Família

Policiais ajudam mãe a dar à luz dentro de carro parado no trânsito em Goiânia

Maria Valentina nasceu dentro do carro - Reprodução / G1
Reprodução / G1

Publicado em 23/10/2020, às 13h53 por Maria Laura Saraiva, Filha de Laise e Carlos


Um bebêansioso para nascer fez a mãe dar à luz meio do engarrafamento da Avenida T-9, em Goiânia, na última quinta-feira, 22 de outubro. Andreia da Silva Borges, de 24 anos, estava tentando chegar até a maternidade quando percebeu ao lado do marido, Vandionei Bernandini, de 28, que a criança nasceria ali mesmo. O casal teve a ajuda de policiais para conseguir realizar o partode Maria Valentina.

Maria Valentina nasceu dentro do carro (Foto: Reprodução / G1)

O pai da menina conta em entrevista ao G1que a esposa começou a entrar em trabalho de parto às 18h30, horário de grande trânsito na região. E para agravar a situação, uma forte chuva praticamente paralisou a avenida que dava acesso ao hospital. Quando viu que a filha já estava nascendo, Valdionei procurou ajuda de PMs.“Eles [policiais militares] passaram por nós e eu fiz sinal para eles pararem. Foram enviados por Deus”, contou.

Maria Valentina nasceu às 19h10, dentro do carro dos pais. O capitão Fernando Machado foi o responsável por ajudar a família na hora do parto, esterilizando o local e cortando o cordão umbilical. “Graças a Deus ela chorou e estava bem de saúde. […] Eu sou pai. É muito gratificante poder ajudar o casal, é uma situação inusitada, mas graças a Deus deu tudo certo”, disse o profissional.

Mãe e filha estão bem (Foto: Reprodução / G1)

A família em seguida foi acompanhada pelos policiais até o hospital, onde mãe e filha passaram a noite e foram liberadas na manhã desta sexta-feira, 23 de outubro. O pai, que descreveu a noite como de “muita emoção”, garantiu que estão todos bem. “Agora só felicidade daqui para frente. Só cuidar muito bem da minha princesa”, disse.

App Pais&Filhos

Tem novidade na área: o novo aplicativo Pais&Filhos Interativo! Agora você pode ler conteúdos exclusivos, feitos com muito carinho pela equipe da redação da Pais&Filhos com toda a credibilidade, comprometimento e bom humor de sempre, e ainda testar seus conhecimentos sobre os principais assuntos do universo da parentalidade.

Já que ninguém cria filho sozinho, a Pais&Filhos se enxerga como parte da sua rede de apoio e para isso, disponibilizamos no aplicativo informações de qualidade sobre todas as fases da vida da criança, seja você pai ou mãe, grávida, ou até mesmo se você ainda for tentante.

Além disso, a plataforma ainda oferece quizz de perguntas e respostas para você testar seus conhecimentos sobre os mais diversos assuntos deste universo. Ao fazer o teste, você acumula pontos, e de quebra pode trocar por prêmios.

O Pais&Filhos interativo está disponível para iOS e Android, basta acessar a PlayStore ou a Apple Store direto do seu celular, baixar e fazer seu cadastro.


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Mãe de Neymar apaga foto com o neto por polêmica com Biancardi - Reprodução/ Instagram

Família

Mãe de Neymar apaga foto com Davi Lucca depois de polêmica com Mavie e Bruna Biancardi

Samsung Galaxy S23 - Divulgação

Aparelho top

Ofertas do dia: até 43% de desconto no Samsung Galaxy S23

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Foto: Arquivo Pessoal

Família

Menino de 1 ano m0rre após caso de descaso médico: "Tentei esquentar o corpo do meu filho morto"

Isis Valverde e seu filho Rael - Foto: Reprodução/Instagram

Família

Isis Valverde faz desabafo emocionante: "Sei que não sou boa mãe"