Que calor! 🥵

Como refrescar o quarto no calor: veja dicas para dormir melhor com temperaturas altas

(Foto: Freepik) - (Foto: Freepik)
(Foto: Freepik)

Publicado em 14/11/2023, às 15h27 por Jennifer Detlinger, Editora-chefe | Filha de Lucila e Paulo


As temperaturas subiram em várias regiões do Brasil. Em meio ao calor forte dos últimos dias, com sensação térmica chegando aos 50°C, a hora de dormir se torna uma missão quase impossível, tanto para os adultos quanto para crianças e bebês. A solução mais rápida é o uso do ar-condicionado, mas nem todas as famílias podem contar com o aparelho.

sol
Em meio ao calor forte, a hora de dormir se torna uma missão quase impossível (Foto: Freepik)

Além disso, especialistas alertam que o ar-condicionado nem sempre é a melhor alternativa para aplacar o calor, já que ele deixa o ar mais seco ao retirar a umidade, o que facilita a circulação de vírus que podem causar doenças respiratórias. Então, como refrescar o quarto e amenizar a temperatura na hora de dormir? Separamos algumas dicas e estratégias para tornar o ambiente mais aconchegante durante as noites quentes:

Ventilação estratégica

Manter o fluxo de ar é fundamental. Durante a noite, aproveite a brisa mais fresca abrindo janelas e portas para promover a circulação do ar. Colocar ventiladores próximos às janelas para puxar o ar fresco de fora também pode ser uma boa estratégia.

Tecidos respiráveis

Opte por roupas de cama e pijamas feitos de tecidos leves e respiráveis, como algodão e linho. Esses materiais permitem a ventilação e absorvem a umidade, ajudando a manter o corpo fresco durante a noite.

gotas de água
 Tecidos de algodão e linho permitem a ventilação e absorvem a umidade (Foto: Shutterstock)

Persianas e cortinas

Durante o dia, mantenha as persianas ou cortinas fechadas para bloquear a entrada direta do sol, reduzindo assim o calor dentro do quarto. Cores claras e tecidos que refletem a luz solar são recomendados para evitar o superaquecimento do ambiente.

Alternativas naturais

Utilize métodos naturais para resfriar o ambiente, como colocar uma bacia com água gelada ou uma garrafa de água congelada na frente do ventilador. Isso ajuda a reduzir a temperatura do ar que circula no quarto. Também vale espalhar toalhas molhadas pelo quarto para ajudar a umedecer o ar seco -- atenção: elas só devem ser usadas durante o dia, já que à noite, podem aumentar a presença de ácaros e fungos no quarto. 

gelo
Colocar uma bacia com água gelada ou uma garrafa de água congelada na frente do ventilador pode ajudar (Foto: Shutterstock)

Evite eletrônicos ligados

Desligue aparelhos eletrônicos que geram calor, como computadores, TVs e lâmpadas incandescentes, sempre que possível. Esses dispositivos contribuem para o aumento da temperatura no ambiente.

Posicionamento da cama

Mantenha a cama afastada de fontes de calor, como tomadas, lâmpadas ou aparelhos eletrônicos que geram calor. Isso ajuda a evitar que o calor acumulado nessas áreas afete a qualidade do sono. Também vale faazer pequenas mudanças no layout do quarto, como afastar móveis das janelas para facilitar a circulação do ar.

patinhos de borracha na água
Banhos em temperatura ambiente também podem ajudar a reduzir a temperatura corporal (Foto: iStock)

Refresque-se antes de dormir

Um banho em temperatura ambiente antes de ir para a cama pode ajudar a reduzir a temperatura corporal, proporcionando uma sensação de frescor e conforto para dormir.

Veja mais dicas e cuidados para aliviar o calor do seu filho nos dias quentes

Nos primeiros dias de vida do seu filho, é difícil perceber se ele está com frio ou com calor, pois os sinais não são muito claros. Mas pode acreditar: eles sentem tanto calor quanto a gente e podem ficar mais irritados, sobretudo se estiverem superaquecidos, usando roupas em excesso.

