Criança

Incômodo no ouvido nas viagens de avião? Entenda por que ele existe e como prevenir

O desconforto pode causar até surdez momentânea

Isabela Kalil de Lima

Isabela Kalil de Lima ,Filha de Kátia e Fabio

surdez-aviao

(Foto: Shutterstock)

Quando viajamos de avião é comum sentir aquela pressão nos ouvidos, como se eles estivessem tampados. Essa sensação, que aparece ainda mais nas aterrissagens e decolagens por conta de mudanças bruscas de altitude, pode levar até a surdez momentânea.

A otorrinolaringologista Jeanne Oiticica, mãe de Pedro e Rodrigo, explica que isso pode acontecer caso estejamos com doença que causem inflamação, congestão ou secreção no nariz, seios paranasais, Tuba de Eustáquio ou na rinofaringe.

Parte dessa secreção retida nas vias aéreas superiores migra para os ouvidos durante o voo e causa sensação de ouvido tampado, de acordo com a médica, que também é Chefe do Grupo de Pesquisa em Zumbido do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Pode levar alguns dias para esta secreção secar e drenar para fora do ouvido.

Anúncio

FECHAR

Esse problema é frequente em crianças e bebês menores de dois anos. Uma das principais causas é a otite médica, que é causada devido à posição menos inclinada da chamada Tuba de Eustáqueo e ao aumento da carne esponjosa (tecido que cresce no local onde nariz e orelha se encontram e que pode obstruir a Tuba de Eustáquio).

Para evitar a complicação, a médica indica oferecer comidas e bebidas para as crianças durante o voo. “Qualquer alimento que faça o bebê ou a criança deglutir ajuda a desentupir o ouvido e a abrir a Tuba de Eustáquio, responsável por equalizar a pressão da orelha e drenar secreções que a própria orelha produz em direção ao fundo do nariz para serem eliminadas”, esclarece a especialista.

A dica vale para a família inteira! Os mais podem ainda mascar chicletes.  A médica também indica gotas otológicas, que contém analgésico e promovem alívio quase imediato da dor. “Também sempre tenho em mãos analgésicos sistêmicos, solução que pode ser dada ao bebê ou à criança por boca, caso as gotas otológicas aplicadas no canal do ouvido não surtam o efeito desejado’, acrescenta Jeanne.

Leia também:

O que fazer quando seu filho engole objetos ou coloca-os no nariz e no ouvido

Cai número de infecções de ouvido em bebês. Saiba por que

Dores de ouvido são mais comuns no verão; Saiba como evitar

Pais&Filhos TV