Família

Cardiopatia congênita: entenda a doença que fez filha de Thaila Ayala passar por cirurgia no coração

Thaila Ayala desabafou sobre a saúde da filha - Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Publicado em 07/07/2023, às 10h22 - Atualizado às 14h16 por Victoria Raissa, filha de Ângela e Clóvis


Thaila Ayala desabafou sobre a saúde da filha (Foto: Reprodução/Instagram)

A atriz e apresentadora Thaila Ayala fez um desabafo na última quinta-feira, 6 de julho, sobre como estão sendo os primeiros meses com a segunda filha, Tereza, fruto de seu casamento com Renato Góes. A bebê nasceu com uma cardiopatia congênita e precisou passar por uma cirurgia.

Tereza foi diagnosticada ainda na barriga com Comunicação Interventricular (CIV), condição essa que dificulta a alimentação adequada e o fluxo sanguíneo do coração. Segundo Thaila, a bebê apresentou dificuldade para ganhar peso e aumento em um dos lados do coração, que primeiramente foi tratado com auxílio de medicamentos visando retardar a cirurgia. Na consulta de dois meses da menina, foi constatado que ela precisaria de uma cirurgia de emergência.

O que é a cardiopatia congênita?

É a doença do coração que está presente desde o nascimento. Ou seja, não é uma enfermidade adquirida, ela se desenvolve junto com a formação do coração na vida intrauterina. A cardiopatia congênita é responsável pelas malformações mais frequentes no ser humano. É estimado que cerca de 1% dos recém-nascidos vivos sejam portadores dessa condição.

Cerca de 30% das cardiopatias congênitas não irão trazer consequências para a saúde das crianças e adolescentes, sem precisar de nenhum tratamento ao longo da vida. Ainda assim, é muito importante que a família tenha consciência sobre a condição e consulte sempre um médico especialista.

A cardiopatia congênita em grande parte dos casos não impede o paciente de levar uma vida normal no futuro (Foto: Getty Images)

Segundo o Dr. José Cícero Stocco Guilhen, especialista em cirurgia cardiovascular do Hospital e Maternidade Santa Joana, explica que a cardiopatia congênita é uma condição que se desenvolve no bebê ainda durante a gestação. Ela pode apresentar sintomas variados, a depender da gravidade de cada caso, os mais comuns são:

  • Cianose (lábios e dedos arroxeados)
  • Taquipneia (respiração rápida) – pode dificultar as mamadas e também o ganho de peso do bebê
  • Falta de ar
  • Cansaço
  • Desmaios
Coração partido
Em alguns casos o tratamento indicado é a cirurgia  (Foto: Reprodução/ Freepik)

Causas de cardiopatia congênita

Geralmente, nem todas as cardiopatias congênitas possuem causas bem definidas. “No entanto, hoje sabemos que a maioria se deve a alterações genéticas que ocorrem esporadicamente durante a formação do coração do feto na vida intrauterina”, comenta o médico.

Além disso, é possível correlacionar as cardiopatias congênitas à doenças crônicas ligadas a mãe, como a diabetes, que pode aumentar o risco de desenvolvimento dessa enfermidade no bebê, segundo o especialista. “Algumas doenças podem estar relacionadas ao uso de medicações, por exemplo, o uso de Lítio, que está associado ao desenvolvimento de doença de Ebstein na válvula tricúspide. Outra situação mais comum é a associação da cardiopatia congênita com alguma cromossomopatia, por exemplo, a Trissomia do 21 (Síndrome de Down) que está bastante relacionada à presença de doença no coração do bebê, assim como a Síndrome de Turner e a Síndrome de Edward, entre outras”.

Cardiopatias congênitas mais comuns:

  • Comunicação Interventricular (CIV)
  • Comunicação Interatrial
  • Estenose Pulmonar
  • Tetralogia de Fallot
  • Transposição das Grandes Artérias (TGA)
  • Coarctação de Aorta
  • Defeito do Septo Atrioventricular (AV)

O que é a Comunicação Interventricular, que causou a cirurgia de Tereza?

Segundo a Dra. Beatriz Furlanetto, do Hospital Sabará, a Comunicação Interventricular consiste em uma abertura na parede que separa o ventrículo direito e esquerdo do coração, e por conta disso ocasiona uma sobrecarga no sangue que vai para os pulmões. O tratamento cirúrgico é considerado na maioria dos casos, mas a idade em que é realizado pode variar de acordo com as necessidades de cada paciente.


Leia também

Modelo apontada como mãe de filha de Neymar rebate notícia pela primeira vez - (Foto: reprodução/Instagram)

Gravidez

Modelo que estaria grávida de Neymar quebra silêncio e fala pela primeira vez sobre boatos

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Heloisy Oliveira e Micael Borges - Reprodução: Instagram

Família

Micael Borges elogia a esposa após Lívia Andrade insinuar traição no Domingão com Huck

Ticiane não foi ao aniversário de Vicky - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Ana Paula Siebert explica o motivo de Ticiane Pinheiro não ir ao aniversário de sua filha

O momento da escolha do nome é superespecial e deve ser vivido com muito carinho pela família - Getty Images

Bebês

210 nomes masculinos para bebês: ideias fortes (e lindas!) para você chamar o seu filho

Angélica fala sobre abrir relacionamento com Luciano Huck - Reprodução/ Instagram

Família

Angélica fala sobre abrir relacionamento com Luciano Huck

Os nomes japoneses femininos são lindos, fortes e possuem significados encantadores - Getty Images

Bebês

Nomes japoneses femininos: 304 opções lindas para você conhecer

Maria Alice diverte Virginia ao ver irmão mexendo na barriga - Foto: Reprodução/Instagram

Família

Virginia cancela festa de Maria Alice após doença: "Já tinha programado tudo"