Família

Professora é ameaçada por pais de aluno após reclamação: “Vou te fazer uma visitinha”

Professora é ameaçada por pais de aluno após reclamação: “Vou te fazer uma visitinha” - Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Publicado em 14/04/2023, às 08h04 por Redação Pais&Filhos


Uma professora de São Paulo enviou um bilhete para os pais de um alunopontuando que ele não havia feito a atividade proposta em aula e pedia para que os responsáveis conversassem com o menino. “É de extrema importância que siga todas as atividades para não se perder ao longo do ano. Por favor, converse com ele”, pediu.

Professora é ameaçada por pais de aluno após reclamação: “Vou te fazer uma visitinha” (Foto: Reprodução/Instagram)

A  resposta, inesperada, foi rude e conteve ameaças. Os paispediram para ela ser menos exigente: “Se for exigente demais, vou ter que fazer uma visitinha e bater um papinho bem calmo”, responderam. Após a imensa repercussão, a professora Fátima Fernandes disse que registrou um boletim de ocorrência e agradeceu o apoio recebido nas redes sociais. “Tudo vai ocorrer como deve ser. Ainda conto com as rezas e as torcidas de todos para que nós tenhamos paz nas escolas e consigamos fazer o que nos propusemos: ensinar”, afirmou.

Confira a resposta completa dos pais:

“Boa tarde em primeiro lugar. Vamos manter a educação e disciplina para podermos ter um relacionamento melhor, meu esposo e eu estamos cientes de como é o nosso filho. Esperamos da Sra. Fátima que tenha uma boa relação entre todos, por um acaso a Sra. é exigente demais com os alunos [SIC] por que se for não vai dar certo, nem com os alunos nem com os pais. Gosto de respeito e sim, meu filho se dá o respeito para ser respeitado. É só a senhora olhar um pouco a história dele com alguns professores e diretor antigo. Vamos nos dar muito bem se a Sra. for um pouco mais calma, agora se for exigente demais vou ter que lhe fazer uma visitinha ok? E ter um papinho bem calmo”.

Bilhete (Foto: Reprodução/Metrópoles)

Outros casos de desrespeito em sala de aula

Mesmo com a sociedade cada vez mais lutando contra crimes racistas, os diversos ataques estão longes de acabar. Uma professora de português das escolas públicas do Distrito Federal passou por um ataque dentro da sala de aula no dia 8 de março.

O próprio aluno dela chegou para a professora e disse que tinha um presente de Dia da Mulher para ela. Ao abrir o até então, presente, tinha uma esponja de aço dentro do pacote. Esse momento foi gravado por outros alunos na sala e está circulando nas redes sociais.

O local onde aconteceu foi no Centro de Ensino médio 9, em Ceilândia. No vídeo divulgado, é visto que o aluno de 17 anos entrega o pacote para professora e logo, a mulher comemora para a sala, onde fala entusiasmada que ganhou um presente.

Quando ela abriu o ‘presente’, a mulher ficou triste e constrangida. Na hora, estudantes ‘manifestaram’ na sala, em que uma das alunas falou para a professora não aceitar aquela esponja. Rapidamente, a mulher agradeceu o aluno e disse: “Tudo o que vai volta”. Já, outros alunos deram risada.

Após o ato criminoso viralizar, a Secretaria da Educação deu um depoimento, falando que direção da escola soube do que houve e que irá reunir o aluno e a professora para esclarecer a situação. Segundo a pasta do caso, a Secretaria “repudia qualquer tipo de preconceito e reforça compromisso e empenho na busca por elementos que permitam o esclarecimento dos fatos, bem como o suporte aos envolvidos”, segundo o portal G1.

Para a TV Globo, a professora não falou sobre o caso e a diretora da escola disse que pediu que o aluno fizesse um texto para ser lido para todos, em que ele se redime com a professora e com os colegas. Fora que os pais do garoto foram avisados sobre a situação.

A direção da escola ainda apontou que não realizou nenhum boletim de ocorrência pois quer que a professora fale sobre a situação. A investigação do caso irá ser feita pela Delegacia da Criança e do Adolescente de Taguatinga. Já, o Sindicato dos Professores do Distrito Federal repudiou a atitude do estudante: “É lamentável episódio como esse contra professora em exercício da profissão dentro da sala de aula. Precisa ser apurado com o rigor da lei. É apenas mais um exemplo de como os professores são tratados em sala de aula, os professores precisam ser valorizados, os professores merecem respeito”, segundo o Samuel Fernandes, presidente do sindicato.

Veja também: ASMR com som de nostalgia

Ligue o som! O barulho do Gira Gira, mais um lançamento da linha TUDO de Ri Happy, é música para os nossos ouvidos, além de trazer boas lembranças


Leia também

Nahim pediu para ter caixão no chão para se despedir dos cachorros - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Nahim tem despedida emocionante com caixão no chão para que os cachorros se despeçam do cantor

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Ex-mulher de Nahim proíbe a presença de filha do cantor no velório: "Não vai se despedir"

Batimentos cardíacos da jovem chegava a 190 quando o pai se aproximava - (Foto: Reprodução/ Rede Globo)

Família

Batimentos cardíacos da jovem internada na UTI chegava a 190 quando o pai praticava o abuso

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Nahim, cantor que foi encontrado morto, faleceu sem conhecer a neta

Ex-esposa do cantor falou qual a real causa da morte de Nahim - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Ex-esposa de Nahim fala qual foi a verdadeira causa da morte do cantor

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ana Hickmann e Edu Guedes comemoram 1ª noite em casa nova com jantar romântico

Nahim e a filha não se falavam desde 2019 - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Entenda o motivo da filha de Nahim ter sido proibida de ir ao velório do pai

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Karina Bacchi devolve casa alugada em meio a mudança com o filho para fora do Brasil