Família

Plano de vacinação contra Covid-19 deve ficar pronto na próxima semana: entenda como vai funcionar

O plano deve estar pronto na próxima segunda-feira, 30 de novembro - Unsplash
Unsplash

Publicado em 26/11/2020, às 07h45 por Letícia Mutchnik, filha de Sofia e Christiano


A primeira versão do plano de imunização contra a covid-19 do Ministério da Saúde deve ficar pronta na próxima segunda-feira, 30 de novembro. Segundo ‘O Globo’ a estimativa é fazer a distribuição das vacinas de forma simultânea em todo o país, mas há possibilidade de que áreas que estejam sofrendo um surto da doença possam ser priorizadas.

A versão final do plano deve estar pronta antes do fim da fase de testes das vacinas candidatas contra o novo coronavírus e justamente por isso há a possibilidade de futuras alterações. A princípio, a ideia é seguir o plano já utilizado no Plano Nacional de Imunizações (PNI), referente a todas as campanhas de vacinaçãopromovidas pelo governo federal. Em tese, as vacinas deverão ser distribuídas preferencialmente por via terrestre, mas locais com pouca acessibilidade serão atendidos por barcos ou aviões.

Esquenta Black Friday

A Black Friday da Amazon está chegando! Para conferir os produtos que já estão com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátisCLICANDO AQUI.

Não só, mas o plano do governo também prevê que a distribuição da vacina deve priorizar os grupos de risco e os profissionais de saúde. Isso ocorre porque a estratégia logística dependerá de características como a necessidade de refrigeração e a quantidade de doses necessárias para a imunização.

Como ainda não se sabe qual será a primeira vacina aprovada, existem diversos cenários a serem trabalhados.   As principais vacinas em estágio de desenvolvimento avançado no Brasil são a da Universidade de Oxford e do laboratório AstraZeneca em parceria com a Fiocruz, e a CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a fabricante chinesa Sinovac. Ambas são armazenadas a uma temperatura entre 2° e 8°C. Já a do laboratório Moderna precisa ser guardada a -20°C, e a da Pfizer, a -70°C, dificultado e encarecendo o processo de distribuição e armazenamento.

Esquenta Black Friday

A Black Friday da Amazon está chegando! Para conferir os produtos que já estão com descontos incríveis em todas as categorias do site, clique AQUI! Você ainda pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime! A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI.


Leia também

O menino de apenas dois anos aprendeu três idiomas - (Foto: Arquivo pessoal)

Família

Menino baiano que leu e escreveu com apenas 1 ano aprende inglês, russo e coreano aos 2 anos

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

(Foto: reprodução/Instagram)

Família

Lore Improta mostra evolução da barriga e avisa: "Tem mais neném chegando"

(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Família

Turista morre após suspeita de picada de aranha marrom em restaurante na Bahia

Virginia e Zé Felipe - Reprodução: Instagram

Família

Sete suítes, piscina, cinema, adega e 7 mil m²: Veja fotos da nova mansão de Virginia e Zé Felipe

Samsung Galaxy S23 - Divulgação

Caiu o preço

Ofertas do dia: Galaxy S23 da Samsung com descontos de até 36%

Sasha tem dois irmãos por parte de pai - reprodução / Instagram

Família

Sasha Meneghel abre o jogo e fala sobre relação com os irmãos: “Tive que dar uma regulada nisso”

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar