Recém-Nascido

Saiba 10 coisas incríveis e inusitadas sobre o seu recém-nascido

Selecionamos 10 itens que ninguém te conta sobre o bebê

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

1

Foto: Shutterstock

1. Bebês podem ter uma aparência meio engraçada

A cabeça dele pode ser meio amassada devido ao parto normal, ele pode ser coberto de pelinhos pelo corpo, assim como pode ter o rostinho inchado, assim como os olhos, que normalmente estarão fechados. Afinal, ele passou nove meses dentro do útero. Mas em breve ele vai se parecer com aquele bebê lindo que você imaginou.

2. Não espere recompensas – sorrisos ou resmungos – até a marca das seis semanas

Anúncio

FECHAR

Até esse período, você estará trabalhando par alguém que só reclama! Para superar a exaustão e todo o transtorno emocional, tenha o seguinte em mente: seus esforços não são perdidos nesses primeiros dias de vida. “Ele se sente confortado pelo pai ou pela mãe, ele sente ligação, ele gosta de ser segurado”, diz o pediatra Christopher Tolcher, de Los Angeles.

Leia também:

Veja 11 dicas de cuidados com o recém-nascido

5 armadilhas para evitar na hora de treinar o sono do seu bebê

Maternidades investem em tratamentos mais humanizados para mães e filhos

3. Dê banhos de esponja até que o cordão umbilical caia

Se mantido seco, ele cai rapidamente, normalmente em duas semanas. Além disso, recém-nascidos não ficam muito sujos! Se o cordão molhar, seque-o e se depois de cair acontecer um pequeno sangramento, é normal, não precisa se assustar.

4. A moleira pode ser tocada

É normal morrer de medo dessa região. Alguns bebês nascem com bastante cabelo e as mães ficam inseguras em escovar essa parte da cabeça. Mas não há necessidade de se preocupar tanto assim: “tudo bem tocar a moleira e o cabelo do bebê nessa área”, diz a pediatra e autora do livro Mommy Calls, Dra. Tanya Remer Altmann. Você pode perceber que há pulsação nesse lugar, porque está diretamente ligado às veias sanguíneas do cérebro.

5. Ele vai te avisar quando estiver satisfeito

Bebês precisam comer a cada duas ou três horas – mas se você está amamentando, é difícil saber o quanto de leite ele está bebendo. “O peso do bebê é o melhor indicador nos primeiros dias”, afirma Dr. Tolcher. Seu pediatra vai checar em alguns dias após o nascimento o peso dele. Um recém-nascido costuma perder entre 5 e 8 por cento do peso do nascimento na primeira semana, mas deve recuperar tudo na segunda semana. A contagem de fraldas pode também contar como medida: a quantidade nos primeiros 5 dias é meio incerta, mas depois disso, você verá entre cinco e seis fraldas molhadas e cerca de duas com sólidos.

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

6. Pele seca é a norma dos recém-nascidos

Inicialmente, ele provavelmente será macio e sedoso, mas isso muda. “Se você se afundasse em líquido durante nove meses e então saísse para entrar em contato com o ar, também seria seco!”, explica Dra. Laura Jana, pediatra e coautora de Heading Home With Your Newborn. Você não precisa fazer nada em relação à pele seca (normalmente descasca e cai), mas se você estiver determinada, procure uma loção hipoalergênica livre de fragrância. Pequenas saliências rosas, assaduras da fralda e até acne de bebê também podem aparecer. “Acne tende a durar alguns meses”, afirma Dra. Jana.

Lar doce lar

24 horas de descobertas

7. Você não tem que se esconder em casa

“Leve uma vida normal, mas use o bom senso quando sair em público”, diz Dr. Tolcher. Mantenha o bebê longe do sol, evite pessoas doentes (nada de festas de criança) e lugares lotados e fechados (assim como o shopping durante os feriados). “Ensine os irmãos mais velhos a tocar os pés do bebê ao invés das mãos e rosto, o que ajudará a prevenir infecções”, ele conclui. Você também pode ensinar o seu filho a policiar a higiene dele e dos outros, ele vai adorar dizer às visitas: “Não toque no meu irmão sem lavar as mãos”.

8. Bebês choram muito – é como eles se comunicam!

O modo dele chora vai fazer com que você saiba quando está com fome, frio, sujo, ou quer ser segurado. Essas conversas inicialmente podem ser frustrantes, mas fique tranquila, você vai se tornar melhor em entender o que seu filho deseja com o tempo.

9. Recém-nascidos também dormem muito, mas não durante muito tempo

Aqueles três primeiros meses são aleatórios. Bebês precisam comer a cada duas ou três horas, então você não vai dormir muito também. “Isso melhora”, assegura Dr. Altmann. “A maioria dos bebês consegue dormir durante seis ou oito horas perto dos três meses de idade”. Nesse meio tempo, tente mantê-lo em uma programação de dia e noite: durante o dia, não deixe-o dormir mais de três horas sem acordá-lo para comer; pela noite, deixe-o dormir o quanto ele quiser, uma vez que ele tenha recuperado todo o peso que perdeu desde o nascimento.

10. A fase do recém-nascido é passageira

Estressada, cansada e solitária? Sim, os primeiros dias são difíceis. Mas logo eles estarão no passado. As mães costumam perceber que passou rápido até demais e que não aproveitaram como deveriam. Então cheire, beije, segure e ame o tempo junto ao seu filho o máximo que puder.

Veja como fazer a transição do berço para a cama sem segredo

10 dicas para colocar em ordem o sono das crianças