Recém-Nascido

Cuidados com umbigo do recém-nascido: não precisa ter medo!

Não é frágil, não dói, só precisa de alguns cuidados

Carolina Piscina

Carolina Piscina ,filha de Ana Maria e Osvaldo

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

Muitas mães ficam com receio de mexer no coto umbilical, que é aquele pedacinho de cordão umbilical que fica preso ao umbigo do recém-nascido. Mas não precisa de todo esse medo, ele só precisa de alguns cuidados.

Leia também

O que você deve e não deve fazer quando seu filho estiver com febre

Anúncio

FECHAR

Saiba 10 coisas incríveis e inusitadas sobre o seu recém-nascido

“O umbigo não dói, não tem nervação, o coto é um pedaço de pele da mãe, não precisa ter medo de mexer”, explica Nelson Ejzenbaum, pediatra da Sociedade Brasileira de Pediatria, pai de Ariel, Patrick e Alicia. O coto umbilical cai sozinho entre 7 e 21 dias de vida. Caso ele ultrapasse esse período, é necessário procurar o pediatra para pesquisar se a criança tem hipotireoidismo.

As mães devem se preocupar em fazer a limpeza dessa região com algodão e álcool 70% em todas as trocas de fraldas. Se a pele em volta do coto começar a ficar vermelha ou inchada, é necessário procurar o pediatra para uma avaliação. Com os cuidados adequados, tudo vai dar certo, sem medo e sem angústia!

Para saber mais informações sobre os cuidados com umbigo do recém-nascido, leia a matéria “Por um fio”.