Vacinar para a vida

Vacinação de mãe para filho: tire todas as suas dúvidas sobre imunização na gravidez

Todos levaram uma Revista Pais&Filhos para casa após o evento! - Divulgação
Divulgação

Publicado em 08/03/2023, às 14h27 - Atualizado em 09/03/2023, às 10h04 por Redação Pais&Filhos


Chegou o grande dia! Nesta quarta-feira, dia 8 de março, aconteceu o evento “Vacinação de mãe para filho“, uma parceria da Pais&Filhos com GSK. O lugar escolhido para essa tarde cheia de aprendizados não poderia ser outro: Unibes Cultural! Localizada na Oscar Freire, em São Paulo, ela também é o lar dos nossos Seminários! Ele aconteceu das 15h às 17h30, e rolou muita conversa, perguntas e respostas, e, é claro, muito aprendizado!

Todos levaram uma Revista Pais&Filhos para casa após o evento! (Foto: Divulgação)

A mesa redonda foi composta por dois especialistas e uma influenciadora. Dr. Igor Padovesi, pai de Guilherme, Beatriz e Cecília, obstetra e ginecologista e Dra. Ana Medina, mãe de Benjamim e Isaac, farmacêutica, imunologista e gerente de assuntos médicos de vacinas de GSK tiraram dúvidas do público e conversaram com Xan Ravelli, mãe de Jade, Rael e Eva, musicoterapeuta por formação e apresentadora do TRACE Brasil. A mesa-redonda foi mediada por Andressa Simonini, filha de Branca Helena e Igor e editora-executiva da Pais&Filhos.

O evento começou com os participantes aproveitando o Welcome Coffee no espaço da Unibes Cultural antes de tomarem os lugares no auditório, onde sentou na primeira fileira a influenciadora digital e vencedora do MasterChef Brasil, Isabella Scherer e o modelo Rodrigo Calazans, pais de Mel e Bento. “Eu tiro o chapéu para quem se mobiliza a aprender mais sobre a saúde e um assunto tão importante”, disse Andressa Simonini na abertura do evento, “A gente põe imunização materna, mas é importante lembrar que o pai e a rede de apoio também precisam se imunizar”.

Dr. Igor Padovesi começou a roda de conversa explicando a necessidade do acompanhamento do pré-natal, e Dra. Ana Medina aproveitou o gancho para falar da vacina: “Isso influência não apenas na questão imunológica, mas também na vida do bebê, já que bebês de mães que tomam as vacinas durante a gestação são mais propensos a terem uma carteira vacinal mais completa”. Quando perguntada sobre a cobertura vacinal na saúde pública, Ana Medina demonstrou certa preocupação: “O assunto da vacina nunca esteve tão em alta, mas a cobertura vacinal do Brasil nunca esteve tão baixa”.

Isabella Scherer e Rodrigo Calazans, pais de Mel e Bento, compareceram ao evento! (Foto: Divulgação)

“Tem temas que são polêmicos, que dão margem para a opinião, para o questionamento. Mas vacina não, é algo tão certo, tão ‘óbvio'”, contou Dr. Igor. A mãe de Banjamim e Isaac explicou que é necessário buscar os fatos direto da fonte primária, para evitar a desinformação: “Tem um site do ministério da saúde chamado “Saúde sem Fake news, eles também tem WhatsApp. Então, está na dúvida? Confira lá para checar”.

“Eu fui saber e pesquisar mais sobre isso quando eu engravidei da Eva. Nós percebemos que não íamos conseguir blindar a Eva da mesma forma que nós blindamos nossos outros filhos, então seria necessária a imunização”, disse Xan, “Eu não tive a imunização na primeira nem segunda gravidez porque ninguém havia me dito, nem o médico!”. Sabendo desta informação, o ginecologista adicionou: “É obrigação do médico explicar o pré-natal e garantir que você tenha a informação”.

DTPA

“DTPA é difteria, tétano e coqueluche serve para imunizar a mulher, e, especificamente para a coqueluche, é importante para imunizar o bebê durante a gravidez”, explicou a imunologista. Fora isso, disse que toda a família deve ser vacinada, já que a doença pode ser passada por meio da rede apoio! Ao ser perguntada sobre o medo da contaminação, Xan concluiu que a prevenção é a melhor forma de lidar com ele: “O medo acompanha a gente por todas as fases [da criança], e a melhor forma de lidar é a proteção. Protegendo eles, vacinando com todas as vacinas disponíveis, vacinar as pessoas que são as mais próximas”.

