Engravidar

Síndrome dos Ovários Policísticos x gravidez: o que você sabe sobre o assunto?

O problema atinge entre 7% a 9% das mulheres em idade reprodutiva

Tanara de Araújo

Tanara de Araújo

ovarios-policisticos

Mulheres com SOP geralmente ovulam com menor frequência e têm ciclos irregulares (Foto: Shutterstock)

Se você está tendo dificuldades de engravidar, há possibilidade de que o vilão seja a SOP (Síndrome dos Ovários Policísticos). O problema atinge entre 7% a 9% das mulheres em idade reprodutiva e exige muita atenção.

O obstetra Alberto d’Auria, do Hospital e Maternidade Santa Joana, pai de Alberto e André, explica que a SOP surge de um desequilíbrio hormonal que leva à formação de cistos “permanentes” no ovário. Segundo o médico, eles mudam a estrutura do órgão, tornando-o maior que o normal.

“Essa disfunção pode levar à secreção de hormônios masculinos em excesso, fazendo quem tem a síndrome ovular com menor frequência e ter ciclos menstruais irregulares”, diz. Com isso, os planos de maternidade são dificultados.

Anúncio

FECHAR

Conforme o obstetra, as mulheres com histórico familiar ou alguma disfunção metabólica são as mais propensas à síndrome. “Queixas de irregularidade menstrual, excesso de pelos, acne, cabelo com muita oleosidade e episódios de agressividade são sinais de alerta”, ressalta.

Para as mulheres com SOP que querem engravidar e não estão conseguindo, são indicados tratamentos de indução à ovulação e a inclusão de exercícios físicos à rotina. A visita ao ginecologista, neste caso, é imprescindível. Outra dica é não só dar atenção aos exames femininos, mas estar a par da saúde do parceiro antes de se iniciar qualquer tipo de tratamento. “Cada tentativa vale ouro, então não se deve ‘desperdiçar’ óvulos sem ter certeza de que o pai está com a fertilidade em dia.”

Depois de conseguir engravidar, a mulher que teve a síndrome não passa por quase nenhuma restrição extra em relação a quem não teve. O obstetra lembra, inclusive, que a gestação funciona como uma espécie de “tratamento” do problema. Mas, calma, isso não significa que ela não tenha que estar vigilante. “É  preciso cautela com o ganho de peso, pois as mulheres com SOP têm mais chances de desenvolver diabetes gestacional e hipertensão”, conclui.

 

Leia também:

Mulheres com ovários policísticos têm mais chances de gerar filhos ansiosos 

Saiba quais doenças podem prejudicar a fertilidade

18 coisas que todos os casais deveriam fazer antes de engravidar

Infertilidade na mulher

Salvar