Notícias

Crianças com lábios leporinos e fenda palatina recebem tratamento gratuito em Maceió

Operação Sorriso chega à sexta edição e vai fazer 40 cirurgias

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

A escolha de Maceió para ser a primeira cidade brasileira a receber o Programa Humanitário da Operação Sorriso (OS) desse ano, não foi por acaso. Em um estudo feito em parceria entre o Centro de Estudo de Genomas da USP e a ONG, realizado nas cidades que já receberam as missões, a capital alagoana foi a que teve maior incidência de pacientes com fissuras labiopalatinas por deficiências nutricionais. Por isso, de 22 a 27 de agosto, a equipe voluntária da OS estará pelo sexto ano consecutivo na cidade para a realização de cerca de 40 cirurgias corretivas gratuitas em crianças e adultos portadores de lábio leporino e/ou fenda palatina.

A seleção dos pacientes acontecerá no dia 22 de agosto, a partir das 8h, no Ambulatório Rodrigo Ramalho (Avenida Assis Chateaubriand, 2.932 – Bairro Prado). Já as cirurgias serão realizadas entre os dias 24 a 27 de agosto, no Hospital Nossa Senhora da Guia (Avenida Comendador Calaça, 1.244 – Bairro Poço). 

Para participar da seleção não será necessário fazer inscrição prévia, apenas comparecer ao local nos dias indicados levando documentos de identificação do paciente e também do responsável, além de exames de sangue recentes (realizados há seis meses ou menos). Pacientes e mais um familiar que residam fora do município poderão solicitar por hospedagem gratuita no dia da triagem. A organização também oferecerá transporte até o hospital e alimentação sem custo. “A preocupação da Operação Sorriso em todo o mundo é realizar um programa humanitário de qualidade. Iremos receber pessoas que precisam de ajuda e queremos que se sintam acolhidas. Montaremos uma grande estrutura de recepção aos pacientes e seus familiares e, para isso, contaremos com o Educandário Eunice Weaver, que nos dará o apoio do alojamento”, diz Cibele Coimbra, diretora executiva da Operação Sorriso.

Anúncio

FECHAR

Ao todo, 45 voluntários de diversas regiões do Brasil e de outros países estarão envolvidos no programa humanitário de Maceió. Os colaboradores – muitos deles referências em suas áreas de atuação – pertencem a diferentes especialidades como cirurgia plástica, enfermagem, anestesia, psicologia, ortodontia, fonoaudiologia, pediatria, entre outros. “A ideia é operar e capacitar os centros locais. As crianças que não forem atendidas serão encaminhadas para o serviço público local, atingindo a população com resultados mais permanentes”, enfatiza o anestesista Roberto Freire, diretor médico da Operação Sorriso.  Desde 2008, já foram realizada mais de seis mil consultas em quase mil pacientes. Cerca de 300 pessoas foram operadas e mais de 400 procedimentos cirúrgicos foram feitos durante os programas humanitários. 

O programa humanitário da OS conta com o apoio da Marinha do Brasil, da Secretaria Estadual de Saúde de Alagoas, do Ministério Público de Alagoas, da Associação Brasileira de Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial (ABCCMF), da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), do Projeto Genoma Humano, da Santa Casa de Misericórdia de Maceió, da Rede Feminina e do Educandário Eunice Weaver. E com o patrocínio das empresas Abbott, Ethicon, QLL, Schivartche Advogados, Colgate, Enox, American Airlines, White Martins, Approach Comunicação Integrada, Icatu Seguros, CitiEsperança, Bionexo, Comerc, Pepsi, Fnazca, Way Models e PRNewswire.

Maria Rejane Calheiros, diretora da Atenção Especializada e Programas Estratégicos da Secretaria do Estado da Saúde, destaca a importância da iniciativa: “Apoiamos a Operação Sorriso há seis anos. Além disso, estamos investindo para ampliar a estrutura de atendimento local. No dia 12 devemos apresentar a proposta para que o Hospital do Açúcar e a Nossa Senhora da Guia sejam referência na área”, completa.

Outras informações poderão ser obtidas através dos telefones (82) 3202-5515 e (82) 9900-7893.

Atendimento pós-operatório gratuito

Também no dia 22 de agosto, os voluntários da Operação Sorriso realizarão a avaliação pós-operatória dos 77 pacientes que já fizeram a cirurgia para correção de lábio leporino e/ou fenda palatina, na missão humanitária ocorrida em março de 2012. “É nesse momento que avaliaremos o resultado da cirurgia anterior e se há necessidade de uma nova cirurgia, os tratamentos necessários e até mesmo a alta cirúrgica. E sempre dizemos que essa é a hora de matarmos as saudades dos nossos pacientes”, comenta Luciana Glaser, coordenadora dos programas da OS. Esta ação acontecerá no Ambulatório Rodrigo Ramalho.

Doações

Quem quiser ajudar também poderá fazer doações que serão direcionadas aos pacientes e seus acompanhantes. Os materiais solicitados são: alimentos não perecíveis, leite em pó, suplementos alimentares , xampu e fraldas As doações poderão ser encaminhadas, a partir do dia 01 de agosto, à sede da Rede Feminina que fica no Centro de Maceió (Rua Zacarias Azevedo, 463).

É também possível ajudar na divulgação para fazer a oportunidade chegar aos pacientes. A organização disponibiliza cartazes, vts, banners para sites, facebook e spots no site www.operacaosorriso.org.br

Sobre a Operação Sorriso 

A cada três minutos nasce uma criança com deformidade facial no mundo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde existe uma criança com fissura para cada 650 nascidas e, todos os anos, mais de 5800 novos casos endossam as estatísticas. A estimativa é que existam cerca de 280 mil pessoas com fissura lábio/palatal em todo o Brasil. Entretanto, não se sabe necessariamente quantas já receberam o tratamento. Presente no país desde 1997, a Operação Sorriso – maior organização médica voluntária do mundo que reúne profissionais de 80 países para ajudar exclusivamente a pessoas portadoras de deformidades faciais – já transformou a vida de mais de 200 mil crianças.  Em dezesseis anos, já foram realizados mais de 79 mil exames e avaliações especializadas e mais de cinco mil cirurgias em dez estados brasileiros.

Só em 2012, a organização realizou mais de seis mil exames multidisciplinares especializados para crianças das regiões Norte, Nordeste e Sudeste do país, além de 513 procedimentos cirúrgicos e 13 programas pós-operatórios, tudo gratuitamente, devolvendo a dignidade, funcionalidade e autoestima para 327 crianças. 

Informações: www.operacaosorriso.org.br

Doações para Operação Sorriso podem ser feitas direto em conta:

Associação Operação Sorriso do Brasil

CNPJ: 08.691.563/0001-85

Banco Itaú – 341

Ag: 8729 C/C: 23082-4

Comunicar depósito através do e-mail: contato@operationsmile.org.br

Relatórios financeiros disponíveis no site

*As empesas também podem apoiar a Operação Sorriso com recursos financeiros,

humanos ou contribuições em espécie ou através de parcerias corporativas.

Serviço:

Dias de seleção dos pacientes: 22 de agosto de 2013

Local: Ambulatório Rodrigo Ramalho (Avenida Assis Chateaubriand, 2.932 – Bairro Prado)

Horário: a partir das 8h

Informações: (82) 3202-5515 e (82)9900-7893

Datas das cirurgias: De 24 a 27 de agosto

Local: Hospital Nossa Senhora da Guia (Avenida Comendador Calaça, 1.244 – Bairro Poço)

Doações: Rede Feminina (Rua Zacarias Azevedo, 463, Centro)