Família

Grávida, Tata conta que só pode viajar com autorização médica; veja quando é necessário

tata-estaniecki-cocielo-e-bia - Tata Estaniecki está grávida pela segunda vez (Foto/ Reprodução: Instagram)
Tata Estaniecki está grávida pela segunda vez (Foto/ Reprodução: Instagram)

Publicado em 28/02/2023, às 12h39 por Redação Pais&Filhos


A influenciadora, empresária e esposa de Júlio Cocielo está planejando uma viagem durante a gravidez e gravou o momento em que falou sobre a autorização médica para poder viajar. Tata disse: “Só a Dra. Camila para me atender essa hora (20:02), porque como eu estou de 28 semanas, eu só viajo se eu tiver o ‘ok’ dela, só viajo se tiver um relatório dela falando que tá tudo bem e graças a Deus que tá tudo bem”.

Ela seguiu brincando, no momento que fala: “Vou poder, né?” e conta um pouco sobre o parecer da médica dela em relação a autorização para viajar. Tata questiona a doutora sobre o tempo para poder viajar: “Para quem não sabe, é a partir de 28 semanas”.

tata-estaniecki-cocielo-e-bia
Tata Estaniecki está grávida pela segunda vez (Foto/ Reprodução: Instagram)

A doutora Camila Martin, completou: “É sempre bom passar no médico antes para saber que tá tudo bem para viajar mais tranquila”. E reforçando, Tata disse que a partir de 28 semanas tem que ter um atestado médico para uma grávida poder viajar.

Viagem na gravidez

Sabemos que se planejar para uma viagem sempre é uma aventura, ainda mais estando grávida. No entanto, uma gestação não impede que uma viagem aconteça, mas, os cuidados devem ser redobrados. É de extrema importância que a sua médica saiba sobre a viagem, além de consultar a empresa aérea para entender mais como será o voo.

A viagem de avião será segura, caso você não tenha complicações (como um histórico de partos prematuros). Voar no primeiro trimestre da gestação, é mais tranquilo, sendo que o período recomendado é da 14º semana a 28º, no momento em que enjoos ou fadiga não são mais um problema.

Grávidas também podem viajar (Foto: IsTock)

Os médicos alegam que viajar após as 30 semanas pode continuar sendo tranquilo (ao menos que você esteja grávida de gêmeos), no entanto, na 36º semana, o ideal é que a gestante mantenha os ‘pés no chão’.

Autorização para viajar

Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas,  no geral, até as 27 primeiras semanas, desde voos domésticos até internacionais, as gestantes podem viajar normalmente, no entanto, é necessário que a grávida avise a companhia aérea no momento da compra da passagem.

Entanto na 28º semana, a gestante precisa apresentar um atestado médico, autorizando a viagem. Esse atestado deve ser emitido sete dias antes da viagem e no documento deve ter:

  • Origem e destino da viagem;
  • Tempo máximo de voo permitido para grávida;
  • Data dos voos que a gestante irá pegar;
  • Idade gestacional;
  • Parecer médico;
  • Estimativa da data de nascimento do bebê.

O tempo de gestação varia de companhia aérea, por isso a importância de se atentar aos cuidados e explicações das companhias quando se trata de grávidas. Após as 30 semanas, poderá existir exigências das empresas.

No entanto, a partir de 36º semana, também poderá ser pedido o formulário MEDIF. Esse documento precisa ser feito em até 10 dias antes da viagem e enviado 48 horas antes do voo. Esse formulário das informações médicas são disponibilizados nos sites das companhias aéreas.

Cada companhia aérea tem uma regra

As grávidas que irão voar, terão direito a atendimento prioritário e especial nos processos dentro do aeroporto, como despacho de bagagem, embarque e inspeção de segurança. Confira a regra de algumas empresas aéreas:

Gol

Gestação simples:

Até 27 semanas: Não há o pedido de documentação.

De 28 a 35 semanas: Necessária a apresentação de atestado médico com validade de 30 dias.

De 36 a 37 semanas: Necessário o atestado médico com validade de 30 dias e preenchimento de Declaração de Responsabilidade assinada pelo médico e pela grávida.

