Criança

Hospitais de São Paulo registram aumento de casos de doenças respiratórias em crianças

Caso a criança apresente sintomas gripais, é recomendado evitar locais fechados e aglomerações - Getty Images
Getty Images

Publicado em 08/11/2022, às 14h33 - Atualizado às 14h36 por Redação Pais&Filhos


De acordo com informações dadas por hospitais da capital paulista, uma grande espera nos pronto-socorros infantis de ambientes de saúde particulares se encontram com uma demora além do comum. Como exemplo, o Hospital Infantil Sabará precisou instaurar um plano de contingência para priorizar os casos mais graves, tendo todos os leitos do local ocupados.

Realizar a tríade da higiene nasal previne sua família de doenças respiratórias
Caso a criança apresente sintomas gripais, é recomendado evitar locais fechados e aglomerações (Foto: Getty Images)

Há aproximadamente um mês, médicos perceberam que os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave aumentaram entre as crianças. Do mês de setembro para outubro, registros de bronquiolite também acabaram aumentando de 34 para 71 casos nos mais novos.

Já na última semana de outubro, o Hospital Albert Einstein acabou registrando outro aumento de casos de vírus sincicial respiratório; nesta situação, os casos foram de 53 para 131 – ou seja, quase 200%.

O Hospital Samaritano e o Hospital Santa Catarina também alertaram os pacientes sobre o longo tempo de espera nos pronto-socorros através de suas redes de atendimento. Por outro lado, ao veículo de comunicação CBN, a rede São Camilo informou que já marca um movimento de queda em suas internações por infecção respiratória aguda nos ambientes infantis de suas unidades; comparando com a primeira semana do mês de outubro, a redução foi de 58%.

Não era "sarna humana"! Especialistas explicam o que causou surto lesões com coceira em Pernambuco
Hospitais apontam superlotações e aumento de casos de doenças respiratórias (Foto: Getty Images)

Para a prevenção generalizada, profissionais de saúde aconselham focar em evitar locais fechados e que demonstrem alta aglomeração, além de também orientarem sempre higienizar as mãos e usar máscaras, principalmente se a criança estiver com algum sintoma de gripe.

Já no caso de crianças com menos de 1 ano, especialistas recomendam evitar a exposição desnecessária – como passeios a restaurantes e shoppings, locais que reúnem um alto número de pessoas, durante o período de surto.

Bronquiolite: o que é, quais são os sintomas e como prevenir

De acordo com o pediatra Dr. Paulo Telles, pai de Leonardo e Carolina, a bronquiolite é uma inflamação que acontece nos bronquíolos, tubos que levam o oxigênio até o pulmão. Geralmente, a doença é causada pelo vírus sincicial respiratório (VSR), mas também pode acontecer pelo vírus parainfluenza, adenovírus, micoplasma, rinovírus, influenza e enterovirus.

A bronquiolite é uma inflamação que acontece nos bronquíolos (Foto: Shutterstock)

Seus principais sintomas são tosse, coriza, falta de ar, chiado no peito, febre, falta de apetite, vômitos e sonolência. Nos casos mais leves de bronquiolite, os sintomas costumam desaparecer em aproximadamente uma semana. Mas, quando existe uma piora, pode ser que a falta de ar e cansaço para respirar (taquipneia) aconteçam. Em situações como essa, é muito importante que a família procure um pronto-socorro para o atendimento.

A única maneira de prevenir que a bronquiolite apareça é manter o bebê ou a criança longe do vírus. Sempre que possível, principalmente nos primeiros meses de vida, evite o contato próximo com pessoas que estejam no início de quadros de infecções respiratórias, momento em que a doença é mais contagiosa. No geral, é necessário ter mais cuidados respiratórios durante o inverno, evitar aglomerações, contato com outros doentes e cuidados higiênicos.

Os casos de bronquiolite podem desaparecem em aproximadamente uma semana, durando em média até duas semanas. Caso existam complicações pelos sintomas, pode existir a possibilidade de internação para oxigenoterapia.

Inscreva-se no 14º Seminário Internacional Pais&Filhos – Toda família é nossa!

Ele já tem data para acontecer e, depois de cinco edições online, este volta a ser presencial no dia 17 de novembro, na Unibes Cultural, em São Paulo. Vai rolar palestras, mesa-redonda, sorteios, ativações e muito mais! Para participar, é só se inscrever aqui! Te esperamos por lá!

Inscrições abertas para 14º Seminário Internacional Pais&Filhos
Vem se inscrever! (Foto: Pais&Filhos)

Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Família

Mani recebe recado de Yasmin Brunet após anunciar fim da relação com Davi

Davi e Mani possuem 20 anos de diferença entre eles - Reprodução/Instagram

Família

Mani deixa de seguir Davi no Instagram e toma atitude sobre a relação com o campeão do BBB

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Andreas Richthofen vive isolado - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Andreas Richthofen dá 1ª entrevista e diz que procura a irmã há 4 anos: "Tem assuntos pendentes"

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Sabrina Sato compartilha momentos da viagem para Paris com Zoe, Nicolas Prattes e família do ator - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Sabrina Sato se declara para Nicolas Prattes após Duda Nagle anunciar separação