Família

Casal é preso por desviar 3 milhões em doações para tratamento de doença do filho

Renato, Aline e Jonatas - Reprodução: Redes Sociais
Reprodução: Redes Sociais

Publicado em 23/05/2024, às 11h21 por Ana Luiza Messenberg, Estagiária | Filha de Carlos e Sonia


Renato e Aline Openkoski foram presos no dia 22 de maio, em Joinville, Santa Catarina, depois de uma série de acusações, que os definiram como culpados por usar o dinheiro do tratamento do filho portador de AME (Artofia Muscular Espinhal) para bens próprios.  Juntos, arrecadaram cerca de R$ 3 milhões em campanhas para o tratamento desde 2017. Ambos estavam foragidos desde 2022, ano que foram condenados por estelionato e apropriação de bens, somando 70 anos de prisão em regime fechado.

Os dois criaram juntos, em 2017 a campanha "AME Jonatas" que tinha como objetivo ajudar e arrecadar dinheiro para o tratamento de Jonatas, que sofria com AME, o menino, que era portador do tipo 01 da doença, faleceu em 2022. 

A investigação começou em 2018, depois de observarem uma mudança drástica no estilo de vida dos pais, principalmente após postagens feitas no ano novo  de 2017, quando o casal fez uma  viagem à Fernando de Noronha. 

mulher sentada em cadeira na praia
Pais desviavam dinheiro ganho para tratamento do filho para uso próprio - Freepik : Imagem de tawatchai07

Na época, eles alegavam que comprariam o mediamento Spinraza,  geralmente utilizado para o tratamento da AME,  que custa em torno de R$367 mil. Hoje em dia o remédio já é fornecido pelo sus.  Quando o caso veio à tona, Jonatas já tinha tomado as primeiras doses e iniciado o tratamento.  Fazendo com que mais tarde, Renato e Aline negassem todas as acusações. 

No começo de 2018, A Justiça bloqueou os valores que tinham sido arrecadados por meio da campanha, e apreenderam um veículo avaliado em aproximadamente R$140 mil : "Eles aproveitavam os valores destinados à criança para sua própria subsistência. Não apenas para gastos básicos, mas também para coisas supérfluas, de luxo. Além dos objetos adquiridos, eles viajaram, frequentaram baladas e restaurantes caros e chegaram a comprar uma loja de roupa. Pagaram a primeira parcela, e o negócio só não foi concluído porque houve o bloqueio das contas." afirmou a delegada Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso de Joinville, Georgia Marianny Gonçalves Bastos, em entrevista ao UOL. 

O dinheiro passou a ser liberado gradualmente à favor de despesas que eram comprovadas fazer parte do tratamento da criança.  Renato e Aline foram condenados em 2022 e terão que arcar com uma indenização no valor de R$178.176,25, que serão destinados à vítima do crime e uma instituição que promove o tratamento de crianças que sofrem com AME.


Leia também

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Ex-mulher de Nahim proíbe a presença de filha do cantor no velório: "Não vai se despedir"

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Nahim, cantor que foi encontrado morto, faleceu sem conhecer a neta

Batimentos cardíacos da jovem chegava a 190 quando o pai se aproximava - (Foto: Reprodução/ Rede Globo)

Família

Batimentos cardíacos da jovem internada na UTI chegava a 190 quando o pai praticava o abuso

Gisele Bündchen e Joaquim Valente - Reprodução: Instagram

Família

Gisele Bündchen termina namoro após piada do ex-marido

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Neymar Jr. aparece provocando Bruna Biancardi em Dia dos Namorados: "Não aceitam perder"

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Karina Bacchi devolve casa alugada em meio a mudança com o filho para fora do Brasil

Bruna Biancardi usa aliança ao passar o Dia dos Namorados com Neymar - (Foto: reprodução/Instagram)

Família

Bruna Biancardi passa o Dia dos Namorados com Neymar e surge usando aliança