Bebês

Os bebês sentem mais frio? Veja como deixar seu filho quentinho no inverno

Saiba em quais momentos ele deve estar mais agasalhado

Isabela Kalil de Lima

Isabela Kalil de Lima ,Filha de Kátia e Fabio

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

Quando chega o frio de vez, é sempre aquele susto. Tiramos os casacos do armário e só assim para encarar. Mas e com os bebês? A primeira coisa que pensamos é que os pequenos devem estar com muito mais frio. Não é bem isso que acontece, no entanto.

O bebês realmente sentem mais frio que a gente, mas não tanto. “Normalmente, eles usam uma peça a mais que nós, adultos”, explica Fernanda Viana, pediatra do Saúde4Kids, filha de Joel e Hilda. A médica orienta a ficar sempre atento a temperatura da cabeça, do peito, das mãos e dos pezinhos da criança. Se essas partes estiverem frias, talvez que o bebê não esteja suficientemente agasalhado. A orientação é colocar mais roupas ou aquecê-lo com uma manta.

É preciso acrescentar roupas com cuidado, no entanto. De acordo com a pediatra, o excesso de roupa pode causar brotoejas. “Corpo quente e cabeça suada são sinais de que o pequeno pode estar com calor”, alerta Fernanda.

Anúncio

FECHAR

No inverno, também é importante evitar sair com o bebê nos horários mais frios, como início da manhã e à noite. “Isso preservará seu filho de choque térmico e possíveis complicações à saúde, especialmente da saúde respiratória.”

Mesmo em casa, os cuidados com o bebê no inverno devem ser redobrados. O uso de aquecedor elétrico, por exemplo, pode diminuir a umidade do ar e pode levar ao ressecamento das vias aéreas. “Não use por períodos prolongados e nunca deixe a criança sozinha num ambiente com aquecedor ligado”, alerta a pediatra.

Outro artifício muito usado no frio são as bolsas de água quente para esquentar a cama das crianças, mas essa é uma saída perigosa. “As bolsas podem provocar queimaduras nos bebês, além dos risco de romperem ou vazarem e molharem o berço. O ideal é manter o bebê aquecido com roupas adequadas como os macacões sacos de dormir”, finaliza a especialista.

 

Leia também:

Por que no frio a gente fica doente com mais frequência?

16 motivos que fazem as pessoas implicarem com o frio após ter filhos

Receita do dia para curtir o frio: sopa de cebola com torrada de queijo

Pais&Filhos TV