãe amamentando bebê
A mãe passa os anticorpos para o bebê por meio do leite materno¹ (Foto: Getty Images)

1- Qual a importância da imunização na gravidez?

Segundo a Dra. Ana Paula, a gestação pode ser um dos únicos momentos em que a mãe faz um acompanhamento médico mais constante, e que a vacinação na gravidez pode ser a chave para evitar doenças graves que podem resultar em complicações como aborto, prematuridade e malformações fetais: “A vacinação na gravidez é muito importante quando consideramos uma oportunidade de proteção contra doenças evitáveis, melhorando não apenas a saúde da mulher como do bebê também”.

Contudo, ela faz questão de ressaltar a necessidade da imunização também antes da gestação, fazendo com que durante a gravidez só sejam aplicadas as vacinas próprias para esse momento: “Orientar meninas adolescentes e mulheres em idade fértil a atualizarem suas vacinas, para que na gestação sejam aplicadas apenas as vacinas específicas e que privilegiam o binômio mãe-filho”.

2- As vacinas apresentam algum risco para a mãe ou o bebê?

“Não, visto que a recomendação do Calendário da Gestante utiliza vacinas inativadas, que não são compostas pelo vírus vivo e não tem a capacidade de provocar a doença na pessoa vacinada”, disse a infectologista, acrescentando que o calendário também conta com estudos científicos que comprovam a importância e segurança da vacina. Fora isso, ela fez uma observação sobre a vacina contra a Febre Amarela: “Ela não deve ser aplicada em mães amamentando até que o bebê complete seis meses de idade. Caso a vacinação não possa ser evitada neste período, deve-se suspender o aleitamento materno por dez dias”.

Bebê no colo da mãe
Segundo a Dra. Ana Paula Burian, as vacinas com vírus vivo não são indicadas para gestantes (Foto: Shutterstock)

3- A vacinação na gravidez apresenta benefícios para a mãe e o bebê?

Sim! Além de proteger a mãe e o bebê durante a gestação, a vacinação na gravidez também protege o bebê após o nascimento, já que ele é mais vulnerável por conta da menor capacidade de resposta imune e também uma pior resposta contra infecções: “Quanto mais prematuro o bebê nasce e menor a sua idade gestacional, mais imaturo será seu sistema imunológico e maior risco de infecções. […] Para algumas doenças, o bebê só poderá ser considerado protegido após os seis meses de idade, mesmo que possa iniciar algumas vacinas antes desta idade, sendo muito importante receber esta proteção através da vacinação materna e passagem de anticorpos pela placenta”. 

Além disso, a Dra. Ana Paula explica que o organismo da mãe passa, naturalmente, por modificações durante a gestação, alterando a resposta imunológica, fazendo com que possam ocorrer infecções com maior gravidade: “Algumas grávidas já possuem alguma comorbidade, como por exemplo diabetes, cardiopatia e outras doenças em que a gestação poderá necessitar de acompanhamento mais específico e até mesmo vacinas especiais”.

4- As vacinas devem ser repetidas em toda gestação? 

Nem todas as vacinas apresentam a necessidade de serem tomadas a cada gestação, segundo a médica: “As vacinas que devem ser repetidas a cada gestação são Influenza (gripe) e coqueluche acelular (dTpa), objetivando proteger não apenas a mãe, mas também o bebê”. 

5- Em que período da gestação cada vacina deve ser tomada?

Enquanto algumas podem ser tomadas em qualquer momento da gestação, outras são recomendadas a serem tomadas a partir de um certo período: “Algumas vacinas que podem ser aplicadas em qualquer momento da gestação são a contra Influenza, dT, hepatite B e Covid-19”. A pediatra também falou porque algumas possuem “momentos adequados” para serem tomadas: “Existem estudos demonstrando que as concentrações de anticorpos da classe IgG encontrados no sangue do cordão umbilical do recém-nascido se correlacionam com a idade gestacional”, dando o exemplo da vacina dTpa, indicada após a 20ª semana de gestação, garantindo que o bebê nasça já com a proteção contra coqueluche, tétano e difteria. 

REFERÊNCIA:

1- A vacinação é essencial para proteger a mãe e o bebê [Internet]. [acesso em Dezembro/2022] Disponível em: https://www.conass.org.br/a-vacinacao-e-essencial-para-proteger-a-mae-e-o-bebe/#:~:text=Durante%20a%20gravidez%20o%20sistema,o%20nascimento%2C%20pelo%20leite%20materno


Leia também

Luana Piovani - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Luana Piovani se irrita após ter água cortada e não poder pagar compras no mercado: "Não consigo"

Gêmeas siamesas falam sobre relacionamento - (Foto: reprodução/TikTok)

Família

Gêmeas siamesas falam sobre relações íntimas após uma assumir namoro

(Foto: reprodução/Instagram)

Família

Lore Improta mostra evolução da barriga e avisa: "Tem mais neném chegando"

Wanessa Camargo - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Wanessa Camargo muda de opinião sobre Davi e surpreende seguidores: "Nunca duvide"

Fernanda, do BBB 24, já foi presa no Rio de Janeiro - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Prisão de Fernanda do BBB vem à tona depois de fala polêmica sobre os filhos

Nome do 3º filho de Neymar - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Nome de suposto 3º filho de Neymar é revelado: "Agora sim um bonito"

Vicky se surpreende com quarto em mansão - (Foto: reprodução/Instagram)

Criança

Quarto super luxuoso de filha de Roberto Justus revolta seguidores: "Exagero"

Anna Jatobá retira sobrenome do ex-marido depois do fim do relacionamento - (Foto: Divulgação)

Família

Anna Jatobá e filhos excluem sobrenome de Alexandre Nardoni após separação