Família

Anvisa aprova vacina bivalente contra a Covid para crianças a partir de 5 anos

Imunizante oferece ampla proteção contra variantes do vírus - Freepik
Freepik

Publicado em 25/07/2023, às 11h46 - Atualizado em 27/07/2023, às 12h38 por Sophia Dolores, filha de Lucineia e Nilo Júnior


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta segunda-feira, 24 de julho, o registro da vacina bivalente contra Covid-19 da Pfizer para crianças a partir de 5 anos. Até então, o imunizante, que protege contra a variante Ômicron do vírus, só estava disponível no país para pessoas com mais de 12 anos e com comorbidade.

Imunizante oferece ampla proteção contra variantes do vírus (Foto: Freepik)

A vacina é indicada como dose de reforço, ou seja, só pode ser aplicada em quem já se vacinou contra a doença (com uma ou duas doses, dependendo da vacina), com aplicação pelo menos três meses após a última dose tomada. O imunizante bivalente foi desenvolvido pela Pfizer e expande a proteção contra a variante Ômicron da Covid, que passou a ser transmitida em 2021. As doses originais das vacinas, embora eficazes para prevenir quadros piores, não são tão potentes contra as novas versões do vírus.

A vacina é indicada como dose de reforço, ou seja, só pode ser aplicada em quem já se vacinou contra a doença (Foto: Freepik)

A vacina já estava sendo utilizada no Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúdede forma emergencial. Até então, a aplicação da bivalente era indicada no Brasil para:

  • Pessoas com mais de 18 anos;
  • Gestantes e puérperas;
  • Pacientes imunocomprometidos a partir de 12 anos;
  • Pessoas com deficiência a partir de 12 anos;
  • Pessoas com comorbidades a partir de 12 anos;
  • Pessoas vivendo em Instituições de Longa Permanência (ILP);
  • Povos indígenas, ribeirinhos e quilombolas;
  • Trabalhadores e trabalhadoras da saúde;
  • Pessoas privadas de liberdade e adolescentes cumprindo medidas socioeducativas.
A Anvisa aprovou nesta segunda-feira o registro da vacina bivalente contra a Covid-19 da Pfizer para crianças a partir de 5 anos (Foto: Reprodução/ Anvisa)

As vacinas utilizadas desde 2021 são chamadas de monovalentes, pois foram feitas com apenas uma versão do coronavírus – a que foi identificada ainda no final de 2019. No entanto, como o Sars-CoV-2 evoluiu com o passar dos anos, as novas formulações são baseadas em duas versões do vírus, metade com a mesma das doses anteriores, e a outra metade com material da Ômicron.

Treze capitais suspendem aplicação da vacina em crianças por falta de doses

As capitais: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Boa Vista (RR), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Macapá (AP), Manaus (AM), Palmas (TO), Recife (PE), Rio Branco (AC), Salvador (BA), Teresina (PI) e Vitória (ES), não estão aplicando a vacina contra o coronavírus para alguma das faixa etárias infantil – ou para todas elas, por que estão faltando doses. As informações são do portal UOL.

O imunizante bivalente foi desenvolvido pela Pfizer e expande a proteção contra a variante Ômicron da Covid (Foto: Freepik)

Segundo o Ministério da Saúde, novos lotes da vacina foram enviados para os estados na última segunda-feira, 16 de janeiro. No entanto, 7 dos 13 municípios não responderam a UOL sobre a situação. Porto Velho (RO) e Cuiabá (MT) disseram que a vacina está disponível em alguns postos. Já, o Distrito Federal (DF), Maceió (AL) e Rio de Janeiro (RJ), as aplicações das doses estão regularizadas.

Até o final do mês, a secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, disse que estavam tentando negociar mais doses da Pfizer e estão sendo esperadas, ao menos, 3,2 milhões de doses para crianças de 6 meses a 4 anos e 4,5 milhões de doses para crianças de 5 a 11 anos.

vacinação
A vacinação começou hoje (Foto: Shutterstock)

Leia também

Nahim pediu para ter caixão no chão para se despedir dos cachorros - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Nahim tem despedida emocionante com caixão no chão para que os cachorros se despeçam do cantor

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Ex-mulher de Nahim proíbe a presença de filha do cantor no velório: "Não vai se despedir"

Batimentos cardíacos da jovem chegava a 190 quando o pai se aproximava - (Foto: Reprodução/ Rede Globo)

Família

Batimentos cardíacos da jovem internada na UTI chegava a 190 quando o pai praticava o abuso

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Nahim, cantor que foi encontrado morto, faleceu sem conhecer a neta

Gisele Bündchen e Joaquim Valente - Reprodução: Instagram

Família

Gisele Bündchen termina namoro após piada do ex-marido

Foto: Reprodução/Instagram

Família

Paula Fernandes revela estar com doença: "Tenho apenas alguns dias de vida"

Ex-esposa do cantor falou qual a real causa da morte de Nahim - (Foto: Reprodução/ Instagram)

Família

Ex-esposa de Nahim fala qual foi a verdadeira causa da morte do cantor

(Foto: Reprodução/Instagram)

Família

Karina Bacchi devolve casa alugada em meio a mudança com o filho para fora do Brasil