Criança

Mãe marmiteira, filho marmiteiro

Quem leva a refeição para a escola ou para o trabalho precisa tomar alguns cuidados

Elisa Marconi

Elisa Marconi ,mãe de Luiza e Daniel

patricia_lancheiras_619

Escolher o que levar e como levar faz toda a diferença (Foto: Shutterstock)

Levar marmita para a escola ou para o trabalho é uma ótima maneira de garantir uma alimentação saudável e ainda economizar dinheiro. Para ganhar esses benefícios, no entanto, é preciso se prevenir. Levantamos com a nutricionista Luciana Costa, da Pro Matre Paulista, dicas bem simples e eficazes para assegurar refeições frescas, nutritivas e saborosas.

1. Transportar os alimentos em bolsas térmicas e em recipientes laváveis. Parece básico, mas algumas pessoas reutilizam embalagens plásticas (o que é ruim e perigoso) e não se preocupam com a temperatura de transporte, deixando os alimentos muito tempo em temperatura ambiente.

2. Utilizar alimentos de boa qualidade e fazer preparações “frescas” para compor a marmita. A exposição e manipulação dos alimentos que compõem a marmita são maiores e, por isso, o cuidado com os alimentos e preparações devem ser mais rigorosas, a fim de evitar a proliferação de micro-organismos patogênicos. Cuidado redobrado com a higienização dos alimentos também.

Anúncio

FECHAR

3. Variedade! Quem se propõe a levar marmita quer uma alimentação mais saudável possível, portanto a variedade das refeições é primordial. Explore novos alimentos, novos sabores, preparações práticas para tornar esse momento bem prazeroso.

Leia também:

Guia de alimentação para grávidas

Conheça as marmitas saudáveis que estão fazendo sucesso e as crianças amam!

6 receitas deliciosas para a hora do lanche!