DT

A vacina dT foi a segunda comentada pela mediadora, e a Dra. Ana Medina explicou um pouco sobre ela: “Depois de falar da dTpa é mais fácil de explicar a dT. Ela serve para complementar o esquema de dTpa, protegendo contra difteria e tétano”. O esquema vacinal pode variar de acordo com o histórico vacinal da gestante, mas segundo a especialista, o calendário geralmente é uma dTpa e uma dT.

INFLUENZA

Dr. Igor Padovesi aproveitou a oportunidade para deixar claro que resfriado e gripe não são a mesma coisa! “A vacina da influenza serve tanto para a mãe quanto para o bebê”, disse ele. Fora isso, explicou que é sim possível tomar a vacina da Influenza e contrair o vírus posteriormente: “A mulher é imunizada exatamente para evitar pegar formas de Influenza mais graves”.

HEPATITE B

Segundo o ginecologista e obstetra, a vacina da Hepatite B não era uma das vacinas necessárias há pouco tempo atrás, o que ressalta a necessidade das mães consultarem os históricos vacinais delas: “Na dúvida, toma de novo. Não era uma vacina obrigatória antigamente, por isso é importante conferir o histórico vacinal”.

COVID 19

Tendo sido um assunto muito importante e em alta nos últimos anos, Dra. Ana Medina falou que é necessário, sim, que as gestantes tomem a vacina: “A vacinação contra Covid-19 é importante, e as gestantes fazem parte do grupo prioritário”. Xan Ravelli contou que tomou a 4ª dose da vacina durante a gravidez da filha mais nova, Eva.

O público fez perguntas para os especialistas no fim do evento (Foto: Divulgação)

Engravidei de novo, e agora?

Calma! Nem todas as vacinas são necessárias em uma nova gravidez: “Não é necessário tomar todas de novo, e sim apenas a dTpa e a Influenza”, disse Dra. Ana Medina. Já Dr. Igor Padovesi contou que o que está disponível na rede pública é essencial, mas um complemento é sempre bom: “O que é básico e essencial está disponível no SUS. Para quem tem condição, existem vacinas importantes na rede privada e que por condições de saúde pública do Brasil não estão disponíveis na rede pública”.

Posso começar a planejar essas vacinas antes?

Dr. Igor disse que sim! “É uma consulta pré-concepcional, fazemos algumas consultas, alguns exames… E uma das coisas mais importantes é essa avaliação da vacinação. Algumas vacinas, como a Hepatite B, você pode começar o esquema vacinal antes da gravidez”, disse ele. Xan Ravelli também usou o momento para contar a importância da ajuda nesse momento: “O papel do pai, da esposa, do marido, da rede de apoio, se quem estiver do seu lado puder dividir essa responsabilidade puder pesquisar junto, ajuda a mãe”.

A mesa redonda contou com um elenco de sucesso! Xan Ravelli, Dr. Igor Padovesi e Dra. Ana Medina (Foto: Divulgação)

Como GSK trabalha para espalhar informação

“No Brasil tem vários Brasil’s, então nem todo lugar tem o mesmo acesso à saúde pública, a informação… O buraco é muito embaixo em relação a vacinação” disse Andressa, “Como GSK faz para difundir essas informações?”. Dra. Ana Medina então explicou: “A gente, como empresa, tem trabalhado muito na conscientização das doenças, e muitas vezes a nossa maior dificuldade é chegar em pessoas que não estão proativamente buscando informação de qualidade”.


Leia também

Fernanda Paes Leme fala sobre hormônios após expor crise na amizade com Bruno Gagliasso - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Fernanda Paes Leme comenta sobre fim da gravidez em meio a afastamento de Bruno Gagliasso

Sabrina Sato, Nicolas Prattes e Zoe - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Sabrina Sato é criticada por levar Zoe à viagem com Nicolas Prattes: "A cara dela diz tudo"

Gêmeas siamesas falam sobre relacionamento - (Foto: reprodução/TikTok)

Família

Gêmeas siamesas falam sobre relações íntimas após uma assumir namoro

Viih Tube comenta que não fará festão para segundo filho - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Viih Tube fala sobre trauma após confusão na festa de filha: "Seu irmão vai ser só um bolinho"

Duda Nagle e namorada terminam relacionamento - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Duda Nagle anuncia fim do relacionamento com Michele Balsamão

Post de Bruno Gagliasso é interpretado como indireta para Fernanda Paes Leme - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Texto de Bruno Gagliasso depois de Fernanda Paes Leme revelar distanciamento é visto como indireta

Manu Bahtidão desiste de fazer apresentação no aniversário de Lua e se diz envergonhada - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Manu Bahtidão pede desculpas e dá veredito sobre polêmica na festa de Lua

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar