Família

Conta de luz vai aumentar e mostramos um jogo para a família economizar

Todos juntos, dentro de casa, podem conseguir atingir a meta

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

E a conta de luz vai subir de novo. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai adotar a sinalização de bandeira amarela a partir de novembro. Ou seja, retorna a cobrança de R$ 1,50 para cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos. Desde abril a situação era de bandeira verde, sem custo adicional às tarifas.

Como isso interfere bastante no orçamento da casa, o ideal a se fazer é conscientizar ainda mais a família toda. Por isso, criamos um jogo que vai te ajudar a colocar em prática essas medidas.

Funciona assim: cada dia da semana, um membro da família é responsável por monitorar o consumo de energia da casa. Se alguém deixar uma luz acesa ou TV ligada, esse “chefe da luz” toca uma buzina para alertar o excesso de consumo. Com isso, ninguém vai querer escutar esse barulho e, consequentemente, vai tomar mais cuidado.

Anúncio

FECHAR

Apesar de parecer uma brincadeira, seu filho vai ficar mais consciente sobre a necessidade dessa economia. Explique para a criança que além de poupar o dinheiro da família, essa atitude faz bem ao meio ambiente.

A Proteste, órgão que atua na defesa dos consumidores, dá dicas que vão te ajudar a economizar energia:

  • Apague as lâmpadas de ambientes que estão desocupados;
  • Não deixe os acessórios de computador, como impressora e estabilizador, ligados sem necessidade;
  • Evite dormir com a televisão ligada;
  • Para usar o ferro de passar, junte a maior quantidade de roupa possível e passe todas de uma vez;
  • Reduza o tempo do banho;
  • Acumule roupa suja. Só utilize a máquina de levar na capacidade máxima especificada pelo fabricante;
  • Não acenda lâmpadas quando você pode aproveitar a claridade natural do dia;
  • Quando viajar, desligue os disjuntores.

Leia também:

21 dicas fáceis e baratas para economizar água e energia em casa

Meio ambiente para todos

Mulher que teve os três filhos em casa conta sua experiência