Recém-Nascido

Mãe recebe indenização por não ter pausa para amamentação no trabalho

Empresa terá de pagar R$ 7 mil por descumprir a lei

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

amamentacao

Foto: Reprodução

Uma balconista conseguiu no Tribunal Superior do Trabalho (TST) indenização de R$ 7 mil, por dano moral, após a microempresa que trabalhava não ter concedido o intervalo para amamentação previsto em lei. A empresa de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, tinha contratado a profissional para trabalhar na lanchonete de uma concessionária de veículos. Após ser dispensada, ela pediu indenização por dano moral pela supressão do intervalo após retornar da licença-maternidade.

A lei prevê duas pausas de meia hora durante a jornada, até a criança completar seis meses de idade.

Num primeiro momento, a 16ª Vara do Trabalho de Porto Alegre (RS) condenou a empresa a pagar R$ 7 mil de indenização, até porque a microempresa confessou que não concedeu o intervalo – eles entenderam que, por conta da jornada de trabalho reduzida da funcionária, a pausa não seria necessária. A empresa ainda recorreu ao TST, mas a condenação foi mantida.

Anúncio

FECHAR

A Pais&Filhos acredita que toda mãe tem o direito de cuidar adequadamente do seu filho, e as leis estão aí para proteger nossos direitos como mães.

 

Leia também:

3 ações que ajudam o bebê a ficar na posição certa para nascer

Tempero certo! Grávidas e crianças podem comer pimenta?

Ouvir a voz da mãe ajuda bebê prematuro a se recuperar

 

Pais&Filhos TV