Notícias

Bebê nasce depois de acidente grave de caminhão em SP

Divulgação/Arteris
Divulgação/Arteris

Publicado em 30/07/2018, às 15h58 - Atualizado em 31/07/2018, às 13h44 por Redação Pais&Filhos


Parece história de filme, é difícil de acreditar, mas é verdade: uma bebê nasceu depois de um grave acidente de caminhão. Tudo aconteceu na Rodovia Régis Bittencourt, no interior de São Paulo, no último quinta-feira (26). Uma jovem, que estava grávida, foi arremessada para fora do veículo e morreu depois de ter seu abdômen rompido – o que pode ter obrigado o bebê a nascer. “O feto foi expulso pelo trauma. Quando eu cheguei, o bebê estava entrelaçado nos restos mortais. Eu retirei aquela criança, fiz os procedimentos cabíveis e levei para a ambulância”, contou o médico Elton Barbosa em entrevista ao G1.

A carreta transportava tábuas de madeira e tombou. A moça, que estava de 39 semanas de gestação, foi atingida pela carga. A suposição é que a madeira tenha caído em cima dela e tenha rompido o seu abdômen. Segundo médicos entrevistados pelo G1, o corpo da mãe protegeu o bebê, o que foi fundamental para que conseguisse sobreviver. “O motorista já estava sendo retirado das ferragens do caminhão por outra equipe. A mulher estava embaixo de pranchas de madeira. Eu estava tentando chegar até a vítima para atestar o óbito quando ouvi um choro abafado de uma criança. Tiramos as pranchas de madeira e vimos a gestante. A criança estava entrelaçada nas vísceras da mãe”, contou o médico.

A menina, que foi encaminhada para a UTI Neonatal do Hospital Regional de Pariquera-Açu, não teve ferimentos e passa bem. Os cuidados médicos fazem parte do procedimento pós-traumático.“Vou ser sincero. Foi Deus. Pela cinemática, pelo que eu vi, não sei como saiu viva. Quem manteve viva foi o próprio corpo da mãe. É raro isso acontecer. O abdômen da mãe foi exposto. A mãe estava sob várias pranchas de MDF. Eu não sei como essa criança saiu viva”, desabafou Elton.

Depois de três dias sem identificação, a família da mãe fez o reconhecimento do corpo da jovem Ingrid Irene Ribeiro, que completaria 21 anos na segunda-feira (30).

Foto: Divulgação/Arteris
Foto: Divulgação/Arteris
Foto: Divulgação/Arteris
Foto: Divulgação/Arteris

Leia também

Entenda porquê a principal causa de morte entre as crianças são os acidentes de trânsito

Surpreendente: Menino desperta de coma após grave acidente de trânsito!

Segurança sempre! Risco de morte de criança sem cadeirinha é de 75% em acidentes


Leia também

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Pai de Davi - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Pai de Davi não concorda com posição do filho e decide ir morar com Mani

Imagem Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Família

Pai de Henry Borel comemora nascimento de filha três anos após tragédia

Copo Stanley - Divulgação

Super desconto

App Day Amazon: os famosos copos térmicos da Stanley com até 55% de desconto

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Isabella Fiorentino explica o motivo de não mostrar o rosto do filhos - Reprodução/ Instagram

Família

Isabella Fiorentino explica o motivo de não mostrar o rosto dos filhos em fotos nas redes sociais

Virginia Fonseca - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Virginia Fonseca toma atitude após Maria Alice empurrar Maria Flor: “Dói mais na gente”

Taiza Krueder, do Clara Resort, fala sobre carreira e maternidade - (Foto: Arquivo Pessoal)

Família

Taiza Krueder, CEO do Clara Resort, fala sobre inspiração da família no trabalho: "Criei 3 filhos aqui dentro"