Gravidez

Sintomas de gravidez semana a semana: tudo o que você vai sentir no terceiro trimestre da gestação

A 28ª semana de gravidez marca a chegada do terceiro (e último) trimestre de gestação - A 28ª semana de gravidez marca a chegada do terceiro (e último) trimestre de gestação
A 28ª semana de gravidez marca a chegada do terceiro (e último) trimestre de gestação

Publicado em 03/10/2022, às 07h18 - Atualizado em 07/03/2023, às 11h17 por Cecilia Malavolta, filha de Iêda e Afonso


Reta final! O terceiro trimestre de gravidez começa com a chegada da 28ª semana. A partir de agora, a ansiedade que batia lá no começo, quando o teste de farmácia deu positivo, volta a dar às caras: o momento do parto e de finalmente conhecer o seu bebê está chegando! O coração fica a mil por hora e os últimos preparativos para receber o recém-nascido também.

Mais do que nunca, agora é o momento de realizar todos os exames necessários para garantir que está tudo certo com a sua saúde e do seu filho. A mala da maternidade já pode começar a ser arrumada e os toques finais da decoração do quarto também são ajustados neste momento. E se prepare: daqui para frente, até o nascimento, o bebê cresce até dois quilos!

Quanto aos sintomas, tudo muda e mostra que o corpo está cada vez mais pronto para trazer o bebê ao mundo. Para entender semana a semana quais são os sinais que você sentirá durante o terceiro trimestre, conversamos com com a dra. Claudia Glina Rubin, ginecologista e obstetra especialista em reprodução humana no Projeto Alfa, mãe de Carolina e Rodrigo.

A 28ª semana de gravidez marca a chegada do terceiro (e último) trimestre de gestação
A 28ª semana de gravidez marca a chegada do terceiro (e último) trimestre de gestação

Sintomas de gravidez semana a semana

  • Semana 28: (mais) inchaço e ganho de peso
  • Semana 29: aumento do volume das mamas
  • Semana 30: estrias
  • Semana 31: aumento da frequência urinária
  • Semana 32: contrações de treinamento
  • Semana 33: dificuldade para dormir
  • Semana 34: dor na lombar
  • Semana 35: dor na pelve
  • Semana 36: inchaço e ganho de peso
  • Semana 37: perda do tampão mucoso
  • Semana 38: aumento da ansiedade
  • Semana 39: afinamento do colo do útero
  • Semana 40: contrações
  • Semana 41: contrações

Semana 28

A chegada do terceiro trimestre traz algumas mudanças para o corpo da mulher (por fora e por dentro). Nessa reta final, você vai ganhar mais peso e é comum se sentir ainda mais inchada do que em outros momentos da gravidez. O bebê passa a se mexer ainda mais dentro da barriga. Durante o pré-natal, é nesse momento em que é realizada a curva glicêmica, que diagnostica a diabetes gestacional.

Semana 29

Na vigésima nona semana, você pode reparar em um aumento no volume das mamas. Isso acontece porque o corpo está se preparando para a amamentação e passa a produzir o colostro, primeiro leite que o bebê vai consumir. Detalhe importante: não precisa “preparar” o bico do seio para amamentar, o próprio corpo já se encarrega de fazer isso.

Semana 30

Conforme o bebê cresce dentro do útero, a barriga se expande e você ganha peso para conseguir se adaptar ao momento da gestação, é possível que comecem a aparecer estrias pelo corpo. Elas tendem a diminuir e melhorar de aparência após o nascimento do recém-nascido.

Semana 31

Pode separar as roupas que são mais fáceis de tirar: agora, o útero já está com um volume muito grande e pressiona a bexiga, o que diminui a capacidade de armazenamento do órgão. Isso faz com que a frequência urinária aumente bastante, algo que só melhora após o nascimento do bebê.

