Família

Bagunça arrumada: decoração pode ser aliada na organização do quarto das crianças

Veja algumas dicas que podem ajudar nesta missão

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Quarto1

Quarto arrumado e divertido é um mundo possível, sim! (Foto: Divulgação/arquiteta Érica Salguero)

Quando chega a fase de a criança brincar para valer, começa também a época em que os pais enlouquecem com a bagunça do quarto. E aí, vem a dúvida: como deixar tudo arrumadinho sem acabar com a diversão? “Se cada detalhe for planejado cuidadosamente, é possível manter a decoração e a organização do ambiente sem muito esforço”, afirma a arquiteta Érica Salguero, mãe de Lorenzo.

Ela ressalta que, antes de comprar ou reaproveitar os móveis, é importante considerar a circulação no ambiente. Do contrário, os brinquedos podem comprometer a entrada do quarto. “Pensar nas divisões dos armários, assim como sua posição, também são fatores que ajudam na hora de arrumar a bagunça”, diz.

Outra dica de ouro de Érica é tirar as medidas do espaço para não comprar móveis muito grandes ou pequenos. “Faça um planejamento antes de comprá-los ou de contratar uma marcenaria, considerando a idade e as necessidades da criança”, destaca. Um tema mais aberto para a decoração também ajuda, pois os móveis poderão ser aproveitados quando a criança estiver maior.

Anúncio

FECHAR

E muita atenção para a segurança: nada de peças com pontas ou arestas que possam machucar a criança. “Coloque protetores em bordas pontiagudas para protegê-la de batidas e guarde os medicamentos em local onde ela não tenha acesso.”

Veja as sugestões da arquiteta:

Inclua os brinquedos na decoração do ambiente

Quarto2

(Foto: Divulgação/arquiteta Érica Salguero)

Quando os brinquedos ficam aparentes em nichos vazados, prateleiras e estantes, é mais fácil para a criança achar o que procura, evitando uma bagunça desnecessária. Conforme Érica, é possível ainda planejar quartos como se fossem grandes brinquedos. “Faça um escorregador na cama e, aproveitando o vão em baixo, coloque nichos e gavetas”, exemplifica. Outra dica é colocar uma escadinha que dê acesso a uma casa de bonecas acima da cama, na qual pode incluir gavetas em seus degraus.

Melhores escolhas: baús, nichos e prateleiras

Quarto3

(Foto: Divulgação/arquiteta Érica Salguero)

Com a ajuda de baús, caixas organizadoras transparentes, gavetas, cestos e estantes dá para organizar brinquedos, material de pintura, papéis e livros. Nesta hora, é fundamental escolher materiais de qualidade e seguros. “As crianças devem ter liberdade de acesso aos brinquedos, sem que haja risco de se machucarem.”

Não acumule brinquedos

Quarto4

(Foto: Divulgação/arquiteta Érica Salguero)

Como as crianças se desenvolvem muito rápido, é natural que alguns brinquedos deixem de ser usados após algum tempo. Ou seja, fique atento às fases do seu filho, e não acumule itens velhos. O ideal é doar aqueles que seu filho não usa mais, segundo a arquiteta. “Além de fazer feliz uma outra criança, você vai ter mais espaço para guardar os brinquedos que realmente são usados”, finaliza.

 

Leia também:

42 imagens inspiradoras para a decoração do quarto do seu filho

O bebê cresceu! Saiba como adaptar a decoração do quarto

Saiba como fazer a decoração do quarto de uma criança alérgica a pó

Energia positiva! Decore o quarto das crianças seguindo o Feng Shui