Gravidez

Existem diferenças na gravidez de menino e de menina

Nascimentos prematuros, pré-eclâmpsia e diabetes estão mais relacionados a meninos

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

menino

(Foto: Shutterstock)

Novo estudo feito na Austrália prova que meninos, aparentemente, podem causar mais problemas do que as meninas quando ainda estão no útero da mãe. Segundo a pesquisa, que levou em conta quase 600 mil nascimentos entre 1981 e 2011, foi descoberto que complicações mais sérias na gravidez são mais frequentes em mulheres grávidas de meninos.

Considerando o tempo de gestação, os meninos são definitivamente mais apressados!  Comparados às meninas, eles têm 27% de chances a mais de nascerem prematuros entre a 20ª e 24ª semana de gestação. Quando a 30ª semana se aproxima, o risco de nascimento aumenta em 24%. Já, nas 34ª a 36ª semanas, as probabilidades aumentam em 17%.

Falando sobre diabetes gestacional e pré-eclâmpsia, os riscos também são maiores em mulheres que esperam meninos.

Anúncio

FECHAR

“O sexo do bebê pode estar associado diretamente a essas complicações na gravidez,” comenta a autora do estudo Petra Verburg, do Instituto de Pesquisa Robinson da Universidade de Adelaide na Austrália. Ela acrescenta que, enquanto as causas disso não são descobertas, “são grandes as chances de ser tudo culpa da genética”.

Uma explicação possível, de acordo com a coautora Claire Roberts, outra pesquisadora do mesmo instituto, é que a placenta (que nutre o feto em desenvolvimento) é diferente se o bebê for um menino ou uma menina.

“A placenta é extremamente importante para o sucesso da gravidez”, diz Claire. “Nós acreditamos que a diferença de sexo e a relação com a placenta estão sendo comprovadas. O próximo passo é entender as possíveis consequências dessa diferença e como elas influenciam na gravidez”, esclarece ela.

Pensando nisso, cuidados diferenciados podem ser estabelecidos para as mães, a depender do sexo do bebê. “Nossos resultados indicam que podem existir intervenções específicas quando se espera um menino ou uma menina”, explica Petra. “Estamos investigando outros fatores que podem gerar essas complicações na gravidez”.

Enquanto isso, o conselho para as mulheres grávidas de meninos é o mesmo que para todas: comer direito, não fumar e se exercitar.

Leia também: 

10 coisas que um pai de menino aprende

9 coisas que todo menino pode (e deve) aprender

Você prefere menino ou menina?