Gravidez

Governo vai distribuir repelente para grávidas inscritas no Bolsa Família

Medida foi tomada para combater Aedes aegypti

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Shutterstock)

A distribuição gratuita será somente para as gestantes do programa (Foto: Shutterstock)

As mulheres grávidas que participam do programa Bolsa Família receberão repelentes de graça. A medida foi anunciada pelo ministro da Saúde, Marcelo Castro, como forma de prevenir a picada do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, febre chikungunya e o vírus Zika, que tem aumentado os casos de microcefalia no Brasil.

Leia também:

Atenção pais e mães: o calendário de vacinação mudou em 2016!

Anúncio

FECHAR

5 motivos pelos quais a poliomielite pode (e deve) ser erradicada

Quase um terço dos bebês brasileiros não realiza o teste do pezinho

O ministro anunciou que irá se reunir amanhã (27) com fabricantes de repelentes para negociar a distribuição da quantidade necessária, segundo a “Agência Brasil”. Em todo o país, o governo estima o número de 400 mil gestantes.

“Às demais pessoas, recomendamos que usem os repelentes. São produtos seguros, registrados e aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e as pessoas podem comprar em farmácias para usar”, afirmou Marcelo Castro em coletiva no último dia 25 no Palácio do Planalto.

(Foto: Shutterstock)

O ministro da Saúde recomenda o uso dos repelentes, que podem ser comprados em farmácias (Foto: Shutterstock)

A melhor forma de eliminar o vírus Zika, de acordo com o ministro, é eliminando o mosquito. No dia 13 de fevereiro, 220 mil homens das Forças Armadas irão às ruas para visitar casas, distribuir panfletos e orientar as famílias quanto à mobilização conta o Aedes aegypti.

3 vacinas que a grávida precisa tomar

Você sabe o que é o pré-natal não invasivo?

7 respostas sobre a vacinação contra polio e sarampo