Criança

Como um corte de cabelo virou lição contra o preconceito

Esses meninos só queriam ficar parecidos para confundir a professora

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

melhores-amigos-3edit

(Foto: Reprodução/ Facebook Lydia Rosebush)

Jax Rosebush, menino norte-americano de 5 anos, foi informado pela mãe que precisava cortar o cabelo. Então, ele teve a divertida ideia de fazer o mesmo corte que Reddy, seu amigo da escola, para para a professora confundir os dois. Ele ficou todo animado com a ideia de fazer uma brincadeira com a professora.

Só essa história já seria fofa, mas é ainda melhor. Mesmo sem saber, as crianças deram um show contra o preconceito. “Se isso não é a prova de que ódio e preconceito é algo que é ensinado, eu não sei o que é. A única diferença que Jax vê entre eles é o cabelo”, contou Lydia Rosebush, mãe de Jax, em um post do seu Facebook.

A publicação em que Lydia contou a ideia do filho foi um sucesso. A família das suas crianças recebeu várias mensagens carinhosas. Esse foi o texto que a mãe postou (em tradução livre).

Anúncio

FECHAR

“Essa manhã, Jax e eu estávamos falando sobre o cabelo comprido dele. Eu disse que ele precisava cortar no final de semana. Ele disse que gostaria de raspar o cabelo assim ele ficaria mais parecido com seu amigo Reddy. Ele disse que ele mal podia esperar para ir para escola na segunda-feira, porque tinha certeza que a professora não conseguiria saber quem é quem. Ele achou que seria hilário confundir a professora com o corte de cabelo. Aqui está uma foto de Jax e Reddy. Tenho certeza que vocês também vão achar que eles são idênticos. Se isso não é a prova de que ódio e preconceito é algo que é ensinado, eu não sei o que é. A única diferença que Jax vê entre eles é realmente o corte de cabelo.”

Leia também: 

7 lições que os pais podem ensinar aos filhos sobre o preconceito

Menina de 8 anos é exemplo de luta contra preconceito

Mãe recebe bilhete absurdo de professora sobre cheiro do cabelo

Pais&Filhos TV