Criança

5 passos para o seu filho se livrar do medo de dentista

Quem dá as dicas é a doutora Érika Vassolér, mãe do Pedro Paulo

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

shutterstock_477715990

(Foto: Shutterstock)

Medo de dentista é comum. Não só entre as crianças, mas alguns adultos também não gostam nada da ideia. A doutora Érika Vassolér, dentista e consultora de higiene bucal da Condor, mãe de Pedro Paulo, deu cinco dicas para tornar a visita à esse especialista uma tarefa fácil e gostosa para o seu filho.

Se informe antes

“Tire todas as dúvidas possíveis com o profissional”, aconselha Érika, isso trará segurança e consequentemente, você transmite isso para o seu filho. E o mais importante: as crianças não precisam saber de todo o processo. Isso pode gerar ansiedade e medo.

Anúncio

FECHAR

Evite a frase “vai ficar tudo bem”

O tratamento às vezes é desconfortável e a criança pode deixar de confiar em você e no dentista.

Converse sobre higiene bucal com seu filho

A higiene bucal não deve ser assunto só quando a criança precisa de tratamento odontológico, converse com ela sobre escovação e cuidados com os dentes desde pequeno.

Pesquise sobre o profissional

A escolha de um bom dentista é essencial para uma experiência sem traumas.

Vá ao dentista mesmo “sem precisar”

A gente não tem que ir ao dentista só quando está com algum problema, as consultas de rotina devem ser mantidas. É importante até para o seu filho se acostumar, criar uma amizade com o especialista e ver que não precisa ter medo de nada.

Leia também:

Você sabe o que é Fenilcetonúria?

Quando ir ao dentista pela primeira vez?

Os bebês sentem mais frio? Veja como deixar seu filho quentinho no inverno

Pais&Filhos TV