Semana 32

Na trigésima segunda semana de gravidez, o corpo começa a se preparar para o parto. Você começará a ter as contrações de Braxton-Hicks, também conhecidas como contrações de treinamento. Elas são indolores, rápidas e não ritmadas, bem diferentes das contrações verdadeiras.

Semana 33

O principal sintoma neste momento da gravidez é a dificuldade para dormir causada pelo volume da barriga (afinal, o bebê não para de crescer). Você também pode sentir dificuldade para respirar quando estiver deitada de barriga para cima e quando for realizar determinadas atividades físicas, além de um cansaço maior.

Semana 34

O peso da barriga pode fazer com que você sinta dores na lombar e dormência no quadril enquanto caminha. Agora, o bebê segue se desenvolvendo e já está com os pulmões maduros. Um parto na 34ª semana ainda é prematuro, mas o recém-nascido corre menos riscos.

Semana 35

Cada vez mais o corpo se prepara para o parto do bebê. O principal sintoma da semana trinta e cinco é a dor na pelve e no baixo ventre, causada pelo estiramento da sínfise púbica, que é quando o ligamento da pelve se estica para acomoda a cabeça do bebê. É nesse momento em que ele fica em posição cefálica, ou seja, que permite o parto normal.

O parto pode acontecer a qualquer momento a partir da 38ª semana
O parto pode acontecer a qualquer momento a partir da 38ª semana (Foto: Getty Images)

Semana 36

Com o final da gravidez se aproximando, o bebê continua ganhando peso de maneira considerável. Isso faz com que você também continue ganhando peso e sentindo mais inchaço e desconforto. Mas, fique tranquila: em breve esse cenário mudará.

Semana 37

Mais preparação para o parto rolando no seu corpo. Agora, o colo do útero começa a afinar para o nascimento do bebê e você pode reparar que o seu corrimento está diferente. É o tampão mucoso, que começa a ser solto aos poucos e tem uma aparência gelatinosa e coloração que pode variar do translúcido ao marrom.

Semana 38

As contrações de treinamento seguem a todo vapor e a sua ansiedade para o nascimento do bebê pode dar as caras novamente. A partir de agora, o parto pode acontecer a qualquer momento e seu filho está fora do risco de prematuridade. É necessário monitorar a vitalidade fetal com mais frequência e ficar atenta aos possíveis sinais de trabalho de parto.

Semana 39

Reta final! O inchaço e as contrações de treinamento são sintomas da 39ª semana de gravidez que continuam firmes e fortes, assim como o colo do útero continua a se afinar. Para algumas mulheres, esse é um processo devagar – no entanto, para as que passam por isso de maneira rápida podem entrar em trabalho de parto.

Semana 40

Você pode começar a sentir contrações – dessa vez para valer. Monitore a intensidade, frequência e ritmo e fique de olho para saber quando é a hora de ir para a maternidade. Fazer caminhadas moderadas pode ajudar nesse momento.

Semana 41

Essa é a última semana de gravidez. Se o seu bebê não nasceu até então, agora é a hora! Os sintomas são os mesmos dessa reta final: inchaço, cansaço e contrações – de treinamento ou reais.


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Modelo apontada como mãe de filha de Neymar rebate notícia pela primeira vez - (Foto: reprodução/Instagram)

Gravidez

Modelo que estaria grávida de Neymar quebra silêncio e fala pela primeira vez sobre boatos

Amanda Kimberlly confirma gravidez, mas não foi confirmada a paternidade de Neymar - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Suposta mãe de filha de Neymar foi vista com jogador em Barcelona na balada

Modelo que estaria grávida de Neymar aumenta rumores com escolha dos padrinhos - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Modelo que estaria grávida de Neymar convida irmã e amigo do jogador para padrinhos

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

Saiba o que dizer no Dia do Afilhado - (Foto: Getty Images)

Família

Dia do Afilhado: mensagens e frases para mostrar o quanto ele é especial

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Filho de Monique Evans não comparece ao casamento da mãe; entenda o motivo