Recém-Nascido

Por que os recém-nascidos precisam de banho de sol?

Saiba qual o tempo necessário de exposição

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

É importante se atentar aos horários e à duração do banho de sol em recém-nascido (Foto: Shutterstock)

Um dos hábitos que as mães de recém-nascidos precisam adotar com os bebês é o famoso banho de sol. Ele é essencial para ativar a vitamina D, recebida pelo leite materno, no corpo da criança. “Essa vitamina é muito importante para o desenvolvimento dos ossos e evita o raquitismo”, comenta a pediatra  Cristiane Maria Abreu, da Clini Ped, filha de Eliani e Oswaldo.

Outro benefício que o banho de sol traz para o seu bebê é eliminar o excesso de bilirrubina no sangue. “Com a bilirrubina alta, o bebê tende a ficar amarelinho, o que chamamos de icterícia”, esclarece a enfermeira Deise Helen Anjos, do Hospital São Camilo, filha de Selma e Celio.

Mas calma, é muito comum os bebês terem a pele um pouquinho amarelada nos primeiros dias após o nascimento. É importante ter o acompanhamento de um pediatra e não deixar o banho de sol de lado.

Anúncio

FECHAR

Leia Também:

Vídeo: Pais recriam cena de Rei Leão no nascimento da filha e o resultado é incrível

Quantas fraldas o seu filho vai precisar até chegar ao penico?

A Marcela Herculano, mãe do Benjamin – que tem três meses e meio, conto que seu filho nasceu amarelinho. A pediatra a orientou sobre o banho de sol, então todos os dias ela leva o bebê na sacada para tomar sol depois das 16h. “Quando está calor, eu levo o Ben só de fralda mesmo, para que o sol envolva todo o corpinho. Agora a cor da pele dele já voltou ao normal”.

Assim que o bebê chega em casa, já pode começar a dar banho de sol, segundo a pediatra Cristiane. Ela explica que é preciso deixar a criança exposta de 5 a 10 minutos no sol, sempre antes das 10h ou depois das 16h. E caso o clima esteja quente, você pode fazer como a Marcela e deixar o bebê com o mínimo de roupa possível.

E se estiver frio? A especialista orienta que as mães deem o banho de sol próximo a uma janela aberta que não bata muito vento.  Não pode ser fechada, porque o vidro filtra todos os raios benéficos. “Eu sempre digo para as mães levarem os bebês para o playground, porque normalmente é um espaço aberto que venta menos”, exemplifica Cristiane.

Então, procure sempre um lugar para dar o banho de sol que seja propício ao clima e ao conforto do seu bebê. Mas se estiver muito frio, melhor esperar o próximo dia mais quente. Lembre-se: recém-nascidos não podem usar protetor solar. Bebês só estão liberados para usarem o filtro após os seis meses.

Sabemos que o sol pode ser benéfico e perigoso também, por isso é necessário respeitar a recomendação médica sobre horários e duração da exposição para que o banho de sol não seja prejudicial para o bebê.

* Por Jéssica dos Anjos, filha de Adriana e Marcelo