Família

Precisa acordar o bebê para mamar? Tire dúvidas sobre rotina de amamentação

A falta de rotina pode deixar a mãe ainda mais cansada

Carolina Piscina

Carolina Piscina ,filha de Ana Maria e Osvaldo

(Foto: Shutterstock)

(Foto: Shutterstock)

Fizemos uma parceria com o Google e eles nos passaram as principais buscas relacionadas ao termo “amamentar”. Em comemoração a Semana Mundial da Amamentação, solucionamos as principais dúvidas sobre o aleitamento materno. As pesquisas dessa matéria foram “como amamentar um recém-nascido”, “como acordar o bebê para amamentar”, “como amamentar seu filho corretamente”.

Dúvidas sobre a amamentação, como os melhores horários, o que fazer durante a noite, tudo isso é comum para as mães de primeira viagem. A gente te ajuda a esclarecer algumas dessas questões. No início, é bom deixar o bebê estabelecer os seus próprios horários e então a mãe oferece o leite quando ele quiser!

“Normalmente nas primeiras semanas de vida os horários costumam ser bem irregulares, podendo variar desde a cada hora, ou ter até quatro horas de intervalo. Aos poucos a própria criança vai estabelecendo horários mais fixos, aproximadamente a cada 3 horas, o que acontece geralmente a partir do primeiro mês de vida”, explica Arno Norberto Warth, que é pediatra e pai de Lucas e Gabriel.

Anúncio

FECHAR

Caso o seu filho mantenha horários irregulares após o terceiro mês de vida, consulte o pediatra em busca de orientação. Juntos, vocês poderão entender o que está causando essa inconstância e ajustá-la. Afinal, a falta de rotina pode ser cansativa para a mãe. Se o seu filho não acordar para mamar à noite e estiver ganhando peso, você não precisa acordá-lo!

Leia também

Acessórios para amamentação: você sabe quais são necessários?

As mães têm o direito garantido por lei de amamentar em público em SP

Entre com a gente na Semana da Amamentação postando #AmamentarNãoTemLugar