Criança

Futebol também é coisa de menina

Shutterstock
Shutterstock

Publicado em 08/06/2017, às 14h42 - Atualizado às 14h45 por Jéssica Anjos, filha de Adriana e Marcelo


A desigualdade de gênero começa desde muito cedo e no ambiente esportivo não é diferente. Os meninos têm mais liberdade de brincar e praticar esportes na rua e na escola. No último dia 6, o Museu do Futebol promoveu um bate-papo sobre a importância da participação das garotas no futebol desde a infância.

“Através do esporte as meninas podem desenvolver habilidades individuais e coletivas, além de conhecerem o próprio corpo e não terem mais vergonha disso”, afirma Júlia Vergueiro, dona do Pelado Real Futebol Clube, filha de Nadyr e José Luiz. O Pelado Real é um clube e escolinha de futebol só para meninas, a partir dos seis anos as garotas podem se inscrever e fazer uma aula experimental.

Uma pesquisa da ONU mulheres revelou que 49% das meninas abandonam a prática esportiva na puberdade por baixa autoestima e vergonha do próprio corpo. O que as garotas precisam para continuar praticando o esporte que gostam, seja ele qual for, é de incentivo. Júlia contou pra gente que no evento foi apresentado um estudo feito com meninas brasileiras de 8 a 12 anos e 93% delas disseram que as mães ou mentores são essenciais na motivação à prática do esporte.

E não é só atitude que a atividade traz, as meninas aprendem a trabalhar em equipe, ter disciplina e lidar com as frustrações. “Isso reflete no futuro. Garotas que praticam esportes na infância vão melhor na escola, têm menos chance de engravidar na adolescência e são mais saudáveis”, complementa Júlia. Incentivar essa inclusão do universo feminino nos esportes desde cedo também impacta a sociedade. “Se incentivarmos a prática dos esportes de maneira igualitária entre os gêneros, no futuro teremos mulheres e homens com oportunidades iguais”, reflete Júlia.

O Pelado Real Futebol Clube, juntamente com a Turma da Mônica, tem o projeto Soccer Camp que promove atividades lúdicas e esportivas exclusivas para meninas nos períodos de férias escolares. Você pode inscrever a sua filha através do site www.peladoreal.com.br.

Leia também:

6 perguntas embaraçosas que seu filho pode fazer (e como respondê-las)

Chocante! A partir dos 6 anos as meninas começam a se sentir inferiores aos meninos

Fotógrafa prova que real beleza das meninas está em sua força


Palavras-chave

Leia também

Manu Bahtidão desiste de fazer apresentação no aniversário de Lua - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Manu Bahtidão se nega a fazer show em festa de 1 ano de Lua após chegar horas atrasada

(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Família

Manu Bahtidão se pronuncia após não fazer show em festa de 1 ano da filha de Viih Tube e Elizer

Davi mora na periferia de Salvador - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Esposa de Davi, do 'BBB 24', mostra casa humilde onde eles vivem na periferia de Salvador

Ana Carolina Oliveira vai na festa da filha de Viih Tube e Eliezer - Foto: reprodução/Instagram

Família

Mãe de Isabella Nardoni marca presença com família no aniversário de Lua

Manu Bahtidão fala sobre ausência na festa da Lua - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Manu Bahtidão manda indireta após polêmica na festa da filha de Viih Tube

Fernanda Paes Leme lamenta distanciamento de Bruno Gagliasso - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Fernanda Paes Leme faz desabafo em aniversário de Bruno Gagliasso: "Teve um afastamento"

Gustavo Marsengo prevê data de nascimento do filho - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Gustavo Marsengo revela data para chegada de primeiro filho com Laís Caldas

Wanessa vive na mansão da mãe - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Wanessa Camargo mora em mansão luxuosa da mãe após separação e 'problemas financeiros'