É importante deixá-los com roupas leves, de tecidos finos, como algodão ou malha. Em dias muito quentes, você pode, inclusive, deixar o bebê só de fralda, certificando-se de que não haja correntes de ar no ambiente. Para saber se seu filho está sentindo muito calor, o melhor é observar sinais como suor e vermelhidão.

À noite, com a queda da temperatura e com o bebê dormindo e se movendo menos, a temperatura corporal também tende a diminuir. Portanto, uma camada a mais de roupa deve bastar. Por exemplo, um macacão um pouco mais grosso e meias, sem necessidade de cobrir a criança. Para refrescar seu filho em dias de calor, vale usar métodos como dar mais banhos por dia.

Mas lembre-se: enquanto ele é recém-nascido, é recomendado usar sabonete apenas em um dos banhos do dia para não tirar a lubrificação natural de sua pele sensível. A temperatura da água deve ser compatível com a temperatura corporal (36ºC). Em dias muito quentes, a água poderá estar um pouco mais morna (entre 30ºC e 32ºC), mas somente o bebê pode “avaliar” se a temperatura está ou não do seu agrado, por meio de sua reação ao ser colocado cuidadosamente na água.

O quarto do bebê pode ter ar-condicionado?

Quando o assunto é o uso de ventiladores e ar-condicionado, é essencial seguir alguns cuidados. Segundo a pediatra Débora Passos, mãe de Rodrigo, Isabela e Gustavo, a temperatura ideal para o ar-condicionado no ambiente em que o bebê está é 25°, mas o importante é que o ambiente seja umidificado, mesmo que por uma bacia de água.

A manutenção do filtro do aparelho deve estar em dia para evitar acúmulo de sujeira e comprometimento do sistema. O ideal é manter as tubulações bem limpas para preservar a eficiência do ar, prolongar sua vida útil e evitar que agentes contaminantes possam entrar em ação.

catavento
Os ventiladores não podem estar diretamente apontados para o bebê (Foto: Thinkstock)

É fundamental se preocupar também com mudanças bruscas de temperatura que podem causar choque térmico. “Isso pode causar uma alteração na mucosa respiratória, o que expõe o bebê à infecções bacterianas ou alergias, como rinite ou bronquite”, explica a pediatra Débora Passos, mãe de Rodrigo, Isabela e Gustavo. Antes de sair do ambiente climatizado, aumente um pouco a temperatura e espere para sair do local.

O ventilador pode ser ligado no quarto do bebê?

Os ventiladores não alteram a temperatura do local e acabam causando mais conforto, mas não podem estar diretamente apontados para o bebê. A temperatura normal de um recém-nascido é de 36° a 36,5°, então antes de se preocupar com uma febre, retire o excesso de roupa do bebê, pois essa pode ser a causa do aumento de temperatura, alerta a pediatra.





Leia também

Foto: Reprodução/ Instagram

Bebês

Fernanda Paes Leme recusa visitas após o nascimento da filha: "Não consigo e não quero"

Imagem Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Bebês

Nomes femininos raros: veja opções chiques e únicas para meninas

Se você procura um nome de menina, aqui estão 180 ideias diferentes - Pexels/Moose Photos

Bebês

180 nomes femininos diferentes: ideias de A a Z para você chamar a sua filha

Amanda Kimberlly confirma gravidez - (Foto: reprodução/Instagram)

Gravidez

Suposta mãe do 3º filho de Neymar confirma gravidez nas redes sociais

Alok faz anúncio em vídeo no Instagram - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Alok compartilha vídeo em família para anunciar: "Agora somos 6"

Graciele Lacerda fala sobre chegada de filho com Zezé di Camargo - Reprodução/Instagram

Família

Graciele Lacerda fala sobre chegada de filho com Zezé di Camargo

O corpo começa a dar sinais de que vem bebê aí bem antes da menstruação atrasar - Getty Images

Gravidez

Sintomas de gravidez: nos primeiros dias, que ninguém sabe, de menino e menina e muito mais

Gabi Luthai estava grávida de gêmeos - (Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Téo Teló e Gabi Luthai escolhem nome curto e com forte significado para o primeiro filho