Bebês

Ouvir a voz da mãe ajuda bebê prematuro a se recuperar

Ava Allen nasceu de 26 semanas e foi salva pelas leituras da mãe

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

bebe

(Foto: Caters News Agency)

Ava Allen foi salva pela voz da mãe. A menina nasceu após 26 semanas de gravidez com uma doença pulmonar rara. Com apenas dias de vida ela foi submetida a duas operações de emergência para conseguir respirar direito. De acordo com os médicos, nenhuma criança tão nova tinha sobrevivido a procedimentos como esse.

A criança nasceu prematura porque a mãe não sabia da sua existência até o dia que desmaiou no trabalho e os exames mostraram que ela estava grávida de 25 semanas. Caters News, uma agência de notícias, compartilhou que a mãe Vicky, de 20 anos, não pôde pegar a filha no colo durante 15 semanas. Para transmitir seu amor pela a filha ela utilizava a leitura.

Ao ouvir a voz da mãe, a frequência cardíaca da menina começou a estabilizar até que ficar normal. Um estudo publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences já comprovou que bebês prematuros realmente melhoram ao ouvir o som da voz da mãe.

Anúncio

FECHAR
bb

(Foto: Caters News Agency)

Leia também:

10 causas que levam à prematuridade

Seja alegre, é o Papa Francisco quem pede às grávidas

Menina participa do parto do irmão mais novo

Pais&Filhos TV