Família

Meio ambiente para todos

Pequenas ações praticadas dentro de casa ajudam a criar consciência ambiental nas crianças e trazem benefícios a todos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A infância é o momento de formação de hábitos e, por isso, é tão fundamental os pais tratarem de assuntos ligados à sustentabilidade a cuidado com o meio ambiente com as crianças. Assim, no futuro, teremos adultos mais conscientes.

A pedagoga e gestora do Instituto 5 Elementos, Monica Borba. lembra que valores como economia de energia elétrica e água, separação dos resíduos sólidos, não-consumismo, respeito à natureza e aos animais são aprendidos dentro de casa e fundamentais para se cuidar melhor do meio ambiente. A seguir você encontra algumas dicas de como ter atitudes sustentáveis dentro de casa.

Anúncio

FECHAR

Economizar água
Exemplo de atitude muito simples, porém, extremamente significativa, é escovar os dentes com a torneira fechada, utilizando um copo d ´água para enxaguar a boca. Um ato como esse pode economizar até 25 litros de água, segundo levantamento da Fundação SOS Mata Atlântica. A economia de água também pode ser praticada no momento do banho. O registro aberto durante o banho consome 135 litros de água. Por isso o ideal é fechar a torneira no momento de se ensaboar.
Como a melhor forma de aprender é pelo exemplo, é bom que os hábitos a serem ensinados às crianças sejam, claro, praticados pelos pais. Ou seja, a casa toda vai passar a ser mais ecológica desde já, o que é ótimo.

Poupar energia elétrica
O gasto excessivo de energia elétrica pode trazer sérias consequências para o meio ambiente, além de aumentar o valor da conta de luz. Monica sugere ensinar às crianças a desligar a luz quando saírem de um ambiente e tentar aproveitar ao máximo a luz natural. Desligar os eletrônicos da tomada assim que terminar de usar também é um ato simples e prático.
O tempo que as crianças ficam no computador e diante da televisão também pode ser negociado. Assim, além de reduzir o consumo de energia, diminui o contato com a publicidade infantil.

Diminuir o consumismo
Muita gente pode nem relacionar, mas o consumismo também possui impacto sobre o meio ambiente, pois pode implicar em um aumento na quantidade de lixo produzido por uma família.
De acordo com Gabriela, as crianças são facilmente influenciadas pela publicidade e como não possuem discernimento para distinguir o que é bom do que não é acabam pedindo tudo aos pais. “Atualmente existem muitas ações nas escolas focadas em reciclagem, construção de brinquedos e muito pouco trabalho direcionado a redução de consumo. É preciso ensinar às crianças que é possível trocar um brinquedo ao invés de comprar um novo”, conta Gabriela.

Maior contato com a natureza
A ativista do Greenpeace relata que estudos comprovam que pessoas que têm contato com a natureza desde pequenos cuidam melhor do meio ambiente no futuro. Diante dessa realidade, ela recomenda que os pais proporcionem esse tipo de atividade aos filhos. Não há necessidade de buscar uma floresta fechada, não: deixar que as crianças subam em árvores, fiquem descalças na grama e tenham contato com o mar já são atividades perfeitas.
Deixar o carro na garagem e andar na rua possibilita que as crianças tenham noção de coexistência com o meio ambiente. Para Gabriela, esse tipo de sensação não é possível dentro de um carro ou pela janela do apartamento. “É preciso que os pais explorem os espaços com os filhos, pois além de inserí-los nesse contexto também podem ficar mais próximos deles.”

Hortinha em casa
Que mãe nunca ouviu um filho pequeno dizer que os alimentos vêm da embalagem ou da geladeira? O raciocínio pode até ser engraçado, mas de fato hoje muitas crianças não sabem a origem dos alimentos. Os pais podem (e devem) ajudá-los a saber de onde vêm. Não há necessidade de largar a vida na metrópole e se mudar para o interior, mas ter um pezinho de hortelã em casa e fazer um chá com as folhas já ajuda.

Informação na medida
Falar sobre cuidados ao meio ambiente com as crianças traz muitos benefícios, mas é preciso que os pais tenham sensibilidade para colocar sobre suas costas a responsabilidade de ter atitudes sustentáveis. A pedagoga e gestora do Instituto 5 elementos diz que muitas crianças podem ficar assustadas quando os pais falam em termos como aquecimento global. Por isso o melhor é ensinar esses hábitos em um tom de brincadeira. E com estas atitudes que são o que cada um de nós pode fazer já na sua vida.