Família

Pegue o lencinho! Garota pede que seu padrasto a adote

Misty, que agora tem 19 anos de idade, chama Ryan de pai desde o 5 anos

Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

padrasto adoção

Estes são Ryan e Misty, padrasto e enteada… por enquanto! (Foto: Captura de tela)

Desde os 5 anos de idade, Misty Nicole Knight, chama Ryan Farrel de “pai”. Agora, aos 19 anos de idade, a menina pediu para que ele a adote legalmente. O pedido foi registrado em um vídeo que está fazendo o maior sucesso no Facebook. Até o momento da publicação desta matéria, o post tinha mais de 40 mil visualizações.

Leia também

7 coisas que todo pai de menina deveria saber

Anúncio

FECHAR

Rejeição de pai dói mais que de mãe, diz pesquisa

Pai, seu papel é muito importante no desenvolvimento de seus filhos!

Misty, com 19 anos de idade, entregou um presente a Ryan, junto com uma carta emocionante, que comoveu os usuários das redes sociais. Dentro da caixa, a menina colocou alguns presente e, por fim, os papeis da adoção. Veja o conteúdo que Misty escreveu na carta, que contém spoiler de Star Wars — O Despertar da Força:

“Eu quero que você saiba que você é o homem mais incrível que eu já conheci. Você me criou a vida inteira — desde colocar meu cabelo em coques como o da Princesa Leia. Eu até já forjei sua assinatura quando estava na quinta série. Ou quando ouvimos música alternativa juntos, até o nosso primeiro show de rock juntos. Eu sei que somos estranhos juntos, mas é isso que faz de você, você. E eu não consigo imaginar minha vida sem você.

Eu sou tão grata por poder te chamar de pai. Você provavelmente está se perguntando sobre o porquê desta carta, então abra a droga do presente logo!

P.S.: isto é mais importante do que Batman vs. Superman e maior do que quando Kylo Ren matou o Han Solo. Estou impaciente, abra logo a porcaria da caixa. E tudo bem, lembre-se que você pode chorar”.

Você pode assistir o vídeo aqui:

A adoção de maiores de idade também ocorre no Brasil e dispensa o aval dos pais biológicos.

Pai lança livro ilustrado com as melhores pérolas dos filhos

5,5 milhões de crianças não têm nome do pai registrado em documento

Pai cria curativos para pele negra após não achar opções para o filho