Família

É preciso desmarcar consultas de rotina por conta do coronavírus?

Tudo o que puder, deve ser adiado - Shutterstock
Shutterstock

Publicado em 17/03/2020, às 13h04 - Atualizado em 16/01/2023, às 08h55 por Yulia Serra, Editora | Filha de Suzimar e Leopoldo


Tudo o que puder, deve ser adiado (Foto: Shutterstock)

Depois da declaração de pandemia em relação ao coronavírus, as recomendações ficaram mais rígidas ao redor do mundo. Embora ainda não seja uma obrigação federal, muitas empresas e escolas já liberaram as pessoas para trabalhar e estudar de casa. A medida de segurança é preventiva para evitar tanto a transmissão quanto contaminação desta doença respiratória. Mas quão longe é preciso ir nesse isolamento domiciliar? De acordo com Dr. João Prats, infectologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, idealmente, é preciso restringir ao máximo a exposição das pessoas nessa situação. 

“Eu gosto bastante de um conceito que os norte-americanos estão falando bastante, que é o social distance (distanciamento social). A ideia é você manter contato com as pessoas mais próximas (na sua casa) e sai de casa para fazer as coisas essenciais (como compras)”, exemplifica. Essa recomendação é ainda mais importante para os idosos e pessoas com comorbidades, por fazerem parte do grupo de risco. Nesse sentido, você deve evitar contato com o mundo externo. 

Mas calma, não é preciso pânico! Isso é uma ação preventiva, mas fundamental que seja seguida para poder controlar a doençae reduzir o número de casos. Assim, o especialista reforça que vale a pena cancelar compromissos não essenciais, principalmente se envolverem muitas pessoas. “Se está tudo certo com você e é uma consulta de rotina, pensa em deixar mais para o fim do ano”, sugere. Mas se o você está em algum tipo de tratamento ou acompanhamento mais rigoroso, não é bom cancelar.

Os hospitais são um dos lugares com maior risco de contaminação da doença (Foto: Getty Images)

Ele enfatiza que os hospitais são locais de risco no momento e por isso, afirma: “Certamente é um lugar que terá o vírus, especialmente a sala de espera do pronto-socorro, então é um ótimo espaço para evitar”. As próprias instituições de saúde já estão tomando providências para otimizar o serviço e garantir a segurança dos pacientes, mas cabe a população também fazer a sua parte, seja não procurando o hospital apenas por um resfriado ou lavando bem as mãos e passando álcool gel regularmente.   

 Na dúvida, é sempre positivo consultar seu médico. O médico finaliza alertando: “Não precisa ficar totalmente dentro de casa 24h por dia, mas, sim, evitar ao máximo possível sair”. Tem alguns compromissos que não podem adiar, e tudo bem precisar sair nesses casos, mas o foco é evitar aglomerações e deixar tudo o que der para depois. Para finalizar, Dr. João Prats diz: “A dica é: não ir para o hospital, porque você está com um simples resfriado, porque você pode estar com um outro vírus e pode estar se expondo ou até estar com o vírus expondo outras pessoas a uma doença mais grave”.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

Leia também

Anna Jatobá retira sobrenome do ex-marido depois do fim do relacionamento - (Foto: Divulgação)

Família

Anna Jatobá e filhos excluem sobrenome de Alexandre Nardoni após separação

Jogador do Corinthians - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Causa da morte de jovem após encontro com jogador do Corinthians vem à tona 2 meses depois

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Ricardo está sendo procurado - (Foto: Reprodução/PCDF)

Família

Professor estupra criança por 4 anos e foge ao ser descoberto pela mãe do menino

O corpo começa a dar sinais de que vem bebê aí bem antes da menstruação atrasar - Getty Images

Gravidez

Sintomas de gravidez: nos primeiros dias, que ninguém sabe, de menino e menina e muito mais

De A a Z: confira os nomes femininos americanos para te inspirar - Getty Images

Bebês

Nomes americanos femininos: mais de 1000 opções diferentes para você se inspirar

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Foto: Reprodução/ Instagram

Bebês

Fernanda Paes Leme recusa visitas após o nascimento da filha: "Não consigo e não quero"