Gravidez

Ministro da Saúde diz torcer para que mulheres peguem zika antes da idade fértil

Marcelo Castro falava sobre as pesquisas para a vacina contra o vírus

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

reproducao agencia brasil

Reprodução: Agência Brasil

Em coletiva de imprensa que aconteceu nesta quarta-feira, o Ministro da Saúde, Marcelo Castro, causou polêmica ao dizer, em tom de brincadeira, que torceria para que mulheres pegassem o zika antes da idade fértil para ficarem imunes.

“Não vamos dar vacina para 200 milhões de brasileiros. Mas para pessoas em período fértil. E vamos torcer para que mulheres antes de entrar no período fértil peguem a zika, para elas ficarem imunizadas pelo próprio mosquito. Aí não precisa da vacina”, disse o ministro.

Leia também

Anúncio

FECHAR

Microcefalia e o vírus zika: suas dúvidas solucionadas!

“Adiem os planos de gravidez”, diz diretor do Ministério da Saúde

País tem 2.782 casos suspeitos de microcefalia, diz Ministério da Saúde

Ele anunciou que pesquisas para criação de uma vacina contra o zika começarão ainda no primeiro semestre deste ano. “O projeto é a longo prazo. Não teremos nenhuma resposta antes de, pelo menos, dois anos”.

Castro ainda afirmou que tem esperança de cumprir a meta de que agentes de endemias e do Exército visitem 100% dos imóveis do país até o fim de janeiro para realizar inspeções e eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti. “Hoje, mais de dois terços dos criadouros estão dentro das residências. Precisamos mobilizar a sociedade porque, sem ela, não vamos ter êxito”, disse.

(Com informações de “Estadão Conteúdo”)

Ministro diz que o governo vai distribuir repelentes para grávidas