Mais

As Fissuradas: ONG de apoio à crianças com labiopalatina realiza primeira edição de congresso em São Paulo

Divulgação / Rede As Fissuradas
Divulgação / Rede As Fissuradas

Publicado em 02/07/2018, às 19h17 - Atualizado às 19h27 por Redação Pais&Filhos


A designer de roupas e ilustradora Luiza Pannunzio já era mãe de Clarice quando esperava pelo filho Bento, hoje com 5 anos. Antes do nascimento do menino, ela fez um de seus últimos exames de ultrassom e descobriu que ele nasceria com uma fissura facial que ia do lábio ao olho e labiopalatina, que é a ausência de céu da boca.

Quase dois anos depois, ela começou a ONG As Fissuradas, uma rede de apoio para famílias que tiveram filhos com fissuras e outras anomalias craniofaciais. O foco da instituição é dar auxílio e boa informação, apontando os caminhos de tratamento (sempre que possível dentro dos centros públicos) com atenção especial às famílias de baixa renda do Brasil.

Nos dias 27, 28 e 29 de julho, acontece o Primeiro Congresso As Fissuradas, na Biblioteca Infantojuvenil Monteiro Lobato e na Fundação Escola de Sociologia e Política (FESPSP), em São Paulo. A ideia do evento surgiu após o lançamento do livro  “As Fissuradas – Guia da Fissura Labiopalatina”, em 2017. Estarão presentes diversos profissionais da área da saúde para conversarem e passarem conhecimento para as famílias.

“Pela primeira vez estabeleceremos uma relação horizontal entre o corpo médico, nós e nossos filhos. É objetivo da rede As Fissuradas compreender esse diálogo, dessa forma. Num lugar de respeito e importância para todos os lados. É quando nos daremos conta de que todos temos informações para trocar e eu, mais do que tudo, sempre acreditei nesta forma de nutrir, cuidar, amparar, amar, empoderar e lutar”, diz Luiza.

E nós estaremos por lá para trazer todas as informações e passá-las da melhor forma para os nossos leitores! Acompanhe em nossas redes sociais e aqui no site.

Leia também:

Crianças com lábios leporinos e fenda palatina recebem tratamento gratuito em Maceió

Elas podem! Em evento, meninas devem ser incentivadas a seguir carreiras de “meninos”

Vamos bater sempre nesta tecla: beijar o recém-nascido, não!


Palavras-chave
Saúde

Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Família

Mani recebe recado de Yasmin Brunet após anunciar fim da relação com Davi

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Gracyanne Barbosa, Belo e Gilson Oliveira - (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Família

Personal de Gracyanne Barbosa apontado como pivô da separação engravidou aluna da academia

Essa lista vai te ajudar a escolher o nome ideal para o seu bebê se você adora a letra “A” - Shutterstock

Bebês

48 nomes de bebês para meninos e meninas com a letra ‘A’

A bartolinite é uma infecção que ocorre nos cistos de Bartholin, causando uma inflamação na região da vagina - Freepik

Família

Bartolinite: o que é a bola inchada na vagina e como tratar a infecção