Família

Mãe: não importa onde ou como estamos, é para ela que a gente sempre volta

Ser mãe é deixar o filho ir, mas criar a base para que ele volte sempre que quiser - iStock
iStock

Publicado em 04/05/2020, às 13h28 - Atualizado às 13h28 por Jennifer Detlinger, Editora-chefe | Filha de Lucila e Paulo


Ser mãe é deixar o filho ir, mas criar a base para que ele volte sempre que quiser (Foto: iStock)

A gente sempre volta para onde o coração sente saudade. Ser mãe é um exercício para a vida inteira. O crescimento ou a distância dos filhos não encerra a maternidade. Pelo contrário: só aumenta o vínculo e o amor.

A mãe cria o filho para o mundo. Ser mãe é uma ampliação da própria existência, com generosidade e esperança. É o verdadeiro prazer em ajudar a constituir um outro ser que ocupe seu lugar no mundo.

Ser mãe é tanta coisa ao mesmo tempo que somente com várias definições podemos chegar perto do real significado desse papel. Mas na prática, tudo muda e cada uma exerce a maternidade da sua forma, com suas individualidades.

Ser mãe é um turbilhão de sentimentos. A gente acha que depois que a criança nasce, esses medos, anseios e desafios passam e fica tudo bem. E até fica, mas é apenas o início de uma jornada que, com o tempo, te ensina a ser cada vez melhor e a amar sem limites.

Ser mãe não é bom o tempo todo. Você erra, cansa, se frustra, tenta de novo, aprende com cada fase do seu filho – e está tudo bem com isso!

Não importa onde ou como estamos, é para a mãe que a gente sempre volta (Foto: Getty Images)

Ser mãe é deixar o filho ir, mas criar a base para que ele volte sempre que quiser. Ser mãe é a dualidade e o equilíbrio no movimento de ir e vir, segurar e soltar, proteger e deixar, acolher e libertar. E é a partir dessa liberdade que os filhos retornam.

E não importa onde ou como estamos, é para a mãe que a gente sempre volta. Por isso, a Pais&Filhos lança hoje a campanha “Pra onde a gente sempre volta“, com conteúdos e ações especiais para comemorar este Dia das Mães.

Nossa missão é reforçar que, por mais que a gente esteja separado fisicamente em tempos difíceis, nunca fomos tão próximos — e esse vínculo entre mãe e filho se torna ainda mais forte, seja na felicidade ou na dificuldade.

Ao longo dessa semana, vamos mostrar diversas situações que provam que é o coração de mãe é o lugar que a gente nasce e sempre volta. Do começo ao fim da vida.

Vamos juntos nessa? A gente se encontra aqui no site e nas redes sociais!


Leia também

Modelo apontada como mãe de filha de Neymar rebate notícia pela primeira vez - (Foto: reprodução/Instagram)

Gravidez

Modelo que estaria grávida de Neymar quebra silêncio e fala pela primeira vez sobre boatos

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Heloisy Oliveira e Micael Borges - Reprodução: Instagram

Família

Micael Borges elogia a esposa após Lívia Andrade insinuar traição no Domingão com Huck

Ticiane não foi ao aniversário de Vicky - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Ana Paula Siebert explica o motivo de Ticiane Pinheiro não ir ao aniversário de sua filha

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

Angélica fala sobre abrir relacionamento com Luciano Huck - Reprodução/ Instagram

Família

Angélica fala sobre abrir relacionamento com Luciano Huck

Maria Alice diverte Virginia ao ver irmão mexendo na barriga - Foto: Reprodução/Instagram

Família

Virginia cancela festa de Maria Alice após doença: "Já tinha programado tudo"

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Família

Mãe desaparecida por duas semanas é encontrada enterrada sob o piso da própria casa