Notícias

Será que foi o silicone? Saiba por que Deborah Secco não pôde amamentar

Conversamos com um médico para saber o que pode ter acontecido

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

seccop

(Foto: Reprodução / Instagram @dedesecco)

 

Nos bastidores da gravação do “Altas Horas”, exibido no último domingo (10), Deborah Secco declarou que não conseguiu amamentar sua filha Maria Flor por conta de problemas que teve com a prótese de silicone. Por que será a atriz teve essa complicação?

Conversamos com o cirurgião plástico André Maranhão, tio de Felipe e Mateus, que nos explicou que existem dois métodos de colocação da prótese: atrás da glândula mamária ou atrás do músculo. “A paciente deve ser avaliada para ver qual das técnicas deve ser usada, mas as duas são seguras e permitem o funcionamento ideal da amamentação”, assegura o médico membro titular das sociedades brasileira e norte-americana de Cirurgia Plástica.

Anúncio

FECHAR

Algumas mulheres, no entanto, podem ter dificuldades de amamentar por outros fatores. No caso de Deborah Secco, as glândulas mamárias podem ter atrofiado por conta da grande variação de peso, segundo o especialista. Antes de engravidar, por exemplo, ela chegou a emagrecer 11 quilos em apenas 40 dias para atuar no filme “A Estrada do Diabo”.

De qualquer maneira, o cirurgião plástico recomenda que a prótese seja colocada pela base da mama. Dessa forma, são menores as chances dos ductos mamários serem cortados e prejudicarem a lactação. Outra dica do especialista é sempre consultar médicos especializados e membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Como não foi André que avaliou a atriz, essa pode ser apenas uma suposição. Mas o importante é saber que esse problema foi resolvido, já que Deborah pediu ajuda para a irmã amamentar sua filha. Família é tudo mesmo!

Leia mais:

É fato: nem sempre é possível amamentar

Silicone faz 50 anos e já não atrapalha amamentação

Quando você realmente não pode amamentar