Família

Encontro emocionante! Pais conhecem filhos adotivos após 4 anos de espera

Casal americano viu os filhos africanos em aeroporto

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

Jennifer e James com os filhos Bronson e Joseph (Foto: Reprodução Facebook Jennifer Murrow Grover)

Jennifer e James com os filhos Bronson e Joseph (Foto: Reprodução Facebook Jennifer Murrow Grover)

Cada dia mais famílias estão escolhendo a adoção como forma de multiplicar o amor. E como a gente acredita que pai e mãe é quem cria, achamos importante compartilhar histórias como a de Jennifer  e James Grover, de Utah, nos Estados Unidos. O casal, que já tinha quatro filhos biológicos e dois adotivos, esperou quatro anos para conhecer os filhos adotivos que nasceram na República do Congo, na África.

Eles começaram o processo judicial de adoção de Bronson, de 7 anos, e Joseph, de 14, em 2012, mas o pedido só foi aceito no dia 19 de fevereiro desse ano. O primeiro encontro da família aconteceu no primeiro dia de março no Aeroporto Internacional de Salt Lake City, em Utah.

A mãe Jennifer Murrow Grove, de 43 anos, contou ao jornal norte-americano “Dailymail” que já passou por três processos de adoção, mas este foi o mais difícil. “Nem acreditei que, finalmente, estava abraçando meus filhos”, contou emocionada ao jornal.

Anúncio

FECHAR

O momento foi gravado e publicado nas redes sociais do casal e, até agora,  foi visto mais de 4,9 milhões de vezes e compartilhado mais de 14 mil vezes por ser extremamente emocionante. As crianças correm para cair nos braços dos pais e ficam lá por um longo período. Veja no vídeo abaixo esse encontro tão comovente.

Leia mais:

Adoção: família do mesmo jeito

Estrangeiros e brasileiros no exterior agora podem adotar

Pegue o lencinho! Garota pede que seu padrasto a adote

In 2012 (yes, you read that correctly…2012), we started the adoption process to bring home our two precious sons from the Democratic Republic of Congo. March 1, 2016 11:45pm…

Publicado por Jennifer Murrow Grover em Quinta, 3 de março de 2016

* Com informações do site do jornal “Dailymail”