Pais

Filhos de empreendedores tendem a seguir o mesmo caminho, diz estudo

De acordo com pesquisa italiana, o empreendedorismo é contagiante

Carolina Piscina

Carolina Piscina ,filha de Ana Maria e Osvaldo

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

Já parou para pensar por que é que no Vale do Silício, na Califórnia, nos EUA, existem tantas empresas de sucesso e mais uma enorme quantidade de startups (pequenas empresas com enorme potencial financeiro) tentando crescer, enquanto em outros locais não há quase ninguém empreendendo? O estudo “Aprendendo empreendedorismo de outros empresários: Evidência da Itália” realizado na Itália tentou resolver essa questão e chegou a resultados interessantes.

Os pesquisadores Luigi Guiso, Luigi Pistaferri, Fabiano Schivardi, chegaram à conclusão de que, assim como consumo, moda, tradições e culinária, o empreendedorismo também é influenciado pelo ambiente.

Leia também

Anúncio

FECHAR

Cansado de tentar equilibrar trabalho e família? Você não está só!

Agora maternidade também é fonte de lucro

Pesquisa revela: empregadores vão contratar mais mulheres que acabaram de ter filhos

De acordo com a pesquisa, quando as pessoas veem o sucesso do vizinho, elas se inspiram e a percepção do risco muda, porque alguém já abriu o caminho. Essa tendência também abrange as famílias! Desde muito cedo, o jovem já encara de forma natural a possibilidade de ter o próprio negócio, com menos medo do risco e garra para alcançar os próprios objetivos.

Aqui no Brasil não é diferente, muitas pessoas têm investido no negócio próprio, que acabam se tornando algo familiar. Há pessoas que já nascem com esse espírito, mas só colocam em prática quando sentem a necessidade de mudar o estilo de vida. Esse é o caso de Gutemberg que, junto com a sua esposa, Meire, montou duas lojas online para poder passar mais tempo com o filho deles, João Victor, de 4 anos.

(Foto: Arquivo pessoal)

Estes são Gutemberg, Meire e João Victor (Foto: Arquivo pessoal)

“Acredito que está sendo positivo para o João, porque ele se interessa. Penso que ele vai crescer dentro do empreendedorismo, vendo que a gente almoça em casa, vai nas consultas e estamos bem presentes no dia a dia”, conta Gutemberg, que é dono dos e-commerces Jovi Camisetas e Jovi Bordados.

Se o empreendedorismo influencia populações de um mesmo lugar, imagina o que ele não faz dentro de uma família?! O João, inclusive, já está superinteressado pelo trabalho dos pais, ele até usa uma maquininha de enrolar linhas de costura! Mas a gente sabe que os filhos sempre nos surpreender e é difícil prever se eles vão dar continuidade aos projetos da família.