Pais

Facebook mostra como a tecnologia influencia a criação dos filhos

Estudo inédito aponta que pais e mães estão cada vez mais conectados

A REDAÇÃO PAIS&FILHOS

estudo facebook pais

Novos pais passam mais tempo no Facebook do que quem não tem filhos (Foto: Shutterstock)

Com as múltiplas tarefas que os pais passam a ter quando os filhos nascem, fica difícil de imaginar que reste tempo para ficar conectado à internet. Um novo estudo do Facebook, no entanto, mostrou que acontece exatamente o oposto. A tecnologia não só está presente na vida dos novos pais como ela influencia a maneira como eles criam os filhos atualmente.

Leia também

Você sabe qual a relação do seu filho com o mundo digital?

Anúncio

FECHAR

10 coisas que você não deveria compartilhar nas redes sociais

7 aplicativos que vão facilitar o dia a dia das mães

A pesquisa global, chamada ‘Meet the Parents’, foi realizada em oito países entre março e abril de 2015: Austrália, Brasil, Canadá, México, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos, com mil pais, de 25 a 65 anos, em cada lugar. A pesquisa é inédita e está sendo divulgada agora pela rede social de Mark Zuckerberg.

“Temos percebido que a atuação dos pais mudou muito por conta da tecnologia e queríamos entender o impacto que ela tem na vida deles”, afirma Gabriel Gontijo, coordenador do estudo.

No Brasil, novos pais passam 1,2 vezes mais tempo no Facebook, por exemplo, do que quem não tem filhos. “É comum os pais estarem com um filho em uma mão e o celular na outra”, comenta Gabriel. A tecnologia acaba sendo usada tanto para entreter as crianças pequenas quanto para os pais se manterem conectados com outras pessoas fora de seu convívio familiar.

Um dado global que chama atenção é que hoje, com toda a conectividade, o número de indivíduos envolvidos na criação de uma criança é de 18 pessoas. O coordenador explica que uma das questões era quantas pessoas do núcleo familiar têm contato com as crianças, como avós, tios e primos. O resultado mostra que a tecnologia facilitou o relacionamento, mesmo que virtual, entre os familiares.

6 razões para se desconectar por um dia

9 aplicativos para os pais que curtem tecnologia

6 dicas para orientar seus filhos no uso da tecnologia

Veja outros números da pesquisa:

– 57% dos pais dizem que usam dispositivos móveis para manter a criança entretida;

– Os dispositivos móveis são oportunidades para novos pais se manterem ligados ao mundo fora de casa: 74%  disseram que a mobilidade ajuda a manter contato com membros da família durante os primeiros meses da nova família.

Facilidade de informação:

– Entre os entrevistados brasileiros, 87% afirmam que têm acesso a mais informações do que seus pais tinham, e 81% se sentem mais informados do que seus pais eram.

Eles são os campeões:

– Mães e pais lideram o número de atividades no Facebook (atualizações de status, posts com fotos e vídeos, etc.) em comparação a quem não tem filhos;

– Novas mães postam 1,7 vezes mais atualizações de status, 2,4 vezes mais fotos e 2,3 vezes mais vídeos do que mulheres que não têm filhos.

A edição de abril da nossa revista mostra que as crianças também estão online.