A partir de 38 semanas: Embarque no voo permitido somente em situações de extrema necessidade. Necessário o atestado médico com validade de 30 dias, preenchimento de Declaração de Responsabilidade assinada pelo médico e pela grávida e acompanhamento de um(a) médico(a) obstetra.

Gestação de gêmeos:

Até 25 semanas: Não há o pedido de documentação.

De 26 a 31 semanas: Necessária a apresentação de atestado médico com validade de 30 dias.

De 32 a 37 semanas: Necessário o atestado médico com validade de 30 dias e preenchimento de Declaração de Responsabilidade assinada pelo médico e pela grávida.

A partir de 38 semanas: Embarque no voo permitido somente em situações de extrema necessidade. Necessário o atestado médico com validade de 30 dias, preenchimento de Declaração de Responsabilidade assinada pelo médico e pela grávida e acompanhamento de um(a) médico(a) obstetra.

LATAM

Gestação simples:

Até 29 semanas: Não há o pedido de documentação.

De 30 a 35 semanas: É necessária a apresentação de atestado médico no máximo até 10 dias antes da viagem no aeroporto.

De 36 a 38 semanas: Necessário envio (pelo menos 48h antes do voo) do atestado médico para autorização da área médica da LATAM. O documento deve ser emitido no máximo 10 dias antes da viagem.

A partir de 39 semanas: Não poderá viajar pela companhia aérea.

Gestação de gêmeos:

Até 29 semanas: Não há o pedido de documentação.

De 30 a 31 semanas: É necessária a apresentação de atestado médico no máximo até 10 dias antes da viagem no aeroporto.

De 32 a 38 semanas: É necessário o envio (pelo menos 48h antes do voo) do atestado médico para autorização da área médica da LATAM. O documento deve ser emitido no máximo 10 dias antes da viagem.

A partir de 39 semanas: não poderá viajar pela companhia.

As regras irão depender de companhia aérea e para conferir as da empresa que você irá viajar, basta acessar o site da determinada companhia.

Quando a grávida não pode voar

Não existe nenhuma contraindicação que impeça a gestante de viajar de avião. Muitas pessoas dizem que é perigoso para o bebê, principalmente durante o primeiro trimestre por risco de aborto. Só que isto é MITO. Se você consultou o seu médico e não possui uma gravidez de risco, tá tudo bem. Pode viajar tranquila.

Segundo o ginecologista e obstetra Élvio Floresti, pai de Gabriela e Guilherme, é recomendado evitar viagens longas de avião após o 7º mês da gravidez. Ao contrário do que muitos pensam, não é por causa de perigos para o bebê – ele está bem protegido dentro da sua barriga – mas sim pelo risco de você entrar em trabalho de parto nas alturas. Já pensou o desespero?

É necessário se atentar as regras
(Foto: Getty Images)

Mas cuidado nunca é demais. Assim como você já cuida dos inchaços com os pés no chão, na aeronave é a mesma coisa. Só que tem um porém: dependendo da viagem você ficará muito tempo sentada, então, bora esticar essas pernas! Caminhe pelo avião. Isso mesmo! Por menor que seja o espaço, dar uma voltinha pelo corredor pode te ajudar a evitar o inchaço nas pernas.

Normalmente após a 39º semana, a grávida não poderá viajar, isto é, quando a gravidez estiver avançada.

Duas dicas de brinquedos incríveis para estimular coordenação motora e criatividade do seu filho


Leia também

Nahim pediu para ter caixão no chão para se despedir dos cachorros - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Nahim tem despedida emocionante com caixão no chão para que os cachorros se despeçam do cantor

Nahim e a filha não se falavam desde 2019 - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Entenda o motivo da filha de Nahim ter sido proibida de ir ao velório do pai

Ex-esposa do cantor falou qual a real causa da morte de Nahim - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Ex-esposa de Nahim fala qual foi a verdadeira causa da morte do cantor

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Ana Hickmann e Edu Guedes comemoram 1ª noite em casa nova com jantar romântico

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Karina Bacchi devolve casa alugada em meio a mudança com o filho para fora do Brasil

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Ana Hickmann e Edu Guedes - Reprodução: Instagram

Família

'Cinco quartos, garagem e escritório': Edu Guedes dá detalhes de mansão com Ana Hickmann

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Ex-mulher de Nahim proíbe a presença de filha do cantor no velório: "Não vai se despedir"