Gravidez

7 coisas que podem mudar na sua vagina durante a gravidez

Getty Images
Getty Images

Publicado em 30/09/2022, às 05h45 - Atualizado em 03/10/2022, às 15h08 por Marcela Guimarães, filha de Rita de Cássia e Sérgio


Querendo ou não, a gravidez sempre irá modificar seu corpo; isso é um fato. Desde o crescimento do estômago até um possível aumento de tamanho dos calçados, muitas transformações são dadas quando a gestação bate na porta. Já que o corpo inteiro passa por alterações, com a sua vagina não é diferente. Sim, é verdade, muitas coisas podem acontecer lá embaixo! Aqui você encontra quais são os sete inesperados – e estranhos – jeitos que a gravidez pode influenciar na sua vagina.

1. Sua vagina pode ficar azul

Sua vagina pode mudar de cor durante a gravidez? Bom, inacreditavelmente a resposta é sim. Ela pode assumir uma cor azulada ou roxa durante o período – este chamado de Sinal de Chadwick – e pode ser um dos primeiros indicadores da gravidez. “Assim que você completa seis semanas de gravidez, sua vagina, ambos os lábios e o colo do útero podem assumir cores azuis ou roxas graças ao aumento do fluxo de sangue”, explica Brett Worly, médico ginecologista e obstetra na The Ohio State University Wexner Medical Center em Columbus, Ohio.

2. Você pode passar por sangramento de escape

A gravidez significa que sua menstruação irá tirar umas férias, mas o sangramento de escape – ou spotting – no primeiro trimestre pode ser comum (e isso não é um problema!). Na verdade, por volta de 25% das gestantes passam pelo período de sangramento durante a espera de acordo com a organização March of Dimes. De tal forma, assim que você perceber qualquer sinal de sangramento, mesmo que este pare, é recomendado deixar seu médico avisado, segundo informações dadas pela ginecologista e obstetra Mary L. Rosser do Columbia University Irving Medical Center.

spotting pode ser ocasionalmente dado pela implantação do embrião no revestimento uterino e na formação da placenta; o sangue pode estar rosa claro ou marrom escuro, mas nunca vermelho. Em outros casos, o sangramento de escape durante a gravidez pode revelar outros fatores como infecção por fungos ou aborto espontâneo. “Se o spotting estiver associado a dor, incluindo cólicas, é recomendado contatar um médico”, diz Dra. Rosser.

3. Sua vagina pode ficar com varizes

Suas pernas não são a única parte do corpo sujeitas a ficar com doloridas e arroxeadas varizes. A área em volta de sua vagina também pode passar por esses fatores durante a gravidez! Isso ocorre graças a combinação do aumento do fluxo de sangue com o aumento do útero (o qual comprime as veias da pélvis), além dos hormônios vindos do período gestacional.

Geralmente, aproximadamente 10% das grávidas acabam ficando com varizes pélvicas nos primeiros cinco meses de gestação ou após a primeira gravidez (ou, raramente, até mesmo na primeira). O risco aumenta com o número de gestações, diz um relato do jornal Phlebolymphology. “Elas parecem apenas veias de varizes comuns, mas [são mais frequentes] nos lábios e às vezes na parte interna superior da coxa”, conta Katherine Bolt, ginecologista e obstetra na Texas Children’s Pavilion for Women, em Houston.

A parte boa é que o problema geralmente é resolvido dentro de seis meses a partir da descoberta, mas você não precisa esperar tanto para o incômodo parar. “Tente banhos mornos, deite-se do lado esquerdo e erga seus pés quando possível”, conta Dra. Bolt. Exercícios também podem ajudar, assim como evitar sentar ou ficar de pé por muito tempo.

4. Sua vagina pode ficar inchada

O excesso de sangue através do fluxo pela sua vagina pode fazer com que você se sinta pesada, diz Dra. Bolt; sua vagina geralmente não vai ficar com a aparência inchada, mas a sensação irá falar por si só – apesar de isso não ser algo ruim! “Para alguns, o suprimento sanguíneo extra irá aumentar a sensação”, diz Dra. Rosser. Em outras palavras, a área inchada da vagina durante a gravidez pode influenciar também no aumento da sensibilidade e do orgasmo.

5. Flatos – ou gases – vaginais podem ocorrer

Os flatos vaginais, também conhecidos como gases vaginais ou queefing, ocorrem quando uma breve quantidade de ar fica presa dentro da vagina. Quando o ar é liberado, emite um som parecido com a flatulência comum“Não é sinal de algo ruim”, diz Dra. Bolt. Não fica claro como a gravidez influencia em tal fator com tanta frequência, mas é provável que isso ocorra graças a combinação do crescimento da barriga, diferentes posições sexuais, exercícios e grande movimentação dos músculos pélvicos.

6. Sua vagina pode apresentar coceiras

Os hormônios na gravidez podem causar um grande aumento natural de naturais bactérias ou fungos, causando também a vaginose bacteriana ou infecções fúngicas; ambas são comuns durante a gestação e aparecem ou de um jeito branco-acinzentado (no caso da vaginose) ou amarelado (no caso dos fungos). Assim, é capaz da sua vagina coçar muito. Com sorte, tal caso pode ser tratado rapidamente com consulta médica e é recomendado evitar remédios sem receita ou caseiros.

Se a sua vagina expelir secreções sem odor claras ou brancas, relaxe: isso é completamente normal! “O colo do útero e a vagina podem passar por diversas mudanças hormonais na gravidez que podem trazer a presença de mucos e excreções vaginais, explica Dra. Bolt. A mucosa passa por alterações durante a gravidez indo de grossa e pegajosa no começo até fina e aquosa no final.

7. O cheiro (e gosto!) da sua vagina pode mudar

“O pH da vagina muda durante a gravidez e esse fator pode causar misteriosas mudanças no odor do local, fazendo com que o órgão fique mais ácido”, conta Dra. Bolt. “Algumas grávidas podem ficar mais sensíveis ao cheiro, mas se não possuir coceira ou ardência, não há nada para se preocupar”.

Também há uma mudança no gosto – e isso também tem a ver com a mudança do pH! De acordo com o Journal of Perinatal Education, excreções vaginais tendem a ter um gosto mais ‘metálico’ ou salgado durante a gravidez. Por incrível que pareça, pesquisadores dizem que o gosto geralmente desaparece assim que você chega ao orgasmo.

Assista agora ao POD&tudo com as gêmeas Bia e Branca Feres! Em um bate-papo muito divertido, as nadadoras falam sobre a gravidez conjunta, família e maternidade.


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Modelo apontada como mãe de filha de Neymar rebate notícia pela primeira vez - (Foto: reprodução/Instagram)

Gravidez

Modelo que estaria grávida de Neymar quebra silêncio e fala pela primeira vez sobre boatos

Amanda Kimberlly confirma gravidez, mas não foi confirmada a paternidade de Neymar - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Suposta mãe de filha de Neymar foi vista com jogador em Barcelona na balada

Modelo que estaria grávida de Neymar aumenta rumores com escolha dos padrinhos - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Modelo que estaria grávida de Neymar convida irmã e amigo do jogador para padrinhos

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Filho de Monique Evans não comparece ao casamento da mãe; entenda o motivo

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha